JC Contabilidade: 18 anos noticiando as façanhas contábeis

No próximo dia 18 de setembro, o Jornal da Contabilidade completa 18 anos de criação. Encarte do Jornal do Comércio, publicado às quartas-feiras, foi homenageado pela presidente Ana Tércia em webinar, realizado em 17 de setembro, com a participação das jornalistas Cristine Pires, editora assistente do jornal; Roberta Mello, repórter; e Giovanni Tumelero, diretor de operações.

O momento foi de resgate de situações marcantes da Contabilidade em que o jornal esteve presente, fazendo reportagens, levando a informação à sociedade, valorizando, assim, a profissão e o profissional da área contábil e as entidades representativas. O JC Contabilidade, criado em 2002, foi um projeto arrojado e inovador, único no Estado, que se consagrou, ao longo dos anos, baseado nas características já consolidadas do Jornal do Comércio: credibilidade, ética e conteúdo qualificado.

Giovanni frisou a evolução do jornal, acompanhando os tempos e à adaptação às novas tecnologias. Ele acredita que com o uso das ferramentas disponíveis, a informação será consumida mais rapidamente, com abrangência maior. Lembrou ainda da importância do CRCRS, assim como as outras entidades da classe, na parceria e colaboração com o jornal, especialmente, na elaboração das matérias, compartilhando informação e fontes.

As jornalistas lembraram algumas matérias apresentadas pelo jornal nos 18 anos, salientaram o crescimento e diversidade do público leitor do caderno, que deixou de ser lido somente por profissionais da contabilidade e passou a fazer parte do dia a dia de outros segmentos, devido aos temas abordados.

A decisão de optar por elaborar um encarte direcionado à Contabilidade, surgiu, segunda Cristine, da necessidade de detalhar e aprofundar temas importantes e da percepção da importância crescente da área contábil.

A presidente rememorou a primeira vez que foi entrevistada pelo jornal e confessou qual a matéria que guarda com muito carinho e por quê.

Para quem não conseguiu acompanhar o webinar no dia, é só acessar a TVCRCRS no YouTube. Vale a pena assistir o vídeo completo.

CRCRS ao vivo com Você aborda as “Inovações e desafios no ensino da Contabilidade”

A presidente Ana Tércia, no CRC ao vivo com Você desta quarta-feira, conversou com a coordenadora da Comissão de Estudos de Acompanhamento da Área do Ensino Superior do CRCRS, Vitória Regina Lunardi, e com o conselheiro do CRCRS, Marco Aurélio Gomes Barbosa, sobre “Inovações e desafios no ensino da Contabilidade”. O impacto do distanciamento imposto pela pandemia na relação professor-aluno e a necessidade de uma adaptação imediata ao modelo de ensino não presencial foram alguns dos aspectos debatidos.

A partir de meados de março, repentinamente distanciados dos alunos, os professores foram desafiados a, rapidamente, lançar mão de novas ferramentas. Foi um processo disruptivo, com o uso de plataformas de ensino, que permitiram a continuidade da comunicação com os estudantes. De acordo com Vitória Lunardi, inicialmente, houve muitas dúvidas e foi bastante difícil adequar-se. Porém, com o estudo e a aplicação direta das tecnologias, os professores têm dado conta desse novo ensino distanciado, com aulas assíncronas e tarefas diferenciadas, dentre outros recursos, afirmou.

Para Marco Aurélio, a realidade atual apresenta um novo paradigma: “como ser presente em um modelo, no qual o professor não está presente fisicamente?”. Segundo ele, esse novo modelo demanda muita observação e sensibilidade do professor, uma vez que, na outra ponta, está o estudante, que tem a expectativa de transformar sua própria vida por meio do acesso ao ensino superior.

Em meio a tantas mudanças, uma das maiores preocupações dos estudantes e grande desafio para os professores tem sido a avaliação. Para a professora Vitória, um dos formatos mais indicados neste contexto é o da avaliação colaborativa, que pode servir, ao mesmo tempo, como instrumento de estudo. 

No decorrer do programa, a presidente aproveitou, ainda, para lembrar que, nos próximos dias 29 e 30 de setembro, das 15h às 18h, será realizado o XII Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis (ENCPCCC), que acontecerá de forma virtual, via Zoom. A programação e as inscrições estão disponíveis em www.abracicon.org/.

Assista o programa, que propôs discussão em torno outros tópicos importantes, basta acessar a TV CRCRS, canal do YouTube.

