1º Encontro Gaúcho das Empresas de Serviços Contábeis teve início ontem

Fernando Baldissera, presidente do Sescon-Grande Florianópolis, Léo Hainzenreder, superintendente do Sebrae-RS, Zildo De Marchi, presidente do Fecomércio-RS, Jaime Gründler Sobrinho, presidente do Sescon-RS, Antònio Carlos Palácios, presidente em exercício do CRCRS, Daniela Schimitt, presidente do Sescon-Blumenau, Mauro César Kalinke, presidente do Sescap- PR.

Nos dias 18 e 19 de março, o Sescon/RS promove, na Amrigs, o 1º Encontro Gaúcho das Empresas de Serviços Contábeis (EGESCON). Ontem (18), às 18h30, Jaime Gründler Sobrinho, presidente do Sescon/RS,  deu as boas-vindas e agradeceu ao público participante. Expôs as funções da entidade e os objetivos desse encontro. Apontou o setor de serviços como protagonista da economia brasileira e, portanto, há a necessidade, cada vez maior, de investir em capacitação. Lembrou também que este ano será dedicado à Contabilidade, com o lançamento da campanha “2013: Ano da Contabilidade no
Brasil”, ocorrido pela manhã no Congresso Nacional. Ainda na abertura do evento, mostrou um vídeo sobre a 15ª Conescap que, depois de 20 anos, será realizada no RS, em Gramado, de 21 a 23 de agosto.
O contador Antônio Carlos de Castro Palácios, vice-presidente de Gestão do CRCRS- na ocasião representando o presidente Zulmir Breda, em seu pronunciamento referenciou a união das entidades da classe contábil gaúchas, fato que classificou como uma “característica do sul”. Reforçou a importância da qualificação profissional e, finalizou, convidando a todos para participarem da XIV Convenção de Contabilidade, que ocorre de 22 a 24 de maio, na Fundaparque – Bento Gonçalves.
A primeira palestra ficou a cargo do Frei Jaime Bettega que falou sobre “E quando a vida aguarda respostas?!”.
Hoje (19), o evento inicia com o especialista em relações e negócios internacionais Christian Tudesco, apontando os desafios multiconectados, as mudanças do mercado, dos clientes e dos prestadores de serviço. À tarde, Márcio Tonelli abordar o ECD, FconT e e-Lalur e suas perspectivas para 2013. Para encerrar o 1º EGESCON, Paulo Storani, antropólogo, especialista em RH e Administração Pública, sob a inspiração do filme “Tropa de Elite

Deputados e Senadores exaltam a profissão contábil

Lançamento da campanha “2013: Ano da Contabilidade no Brasil” no Congresso Nacional – 13 de março de 2013

