Promoção conjunta do CRCRS e TCE-RS leva curso sobre DCASP a Erechim

Iniciou-se nesta manhã e se estende até às 17h30, em Erechim, o curso Técnicas de Contabilização: Lançamentos e seus Reflexos nas DCASP, fruto de cooperação técnica entre o CRCRS e o TCE-RS, por meio da Escola Superior de Gestão e Controle Francisco Juruena, tendo como palestrante o contador Cézar Mauss, membro da Comissão de Estudos em Contabilidade Aplicada ao Setor Público do CRCRS. O próximo município no roteiro é Pelotas, que receberá o curso em 28 de julho.

O contador Cézar Mauss é o instrutor do curso, no dia de hoje, em Erechim

O contador Cézar Mauss é o instrutor do curso, no dia de hoje, em Erechim

Decore é o tema do Contabilidade em Debate

A Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore) é o tema do Contabilidade em Debate que vai ao ar, até o domingo, 2 de julho, pela Rádio CRCRS Web, em três edições diárias: às 11h30, 13h30 e 18h30. Quem fala sobre o tema é o vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski. A apresentação é de Luciano Biehl.

Acesse a Rádio CRCRS Web e acompanhe!

Vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski, e o apresentador, Luciano Biehl

Vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski, e o apresentador, Luciano Biehl

CRCRS realiza primeiro Encontro Regional de Delegados, em Pelotas

Com a participação de 42 delegados regionais, o vice-presidente de Relações com os Profissionais, Celso Luft, iniciou a reunião, que ocorreu, em 22 de junho, no Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade (SINCOTECPEL). Em sua manifestação, o presidente Antônio Palácios que fez alguns comunicados e frisou a importância deste ano, que terá, em setembro, o XI Encontro Nacional da Mulher Contabilista e XVI Convenção de Contabilidade do RS, unificados, em um só evento, que se realizará em Gramado.

celso

 .palácios

Dando prosseguimento ao encontro, a vice-presidente de Gestão, Ana Tércia, fez um breve retrospecto da gestão 2014-2017 e apresentou alguns desafios

Ana Tércia

O consultor de empresas Rômulo Tevah falou aos delegados sobre “O contador e seus clientes: comunicação, expectativas e entregas”.

Rômulo

Como ocorre nos encontros de delegados, um integrante do grupo fala sobre suas atividades fora da profissão. Nesse primeiro encontro, foi a vez da delegada de Santo Antônio da Patrulha, Isidra Lopes, falar sobre o seu hobby. Em seguida, o espaço foi destinado a manifestação dos delegados regionais.

isidradelegados

Participaram do encontro, os delegados da seguintes cidades:

Agudo, Alegrete, Alvorada, Bagé, Caçapava do Sul, Cachoeira do Sul, Camaquã, Canela, Canguçu, Canoas, Capão da Canoa, Estância Velha, Esteio, Gramado, Gravataí, Guaíba, Igrejinha, Itaqui, Ivoti, Jaguarão, Montenegro, Novo Hamburgo, Osório, Pelotas, Quaraí, Rio Pardo, Rosário do Sul, Santa Maria, Santa Vitória do Palmar, Santana do Livramento, Santo Antônio da Patrulha, São Gabriel, São Lourenço do Sul, São sebastião do Caí, São Sepé, Sapiranga, Tapes, Taquara, Taquari, Três Coroas, Uruguaiana e Viamão.

delegados

Câmara Municipal de Santa Vitória do Palmar homenageia os 70 do CRCRS

Na noite desta terça-feira, dia 20, a Câmara de Vereadores de Santa Vitória do Palmar prestou homenagem ao CRCRS, pela passagem dos seus 70 anos. A proposição da sessão solene, que contou com a presença de profissionais da contabilidade na plateia, foi do vereador Marco Antônio Boa Nova. O delegado regional do CRCRS em Santa Vitória do Palmar, Gerson Evald, representou o conselho no evento.

Delegado Regional do CRCRS em Santa Vitória do Palmar, Paulo Evald, agradeceu a homenagem

Delegado Regional do CRCRS em Santa Vitória do Palmar, Paulo Evald, agradeceu a homenagem