Clique na imagem e acompanhe.

Vem aí o XII Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis

“A evolução do pensamento contábil superando adversidades” é o lema da 12ª edição do Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis (ENCPCCC). Neste ano, o evento acontecerá de forma virtual, via Zoom, nos 29 e 30 de setembro, das 15h às 18h.

O evento reunirá diversos especialistas em painéis, debates e palestras que discutirão desafios e oportunidades trazidas pela pandemia de Covid-19. Entre os temas estão: a transformação digital no ensino superior, o impacto do EaD no pós-pandemia, desafios globais das metodologias de avaliação, metodologias ativas de ensino-aprendizagem para professores e profissionais da contabilidade e o Exame de Suficiência digital.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas por meio deste link.

Veja a programação completa aqui.

Fonte: Comunicação CFC

Evento pontuado para Programa de Educação Profissional Continuada

João Verner Juenemann inaugura a série “Lendas da Contabilidade”, um projeto do CRCRS

Momento muito especial na TV CRCRS, na manhã deste sábado. Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS) inaugurou a série “Lendas da Contabilidade”, projeto que visa a oportunizar o resgate e a valorização da história da Contabilidade, com quem testemunhou e protagonizou momentos importantes da profissão contábil. Nesta primeira edição, a lenda João Verner Juenemann conversou com as presidentes Ana Tércia L. Rodrigues, do CRCRS, e Maria Clara Bugarim, da Associação Interamericana de Contabilidade e Academia Brasileira de Ciências Contábeis, sobre suas muitas vivências e sua vasta contribuição à profissão contábil.

Presidente do CRCRS no biênio 1974-1975 e primeiro gaúcho a presidir o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), de 1982 a 1985, graduado em Ciências Contábeis pela PUCRS e em Administração pela UFRGS, pós-graduado em Auditoria, também pela UFRGS, Juenemann está entre os primeiros dez mil profissionais registrados no CRCRS. Entre suas inúmeras contribuições à Contabilidade, a presidente Ana Tércia destacou as novas áreas desbravadas para a profissão, como os conselhos de administração, conselhos fiscais e comitês de auditoria e de governança de grandes empresas.

Além da homenagem à figura de Juenemann, que inspira profissionais da contabilidade, a presidente da Abracicon enfatizou a importância do projeto “Lendas da Contabilidade” e reiterou que a Academia está inteiramente voltada a essa oportunidade de recuperar a memória e registrar a história da profissão contábil.

Protagonista da história da Contabilidade ao longo de mais de 60 anos, João Verner Juenemann discorreu sobre muitos momentos que marcaram a evolução da atividade no Brasil, e o crescimento da necessidade de o profissional da Contabilidade se envolver na sociedade, buscando qualificação cada vez maior para responder às novas exigências. Um dos marcos históricos citados por Juenemann foi a Lei Nº 6404/1976, que reformulou a legislação das sociedades anônimas.

O programa abordou, ainda, uma grande diversidade de acontecimentos e aspectos da história da profissão, que se funde com a história de vida dessa lenda da Contabilidade – como a questão da mulher na Contabilidade, o caminho trilhado para tornar-se o primeiro gaúcho a presidir o CFC e sua experiência internacional. Com o apoio da Abracicon, da Academia de Ciências Contábeis do Rio Grande do Sul e com o patrocínio da Safeweb, o “Lendas da Contabilidade” está disponível na TV CRCRS.

“Lendas da Contabilidade”, novo projeto do CRCRS, estreia neste sábado

Oportunizar o resgate e a valorização da história da Contabilidade, com quem testemunhou e protagonizou momentos importantes da profissão contábil, é o objetivo da nova série “Lendas da Contabilidade”, que o Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS) estreia neste sábado (12), às 10h, na TV CRCRS, no YouTube. A primeira lenda será com o contador João Verner Juenemann, que vai conversar com as presidentes, do CRCRS, Ana Tércia Rodrigues, e da Associação Interamericana de Contabilidade e Academia Brasileira de Ciências Contábeis, Maria Clara Bugarim, sobre acontecimentos marcantes, que presenciou e participou como contador. Juenemann presidiu o CRCRS, de 1974 a 1975, e o Conselho Federal de Contabilidade, de 1982 a 1985.

A cada mês, uma personalidade da profissão contábil, que atuou ou ainda atua, contribuindo de forma efetiva na valorização da atividade, será convidado a relatar suas vivências no “Lendas da Contabilidade”.