Hoje (18/3), a partir das 11h30, em sessão conjunta da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, o Congresso Nacional, na voz dos senadores Hugo Napoleão, Luiz Henrique, José Pimentel e João Vicente Claudino; e dos deputados Damião Feliciano, Izalci, Chico Lopes, Paes Landim e Mendonça Prado, exaltou a importância e a relevância da Contabilidade em todos os segmentos e setores da econômica e da vida, como justificativa para o lançamento oficial da campanha “2013: Ano da Contabilidade no Brasil”.
Na solenidade, que reuniu um número expressivo de representantes das entidades da classe contábil, presidentes dos CRCs, conselheiros do CFC/ CRCs e diretores, além de profissionais e estudantes da área contábil, a categoria foi representada, na mesa diretiva do evento, pelos presidentes do CFC, Juarez Domingues Carneiro; da Fundação Brasileira de Contabilidade, José Martonio Alves Coelho; da Acadêmia Brasileira de Ciências Contábeis, Maria Clara Cavalcante Bugarim; e da Fenacon, Valdir Pietrobon.
A proposição da sessão solene para lançamento do Ano da Contabilidade partiu do senador João Vicente Claudino e da deputada Iracema Portella. Claudino, em seu pronunciamento, lembrou que a classe contábil já abarca quase 500 mil profissionais e 81 mil organizações contábeis em todo o País, que são agentes transformadores com papel importante no desenvolvimento da economia. Nesse sentido apontou a necessidade dos profissionais da Contabilidade integrarem as equipes de governo, das instituições governamentais, especialmente no controle do gasto público, sistemas de arrecadação, captação e aplicação de recursos e na elaboração de balanços sociais. Além disso, ressaltou a relevante participação da classe nas campanhas eleitorais, na hora da prestação de contas. Também fez menção aos 400 mil estudantes que hoje estudam contabilidade.
“A iniciativa desse projeto levará, à sociedade brasileira, o conhecimento – muitas vezes deturpado – de quem é o profissional da Contabilidade: um agente transformador. O Brasil tem muito o que reconhecer na atuação da classe contábil. A Contabilidade assume papel importante quando debatemos as tão esperadas reformas política e tributária, bem como em assuntos que envolvem a sociedade. Portanto, é preciso que o Congresso Nacional possa, cada vez, absorver os conhecimentos necessários para nos subsidiar nas elaborações de normas e leis que alterem o sistema financeiro, tributário e econômico do País”, declarou Claudino.
O público presente à cerimônia manifestou-se, por diversas vezes, com intensos aplausos quando os parlamentares empenhavam apoio à Medida Provisória que trata do fortalecimento dos órgãos setoriais e seccionais do Sistema de Contabilidade e de Custos do Poder Executivo Federal – proposta que estabelece medidas regulatórias direcionadas tanto à Administração Pública Federal direta quanto autárquica e fundacional; além de prever a melhoria da estrutura remuneratória dos profissionais contábeis. A MP está sob análise do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.
O presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade iniciou seu pronunciamento agradecendo a atenção que o Senado vem dispensando aos profissionais da Contabilidade. Em seguida, citou as mudanças pelas quais a atividade passa e as ações implantadas para a defesa das prerrogativas da profissão. Concluiu com a afirmação de que uma “política de classe eficaz, gera valorização e respeito”.
A contadora Maria Clara Bugarim fez um retrospecto da profissão, a partir da sua regulamentação em 1946, e lembrou que os jovens garantem o crescimento da Contabilidade. Hoje, Ciências Contábeis está entre as 10 profissões mais escolhidas pela juventude.
Juarez Carneiro, emocionado, declarou que o dia 18 de março será um marco para a classe.
“O dia 18 de março de 2013 ficará gravado na memória de todos os profissionais da Contabilidade, em razão da realização, pela primeira vez, de uma sessão solene conjunta entre Câmara dos Deputados e Senado Federal dedicada à classe contábil”, salientou Juarez, que prosseguiu enfatizando o crescimento da profissão, a passos largos, devido ao trabalho, profissionalismo e respeito aos princípios e normas que regem “aquela que é considerada a ciência da informação, da transparência e da verdade”.
O presidente do CFC foi aplaudido quando conclamou os profissionais a se unirem em torno do projeto que objetiva suprir a demanda dos órgãos setoriais e seccionais por contadores e técnicos em Contabilidade, e finalizou: “sejam todos muito bem-vindos a “2013: Ano da Contabilidade no Brasil”, o ano da transparência, o ano da verdade, o ano da Contabilidade”!

Criação do Curso de Doutorado em Ciências Contábeis da Unisinos – Parte II

Contabilidade em Debate, esta semana, seguirá apresentando a Criação do Curso de Doutorado em Ciências Contábeis da Unisinos, o primeiro da Região Sul e o terceiro do País. As convidadas Cléa Beatriz Macagnan, coordenadora da Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Unisinos, e Ana Tércia Lopes Rodrigues, conselheira do CFC, retornam ao programa para a continuação do debate

Contabilidade em Debate pode ser ouvido, diariamente, nos horários das 11h30min, 13h30min e 18h30min pelo site www.crcrs.org.brbanner da Rádio CRCRS – Informação e Conhecimento a um clique de você.

Manual de Incentivos Fiscais é atualizado

Está disponível para download e leitura, em www.crcrs.org.br, a sexta edição do Manual de Incentivos Fiscais, elaborado pela Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS e editada pela entidade. A publicação é referência nacional sobre o tema e, entre outras orientações, explica os procedimentos para destinar parte do imposto de renda devido a entidades ligadas ao Funcriança diretamente da declaração.