EMS_9610

Porto Alegre economiza 12 milhões segundo Observatório Social

Na manhã de 20 de junho, foi apresentado, na Câmara de Vereadores, o relatório quadrimestral (jan. a abril de 2017) das atividades do Observatório Social de Porto Alegre (OSPOA). Os integrantes do OSPOA, Antônio Palácios, presidente da entidade e do CRCRS; Célio Levandovski, vice-presidente para Assuntos de Gestão; Dionísio Silva, vice-presidente para Assuntos de Controle Social e Metodologia; e Pedro Gabril Kenne da Silva, presidente do Conselho Consultivo, procederam à prestação de contas das análises efetuadas nos primeiros quatro meses do ano e forneceram os esclarecimentos solicitados. Nesse período, o município de Porto Alegre economizou, a partir das quatro licitações analisadas com interação pelos voluntários do OSPOA, mais de 12 milhões. Ao todo foram executados 28 trabalhos entre análise de licitações, contratos, recursos humanos e portal da transparência da Prefeitura Municipal. Para Palácios, o trabalho só pode ser realizado com sucesso, em função da boa receptividade por parte da gestão municipal. O presidente frisou ainda que o importante é trabalhar com a prevenção, pois, assim, o benefício para a sociedade é bem maior. Participaram do ato, os vereadores Airto Ferronato, João Carlos Nedel e Felipe Camazzato, além dos secretários municipais da Fazenda, Leonardo Busato, e do Planejamento e Gestão, José Alfredo Parode.

OSPOA

CRCRS participa do VI Encontro de Gestores Públicos e X Semana Contábil e Fiscal para Estados e Municípios

Iniciou-se, na manhã desta segunda-feira, 19 de junho, e se estenderá até o próximo dia 23 de junho, o VI Encontro de Gestores Públicos (EGP), em conjunto com a X Semana Contábil e Fiscal para Estados e Municípios (Secofem), no auditório da Receita Federal do Brasil, em Porto Alegre. O evento, que tem por objetivo oportunizar e estimular a discussão e a reflexão sobre temas relacionados à boa governança no âmbito da administração pública, é destinado ao aprimoramento e reciclagem de profissionais das áreas de Contabilidade Aplicada ao Setor Público e  de Demonstrativos Fiscais, entre outros assuntos de interesse estadual e municipal.

Representantes das entidades organizadoras e apoiadoras do evento participaram da mesa de abertura: José Maurício Queiroz, diretor regional do Centresaf do Rio Grande do Sul; Álvaro Fakredin, subsecretário da Fazenda, contador e auditor-geral do Estado do Rio Grande do Sul; Antônio Palácios, presidente do CRCRS; Gildenora Milhomem, subsecretária de Contabilidade Pública SUCON/STN; Zulmir Ivânio Breda, vice-presidente Técnico do Conselho Federal de Contabilidade, representando o presidente do CFC, José Martônio Alves Coelho; Agenor Cardoso, superintendente de Administração do Ministério da Fazenda do Rio Grande do Sul; Paulo Renato da Silva Passos, superintendente da Receita Federal do Rio Grande do Sul.

José Maurício Queiroz, diretor regional do Centresaf do Rio Grande do Sul; Álvaro Fakredin, subsecretário da Fazenda, contador e auditor-geral do Estado do Rio Grande do Sul; Antônio Palácios, presidente do CRCRS; Gildenora Milhomem, subsecretária de Contabilidade Pública SUCON/STN; Zulmir Ivânio Breda, vice-presidente Técnico do Conselho Federal de Contabilidade; Agenor Cardoso, superintendente de Administração do Ministério da Fazenda do Rio Grande do Sul; Paulo Renato da Silva Passos, superintendente da Receita Federal do Rio Grande do Sul representaram, na mesa de abertura, as entidades organizadoras e apoiadoras do evento

A partir da esquerda, José Maurício Queiroz, diretor regional do Centresaf do Rio Grande do Sul; Álvaro Fakredin, subsecretário da Fazenda, contador e auditor-geral do Estado do Rio Grande do Sul; Antônio Palácios, presidente do CRCRS; Gildenora Milhomem, subsecretária de Contabilidade Pública SUCON/STN; Zulmir Ivânio Breda, vice-presidente Técnico do Conselho Federal de Contabilidade; Agenor Cardoso, superintendente de Administração do Ministério da Fazenda do Rio Grande do Sul; Paulo Renato da Silva Passos, superintendente da Receita Federal do Rio Grande do Sul representaram, na mesa de abertura, as entidades organizadoras e apoiadoras do evento

Na plateia, profissionais que atuam nas áreas da Contabilidade Aplicada ao Setor Público e de Demonstrativos Fiscais

Na plateia, profissionais que atuam nas áreas da Contabilidade Aplicada ao Setor Público e de Demonstrativos Fiscais

Na abertura, o presidente do CRCRS, Antônio Palácios, destacou a importância do evento, em particular, no momento vivido pelo país. Segundo ele, os instrumentos que conferem transparência à gestão pública, tornam-se ainda mais relevantes, e a capacidade de produzir informações qualificadas valoriza o profissional da contabilidade, que é estratégico no controle das contas públicas e na defesa do interesse da sociedade.