Assista a “Lendas da Contabilidade”. Imperdível!

 

Comunicado Sobre Malha Fiscal Pessoa Jurídica: Falta de Escrituraçãdo de Receitas no SPED

A Receita Federal do Brasil inicia neste ano operações de malha fiscal junto aos contribuintes pessoas jurídicas sujeitos às escriturações do Sistema Público de Escrituração Digital – Sped, mediante análise de dados e cruzamento de informações prestadas pela própria pessoa jurídica e por terceiros, objetivando a regularização espontânea das divergências identificadas.

A primeira operação terá como parâmetro os valores representativos de receitas a serem informados na Escrituração Contábil Fiscal – ECF referente ao exercício de 2019, ano-calendário 2018, das empresas optantes pela apuração do Imposto de Renda Pessoa Jurídica – IRPJ com base no Lucro Presumido.

Serão relacionadas na operação todas as ECF referentes ao período acima descrito que apresentarem valores representativos de receitas inferiores às receitas constantes nas Notas Fiscais Eletrônicas, EFD-ICMS/IPI, EFD-Contribuições e Decred do período em referência. Adicionalmente, os valores informados na e-Financeira também serão objeto do cruzamento de dados para a verificação de inconsistências.

Será concedido ao contribuinte o prazo para efetuar a autorregularização, mediante retificação da ECF e da Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais-DCTF, evitando, assim, o procedimento de lançamento ofício pela Receita Federal, mediante a exigência das diferenças apuradas, com acréscimo de multas de ofício.

O primeiro lote de comunicação alcançará as pessoas jurídicas jurisdicionadas na Delegacia da Receita Federal em Guarulhos/SP. Em seguida, a operação será expandida para todo o território nacional.

Fonte: Receita Federal do Brasil

CRC ao vivo com Você discute os impactos do Terceiro Setor na sociedade e o protagonismo do contador

Nesta quarta-feira, foi a vez da Comissão de Estudos do Terceiro Setor do CRCRS participar da nova série do CRC ao vivo com Você. A presidente Ana Tércia conversou com os integrantes da Comissão, Grace de Ávila Rodrigues (coordenadora), e o conselheiro José Almir de Mattos, que atuou como moderador. Em discussão, “Os impactos do Terceiro Setor na sociedade e o protagonismo do contador”, tema que, como destacou a presidente, “reforça, perante a sociedade, o caráter da contabilidade como ciência social”.

O trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo de várias gestões, para tornar a comissão uma referência para os profissionais que atuam no Terceiro Setor, foi ressaltado pela coordenadora Grace. Segundo ela, é papel dos profissionais da contabilidade desmistificar aspectos contábeis das áreas de educação, saúde e assistência social, nas quais não se deve confundir instituições sem fins lucrativos com instituições em que não é necessária a obtenção de resultado positivo. Muito pelo contrário – destaca -, é preciso haver bom planejamento e boa gestão para que se alcance o resultado positivo que, por sua vez, será reinvestido em educação, saúde e assistência social.

Para contribuir com as referências para os profissionais que atuam no Terceiro Setor, o conselheiro José Almir  lembra que, neste momento, a comissão trabalha na atualização do Guia de Orientação para o Profissional da Contabilidade, disponível no site do CRCRS. Também chamou a atenção para o crescimento da demanda nessa área por profissionais da contabilidade, em especial, neste período de pandemia, já que esse é o campo responsável por prestar assistência aos mais atingidos pela crise.

O programa, que foi prestigiado por profissionais da contabilidade de diferentes pontos do País, está disponível na TV CRCRS, no YouTube.

 

 

Webinar debate Governança e Sucessão em Organizações Contábeis

Governança e Sucessão em Organizações Contábeis foi o tema do webinar que reuniu a diretora do Sescon-RS e conselheira do CRCRS, Patrícia Arruda,  e o coordenador da Comissão de Estudos de Tecnologia da Informação do CRCRS, Flávio Duarte Ribeiro Júnior, na tarde do dia 3 de setembro. A mediação ficou a cargo de Sérgio Laurimar Fioravante, que iniciou falando sobre a importância da nova Comissão de Estudos de Governança e Compliance, sob sua coordenação. Segundo ele, a comissão recentemente constituída pelo CRCRS passa a permitir maior discussão entre os profissionais da contabilidade sobre temas pertinentes à governança, com o propósito de disseminar experiências, conteúdos e conhecimento, bem como, nesse contexto, discutir processos sucessórios.

