Audiência Pública

O Conselho Federal de Contabilidade submete as minutas das Normas Brasileiras de Contabilidade, abaixo relacionadas, a audiência pública:
- ITG 09 – Demonstrações Contábeis Individuais, Demonstrações Separadas, Demonstrações Consolidadas e Aplicação do Método de Equivalência Patrimonial;
- ITG 08 – Contabilização da Proposta de Pagamento de Dividendos;
- NBC TG 40 – Instrumentos Financeiros – Evidenciação.
As sugestões ou comentários sobre a matéria devem ser encaminhados até 15 de maio para nadia@crcrs.org.br.

Plano de previdência exclusivo para profissionais contábeis

A Federacon/RS lançou o Contábil Prev – plano de benefícios previdenciários, exclusivo para os profissionais da contabilidade do Estado e seus dependentes. O Contábil Prev é um instrumento de planejamento financeiro, que, mediante uma contribuição mensal, o adquirente vai formando uma reserva financeira para a aposentadoria e, além disso, usufrui de benefício fiscal. Os recursos são administrados por especialistas em investimentos de longo prazo, focados em obter maior rentabilidade. O plano também conta com benefícios para aposentadoria por invalidez e pensão por morte.
Os interessados podem obter mais informações e agendar visita por meio do e-mail contabilprev@mongeralaegon.com.br.

Benefícios

Renda mensal programada: com ela, o participante decide o valor da contribuição mensal e quando deseja começar a receber o benefício, que será definido com base na reserva acumulada, pelo prazo escolhido pelo participante.

Renda mensal por invalidez: em caso de invalidez total e permanente por acidente ou doença, o participante receberá uma renda mensal pelo prazo que escolher.

Renda mensal por morte: o participante fica tranquilo em relação ao futuro dos seus dependentes, pois, em caso de morte, eles receberão uma renda mensal pelo prazo que determinarem. 

Vantagens do plano instituído
Os planos instituídos são criados a partir do vínculo associativo. Sindicatos, associações de classe, conselhos de profissionais, cooperativas, entre outros, passaram, em 2001, a poder criar planos de previdência complementar exclusivos para seus associados, que até então dependiam do empregador (que pode criar fundos de pensão patrocinados, restritos a seu quadro de funcionários) ou tinham que recorrer aos planos abertos. Em comparação com esses planos, os instituídos têm custos menores e ganho de escala, porque não é apenas o dinheiro de uma pessoa que está sendo aplicado, mas sim o de vários participantes, o que aumenta o rendimento.

Outras vantagens
- Planejamento financeiro, uma alternativa de maior diversificação de seus investimentos;
- Planejamento Tributário, o total das contribuições (tanto aposentadoria quanto risco) podem ser deduzidos no I.R., limitado a 12% da renda bruta anual – Opção pela Tabela Progressiva ou Regressiva;
- Planejamento sucessório, benefícios pagos na forma de renda, não entram em inventário, não respondem por dívidas e não são penhoráveis, isso significa uma economia : de impostos (4% da reserva total); de custos ( 4% para advogados e cartórios) e de tempo, benefício pago em 30 dias, contra a solução de um inventário que demora cerca de um ano;
- Plano de previdência gerido e fiscalizado pela entidade de classe;
- Plano completo que contempla os riscos de morte, invalidez e aposentadoria;
- Taxas de administração competitiva;
- Blindagem dos recursos;
- Transparência na administração do plano através de informativos periódicos e consultas na internet.

Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho – parte 2

De hoje, 30 de abril até 6 de maio, o programa Contabilidade em Debate estará tratando do tema: Novo Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho – parte 2, com a participação da dra. Maria Tereza Albuquerque; Auditora Fiscal do Ministério do Trabalho; Fátima Beatriz Oliveira, coordenadora da Filial Fundo de Garantia de Porto Alegre; e do contador Celso Luft, vice-presidente de Fiscalização do CRCRS. Apresentação: Luciano Biehl.
O programa Contabilidade em Debate, da Rádio CRCRS Web, veicula diariamente às 11h30, 13h30 e 18h30. Para ouví-lo, basta acessar www.crcrs.org.brbanner Rádio CRCRS.

Seminário de Assuntos Contábeis de Gravataí

Na manhã desta sexta-feira (27), mais de 70 contadores, técnicos em contabilidade e estudantes da área contábil participaram da primeira parte do Seminário de Assuntos Contábeis de Gravataí, no auditório do SESC/RS. Em sua abertura, o evento contou com a presença de autoridades como: prefeito municipal de Gravataí, Acimar Antônio da Silva; secretário da Fazenda do município, Luiz Zaffalon; presidente da Associação dos Contabilistas de Gravataí e Glorinha, Egídio Martiello; coordenador do curso de Ciências Contábeis da FACENSA, Jessé Alencar da Silva;  chefe da Agência da Receita Federal de Gravataí, Anelise Porn; presidente do Sindilojas de Gravataí, José Nivaldo da Rosa; vice-presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Gravataí, Cândido Assis; presidente da Câmara dos Vereadores de Gravataí, Vail Corrêa; a delegada do CRCRS de Gravataí, Sandra Lunardi Baumgartner; o Vice-Presidente de Fiscalização do CRCRS, contador Celso Luft; o Vice-Presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCRS, contador Adriel Mota Ziesemer; e o Presidente do CRCRS, contador Zulmir Breda.