Presidente do CRCRS, Antônio Palácios

Presidente do CRCRS, Antônio Palácios

A subsecretária de Contabilidade Pública da Secretaria do Tesouro Nacional, Gildenora Milhomem, falou sobre o processo de convergência das Normas Brasileiras de Contabilidade e salientou que a consolidação dos novos instrumentos de transparência, especialmente no setor público, está conferindo a todos os cidadãos as condições para atuar no controle social. “Nenhum gestor ou órgão de controle será capaz de impedir a ampla visibilidade dos pormenores dos dados contábeis”, disse ela.

Subsecretária Gildenora Milhomem

Subsecretária de Contabilidade Pública da Secretaria do Tesouro Nacional, Gildenora Milhomem

O vice-presidente Técnico do Conselho Federal de Contabilidade, Zulmir Breda, representando o presidente do CFC, José Martônio Alves Coelho, lembrou que o processo para trazer o padrão de norma contábil para o Brasil está em marcha desde 2015, por meio de parceria entre o Conselho e a Secretaria do Tesouro Nacional. Segundo ele, o VI EGP e a X Secofem são a materialização daquela parceria, por meio do Grupo Assessor, que apresenta uma composição diversificada, com representantes de Estados, municípios e da União.

Vice-presisente Técnico do CFC, Zulmir Breda, representou o presidente do Conselho Federal, José Martônio Alves Coelho

Vice-presidente Técnico do CFC, Zulmir Breda, representou o presidente do Conselho Federal, José Martônio Alves Coelho

À abertura do evento seguiu-se o Painel Contabilidade, com as palestras Contabilidade Aplicada ao Setor Público: Convergência e PIPCP e SICONFI – Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro, ministrada por Leonardo Silveira do Nascimento, da Coordenação de Normas Aplicadas à Federação da Secretaria do Tesouro Nacional; e A importância do uso da Informação de custos no Setor Público, ministrada por Eder Sousa Vogado, da Coordenação de Informação Fiscal e de Custos da União da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A moderação foi de Cézar Mauss, coordenador da Comissão de Estudos de Contabilidade Aplicada ao Setor Público do CRCRS.

Leonardo do Nascimento, à esquerda, e Eder Vogado, ambos da STN, ministraram as palestras do painel Contabilidade, na segunda parte da manhã, com moderação de Cézar Mauss, da Comissão de Estudos de Contabilidade Aplicada ao Setor Público do CRCRS

Leonardo do Nascimento, à esquerda, e Eder Vogado, ambos da STN, ministraram as palestras do painel Contabilidade, na segunda parte da manhã, com moderação de Cézar Mauss, da Comissão de Estudos de Contabilidade Aplicada ao Setor Público do CRCRS

Na parte da tarde, o primeiro tema apresentado foi “Experiências Locais e Nacionais”, com Luciane Pereira, auditora pública externa – assessora da Consultoria Técnica do TCE-RS, e Álvaro Fakredin, contador e auditor-geral do Estado – subsecretário da Fazenda (Sefaz-RS), que abordaram a importância da padronização de procedimentos contábeis para atuação e fiscalização do TCE-RS e a nova contabilidade como fonte para tomada de decisão gerencial. Nesse aspecto, Fakredin detalhou a sua experiência no RS, principalmente na criação do aplicativo de celular Pilas R$ (Plataforma de Informações de Livre Acesso à Sociedade), que permite verificar e fiscalizar, em tempo real, as despesas e receitas do governo do Estado.  O moderador foi Vanderlei de Souza, controlador-geral adjunto  do Município de Porto Alegre.

unnamed (2)


Álvaro Fakredin, Vanderlei de Souza e Luciane Pereira

alvaro

Álvaro Fakredin

luciane

Luciane Pereira

Em seguida, Maria José Pereira Yamamoto, coordenadora-geral de Normas Aplicadas à Federação da Secretaria do Tesouro Nacional, e Leonardo Lobo Pires, coordenador-geral das Relações e Análise Financeira dos Estados e Municípios da Secretaria do Tesouro Nacional, falaram sobre Responsabilidade Fiscal, enfocando a Lei de Responsabilidade Fiscal e a análise das informações divulgadas pelos Entes da Federação e as relações federativas e as normas da Lei da Responsabilidade Fiscal. Atuou como moderador, nesse painel, Leonardo Silveira do Nascimento, coordenador-geral de Contabilidade Aplicada a Federação – STN.

unnamed (5)

Leonardo Lobo Pires, Leonardo Silveira do Nascimento, Maria José Pereira Yamamoto

maria josé

Maria José Pereira Yamamoto

unnamed (4)

Leonardo Lobo Pires

 O painel sobre Relações Federativas encerrou as atividades do VI Encontro de Gestores Públicos. Guilherme Batistelli, membro da Coordenação-Geral de Análise e Informações das Transferências Financeiras Intergovernamentais da Secretaria do Tesouro Nacional, palestrou sobre Convênios e CAUC – alterações no decreto nº 6.170/07 e a nova Portaria interministerial. Alberto Cardoso, da Coordenação-Geral de Operações de Crédito dos Estados e Municípios da Secretaria do Tesouro Nacional, abordou sobre o Cadastro da Dívida Pública (CDP): novo requisito para transferências voluntárias.