Participantes de processos sucessórios familiares de sucesso em organizações contábeis, Flávio e Patrícia contaram suas inspiradoras histórias e falaram sobre as técnicas adotadas, desde cedo, por seus pais, para despertar o encantamento com a Contabilidade e como isso foi determinante para que seguissem na profissão. Atitudes como uma abordagem lúdica na infância, mostrar o lado bom da carreira e falar sobre o valor do trabalho para os clientes e para sociedade foram formando, nas então crianças, uma imagem positiva desse ofício, que pesou no momento da escolha profissional.

Hoje, integrados aos cotidianos de suas empresas, os desafios são de outra ordem. Como unificar visões diferentes de gestão entre sócios da mesma família sem melindrar ninguém; como determinar as participações de cada sócio; quando buscar profissionais externos para contribuírem com a organização e quais profissionais agregar são algumas das necessidades impostas para uma boa governança.

Saiba mais sobre os exemplos dos processos sucessórios dessas organizações contábeis e suas as experiências de governança, na TVCRCRS – Canal YouTube.

Debate sobre Desafios do CRCRS Mulher – Protagonismo e Diversidade na Profissão Contábil inaugura nova série do CRC ao vivo com Você

O CRC ao vivo com Você, desta quarta-feira, reuniu a presidente Ana Tércia, a coordenadora da Comissão CRCRS Mulher, Aline Gauer, e a vice-presidente de Relações com os Profissionais, Elaine Strehl, para debater os Desafios do CRCRS Mulher – Protagonismo e Diversidade na Profissão Contábil. O encontro inaugurou uma nova fase da live: a partir de agora, a cada semana, um coordenador de uma das Comissões de Estudos do Conselho será convidado para falar sobre temas pertinentes ao seu segmento.

Nesta edição, a presidente Ana Tércia salientou o papel da mulher frente a alguns dos desafios que se apresentam atualmente na profissão contábil, como a diversidade no ambiente corporativo, o exercício da inclusão e as questões étnicas e de gênero. “Ainda é importante discutir protagonismo feminino para que se  construa um ambiente cada vez mais acolhedor e inclusivo, sem excluir quem for considerado ‘fora do padrão’. Não há mais lugar para discriminação de nenhum tipo e essa tem sido uma das preocupações do Conselho”, afirma.

Outro aspecto tratado foi o papel das comissões que não são técnicas, como CRCRS Mulher e CRCRS Jovem. De acordo com a presidente, essas comissões são verdadeiras incubadoras de talentos, de lideranças. Prova disso é que, desde que as comissões foram criadas, em todas as gestões, houve integrantes que se tornaram conselheiros do CRCRS. “Na profissão contábil, o conhecimento técnico é essencial, porém, é preciso desenvolver, simultaneamente, as demais competências, em especial, de liderança. Sem liderança não iremos a lugar algum”, assegurou Ana Tércia.

A relevância do conhecimento técnico é indiscutível. Contudo, para a coordenadora Aline Gauer, é preciso, igualmente, considerar dois outros fatores: a diversidade, que contribui para o enriquecimento da profissão, e a tecnologia, fundamental para a prática da sororidade, do acolhimento e da aproximação entre as pessoas com vistas à realização de projetos. “Na Comissão CRCRS Mulher, são 12 integrantes com culturas diferentes e essa diversidade contribui para o engrandecimento das ações da Comissão e para o desenvolvimento de projetos importantes para a profissão”, disse. Aline lembrou, ainda, que, em 70 anos, pela primeira vez, o CRCRS conta com uma mulher na presidência, o que é uma inspiração para todas as profissionais da contabilidade.

Para a vice-presidente Elaine Strehl, uma das diferenças da presença feminina, hoje, na profissão contábil, é que as mulheres aceitam prontamente os desafios que se apresentam. “Não se trata mais de competir com os homens, mas, sim, de caminharmos lado a lado. O que importa é a vontade de cada um de aprender, de tomar decisões e irmos nos construindo, sem medo, com coragem”, garantiu.

Também sobre diversidade, a presidente Ana Tércia contou que tem sido questionada por profissionais negros sobre quando será realizado um debate a respeito da questão racial na profissão contábil. Mais um desafio que se apresenta!

Assista na TV CRCRS – youtube, o CRC ao vivo com Você na íntegra.