Em seu discurso de abertura, Breda ressaltou a importância dos Seminários Contábeis no Programa de Educação Continuada do Conselho, forte ferramenta para atualizar e aprimorar o conhecimento e a capacidade de atuação do profissional contábil em suas atividades. O presidente também aproveitou a oportunidade para se reunir com autoridades do município de Gravataí para apresentar os projetos que o CFC/CRCRS desenvolve, tais como: incentivo de doações ao Fundo da Criança e do Adolescente; merenda escolar; e implantação de observatórios sociais. Breda salientou que o potencial de doações ao Funcriança via Imposto de Renda Pessoa Física no Rio Grande do Sul está abaixo do que considera adequado. “De toda a arrecadação feita no Estado e que é possível ser deduzida com doações para o Funcriança, apenas 5% segue esse destino. É muito pouco. Podemos aumentar essa porcentagem”, declarou.

Paralelamente, as consultoras da Lefisc, Valéria Ritt e Eliane Valcam, ministraram palestras sobre o SPED Fiscal Ponto Eletrônico, respectivamente. O evento prossegue pela tarde, com a apresentação das palestras sobre Marketing Contábil: aumentando a lucratividade e fidelizando clientes, com Anderson Hernandes, especialista em marca e marketing profissional; e Notas explicativas para Pequenas e Médias Empresas – aplicação prática, com a contadora Lilian da Silva.

Parabéns Profissionais da Contabilidade!

Hoje (25), durante um café da manhã servido no Sheraton Hotel, ocorreu uma comemoração alusiva ao Dia do Profissional da Contabilidade e aos 65 anos de fundação do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul. O evento reuniu autoridades do poder público estadual e municipal; vice-presidente do CFC, representante da Fundação Brasileira de Contabilidade; ex-presidentes do CRCRS e delegados regionais; representantes de entidades da classe contábil, de outros conselhos, associações e sindicatos; e profissionais da Contabilidade, que, antes de assistirem a palestra motivacional ministrada por Dalmir Sant’Anna, ouviram manifestações sobre a importância da atuação desenvolvida pela entidade homenageada, ao longo desses anos, e referências à importância do trabalho de contadores e técnicos em contabilidade para o País.
O presidente do CRCRS, Zulmir Breda, lembrou que a trajetória do Conselho foi marcada por muitas conquistas para a classe, tanto em relação à profissão quanto ao crescimento da entidade e da sua representatividade junto à sociedade, salientando algumas delas.
Este dia 25 de abril tem muitas razões para ser comemorado! Parabéns aos mais de 37 mil profissionais da Contabilidade registrados no Estado e aos 500 mil, no Brasil. Ao CRCRS, mais e mais sucesso no cumprimento de seus objetivos.

 

CRCRS comemora 65 anos

De 1947 a 2012, 65 anos de atuação em prol da profissão contábil e da sociedade gaúcha


Fundado em 25 de abril de 1947, o Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande comemora hoje 65 anos. Traz em sua trajetória a marca do crescimento, da inovação e do comprometimento com a causa contábil.

De pequenas e modestas salas locadas na Rua Uruguai onde iniciou, em 1947, suas atividades sob o comando de Henrique Desjardins, mudou-se, um ano depois, para a Rua Riachuelo, com acomodações melhores. Em seguida, estabeleceu-se em dois andares na Rua General Câmara, onde permaneceu por 17 anos. Tempo suficiente para a aquisição de um terreno em 1975 e, em 1976, iniciar as obras de construção de uma sede própria na Rua Baronesa do Gravataí, 471, no bairro Menino Deus. Em 21 de agosto de 1981 foi inaugurada. Orgulho do então presidente do Conselho, Dr. Olívio Koliver, de conselheiros, do corpo funcional e de profissionais, afinal a entidade desempenharia as suas funções em um prédio de cinco andares, erguido com recursos próprios, totalizando uma área construída de 2.351m2.

A responsabilidade de implantar novas ideias, de se distinguir pelas atitudes e ações dentro do Sistema CFC/CRCs tem de ser dividida entre todos os presidentes e conselheiros que passaram e estão à frente da entidade, pois cada um, de acordo com as exigências da sua época, contribuiu para a consolidação da profissão no RS e no País: Henrique Desjardins, Zilmar Bazerque Vasconcellos, Holy Ravanello, Pedro José de Souza Pires, Antônio Rodrigues Bichinho, José Carlos Paim de Camargo, Wilson Oliva, Alfredo Ernesto Keller, Amir Vianna da Silveira, Américo Salatino, Artur Daniel Beust, José Silva de Araújo, João Verner Juenemann, Edgar Saul Corrêa de Oliveira, Erly Arno Poisl, Olivio Koliver, Arthur Nardon Filho, Ivan Carlos Gatti, Valério Geraldo Baum, José João Appel Mattos, Enory Luiz Spinelli, Rogério Rokembach e Zulmir Breda.

Hoje, em 2012, aos 65 anos, o Conselho Regional de Contabilidade do RS, não para de crescer e de se modernizar, buscando novos desafios, novas metas, acompanhando a evolução dos encargos e da responsabilidade da entidade. Mais uma mudança vem pela frente: uma nova sede, prevista para 2014, com aproximadamente 6 mil m2 de área construída, sete pavimentos, mais subsolo.
Homenagem
Amanhã (26), às 14h, a Assembleia Legislativa estará prestando um homenagem aos Profissionais da Contabilidade, pela passagem do seu dia, e ao CRCRS, pelos 65 anos de fundação. O ato proposto pelo deputado estadual Adilson Troca se dará no Plenário 20 de Setembro da AL. 

Novas Resoluções CFC

Foram publicadas no Diário Oficial da União de hoje (24) duas Resoluções aprovadas pelo Conselho Federal de Contabilidade, são elas:
Resolução 1.390 – dispõe sobre o Registro Cadastral das Organizações Contábeis;
Resolução 1.389 – dispõe sobre o Registro Profissional dos Contadores e Técnicos em Contabilidade.
As resoluções estão disponíveis em www.cfc.org.br.