Guilherme Batistelli,  palestrou sobre Convênios e CAUC – alterações no decreto nº 6.170/07 e a nova Portaria interministerial.

Guilherme Batistelli palestrou sobre Convênios e CAUC – alterações no decreto nº 6.170/07 e a nova Portaria interministerial.

Alberto Cardoso abordou sobre o Cadastro da Dívida Pública (CDP): novo requisito para transferências voluntárias.

Alberto Cardoso abordou sobre o Cadastro da Dívida Pública (CDP): novo requisito para transferências voluntárias.

O painel teve como moderador o Auditor Externo do TCE-RS e membro da Comissão de Estudos de Contabilidade Aplicada ao Setor Público do CRCRS, Aramis Costa de Souza.

Moderador e palestrantes debateram os temas  abordados durante o painel.

Moderador (centro) e palestrantes debateram os temas abordados durante o painel.

Receita Estadual informa: empresas apresentam fragilidade nos sistemas de geração da NF-e

A Receita Estadual informa que foram identificadas fragilidades nos sistemas de empresas ao gerar a chave de documentos fiscais eletrônicos (Nota Fiscal Eletrônica – NF-e, Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica – NFC-e e Conhecimento de Transporte Eletrônico – CT-e). A vulnerabilidade consiste na não utilização de número aleatório no campo código numérico que compõe a chave de acesso por parte dos emitentes, possibilitando o acesso indevido às informações dos documentos e ocasionando, inclusive, a ocorrência de fraudes.

Reforçando o seu compromisso com a transparência, a Receita Estadual comunica que as medidas cabíveis já estão sendo tomadas. As empresas identificadas com a falha estão sendo alertadas de maneira emergencial, bem como os desenvolvedores de tecnologia da informação para que atentem ao requisito lógico do código numérico em seus sistemas. Além disso, os demais estados da federação estão sendo alertados sobre o problema para que previnam possíveis fraudes.

Fragilidade na chave de acesso

A chave de acesso da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é composta, ao todo, por 44 posições. O código numérico compõe 8 dessas posições, consistindo em um número aleatório gerado pelo emitente para cada NF-e e que tem como objetivo, justamente, impossibilitar acessos indevidos ao documento.

A partir do momento em que esse número deixa de ser aleatório, o acesso fica fragilizado. Ao todo, cerca de 9.900 (17%) emitentes foram identificados com a vulnerabilidade. Sempre que houver suspeita sobre a fidelidade das informações constante em boletos, por exemplo, recomenda-se ainda um contato com a empresa fornecedora do bem ou serviço.

Para maiores esclarecimentos, os interessados podem acessar o manual da NFE no link https://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/listaConteudo.aspx?tipoConteudo=33ol5hhSYZk=, ou encaminhar a dúvida para o Plantão Fiscal Virtual acessível pelo site http://receita.fazenda.rs.gov.br/inicial

Fonte: Assessoria de Relações Institucionais da Receita Estadual

 

Presidente Palácios é um dos convidados do programa Rádio Livre

O presidente Palácios participou, em 14 de junho, do programa Rádio Livre da Rádio Bandeirantes, que tem apresentação do jornalista Diego Casagrande, e foi realizado direto do 5°Egescon – Sogipa. Participaram também do programa,  o presidente do Sescon-RS,  Diogo Chamun,  e o deputado estadual Thiago Simon.

Para ouvir acesse aqui.

rádio LIvre DSC_0013 DSC_0017

5º Egescon enfoca gestão como tema central

Nos dias 13 e 14 de junho, o Sescon-RS, como apoio do CRCRS, promove o 5º Egescon, na Sogipa, que, este ano, enfoca o tema ”gestão”. Após a breve solenidade de abertura (13/6), o ator Marcos Frota falou sobre a sua carreira, a sua grande paixão: o circo, e a importância do trabalho em equipe e da gestão de pessoas. O evento apresenta ainda (14/6) um talk show, com os empresários Lilian Ribeiro e Anderson Pedrosa; palestras com Oliver Anquier – Receita de Sucesso; Renato Martins, que abordará Luz, Câmera, Equipe e Ação; e finalizando, Richard Rasmussen com o tema Superando seus Limites. O 5º Egescon também oferece aos participantes a Feira de Negócios, com estandes apresentando produtos variados.
DSC_0001
DSC_0032 DSC_0064 DSC_0082