Guaporé sedia pela primeira vez o Seminário de Assuntos Contábeis

Cerca de 100 profissionais e estudantes da área contábil prestigiaram, hoje (15/3) pela manhã, a solenidade de abertura do primeiro Seminário de Assuntos Contábeis promovido pelo CRCRS, este ano, e pela primeira vez no município de Guaporé. Participaram desse momento, o prefeito municipal, Paulo Mazutti; o presidente do CRCRS, Zulmir Breda; o vice-presidente de Gestão do CRCRS, Antônio Palácios; o vereador Paulo César Giroldi, representando o presidente da Câmara Municipal de Guaporé; o presidente do Sindicato   dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari (Sincovat), Jandir Dickel; o presidente da Associação dos Contabilistas de Guaporé e Serafina Corrêa, Kléberson Vanzella; e o delegado regional do CRCRS em Guaporé, Edmílson Zortéa.
Nos discursos proferidos por Zortéa, Palácios, Dickel, Palácios, Breda e Mazutti houve um ponto em comum: a premente necessidade do profissional contábil em de participar de eventos que promovam a atualização, em função das rápidas e frequentes transformações pelas quais a Contabilidade e o mundo estão passando.
Palácios lembrou ainda dentro dessa premissa, a importância da presença de profissionais e estudantes na XIV Convenção de Contabilidade, que se realizará de 22 a 24 de maio, na Fundaparque, em Bento Gonçalves.
Breda, salientou que a atividade de Contadores e Técnicos em Contabilidade é fundamental para o crescimento e desenvolvimento das empresas e que, por meio de um assessoramento desses profissionais, muitas empresas não sucumbiriam nos primeiros cinco anos de vida – conforme estatísticas, é a média de sobrevivência dos micro pequenos empreendimentos.
O presidente do CRCRS também citou a campanha desencadeada pelo Sistema CFC-CRCs, com o apoio das entidades da classe contábil brasileira e outras organizações, intitulada “2013: Ano da Contabilidade no Brasil”, cujo lançamento oficial será nesta segunda-feira (18 ) no Senado Federal.
A Contadora e instrutora da Lefisc, Claudete Vargas, ministrou a primeira palestra que abordou o ICMS 4% para mercadorias importadas.
Ainda pela manhã, José Tadeu Jacoby, secretário-geral da Jucergs, ministra palestra sobre Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – EIRELI.
Dando prosseguimento ao Seminário, Anderson Hernandes, especialista em Marca e Marketing Profissional, fala,agora à tarde, sobre “Marketing Contábil – Aumentando a Lucratividade e Fidelizando Clientes”.
“ITG 1000 – Novo Modelo Contábil para PMES”, será o último tema a ser abordado no evento. O vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, Celso Luft, é quem vai expor o interpretação técnica.

Voluntariado da Classe Contábil
O presidente do CRCRS, Zulmir Breda, em reunião posterior a abertura, expôs aos convidados que compuseram a mesa mais o presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Guaporé, Eitor Zílio, e representantes da Receitas Federal e Estadual, os projetos que compõem o  Programa de Voluntariado da Classe Contábil, especialmente as doações ao Funcriança que podem ser efetuadas até 30 de abril.

Acompanhe a cobertura do evento pela Rádio CRCRS Web.
   

No site a Revista CRCRS nº 14

Já está disponível em www.crcrs.org.br – Publicações – a Revista do CRCRS nº 14. A tecnologia utilizada para a revista virtual permite que a publicação seja folheada de maneira a reproduzir o gesto de manusear uma revista de papel, bastando clicar no canto inferior ou superior direito da página.
Nesta edição foram publicados artigos sobre a ITG 1000, reavaliação de ativos e incentivos fiscais. Também consta uma entrevista com o presidente do TCE-RS, Cezar Miola, que fala sobre a Lei de Acesso à Informação e outras notícias. Confira!

A campanha "2013: Ano da Contabilidade" terá lançamento no Congresso Nacional

Na próxima segunda-feira (18), às 11h, será lançada, em sessão solene do Congresso Nacional, a campanha “2013: Ano da Contabilidade”. Lideranças da classe contábil brasileira estarão presente ao evento. A campanha é uma iniciativa do Sistema CFC/CRCs em parceria com a Academia Brasileira de Ciências Contábeis, Fundação Brasileira de Contabilidade, Ernst & Young Terco Auditores Independentes S/S, Instituto dos Auditores Independentes do Brasil, IOB Folhamatic, Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas – SP, Trevisan Gestão, Consultoria e Educação, PricewaterhouseCoopers Corporate Finance and Recovery Ltda, BDO RCS Auditores Independentes, Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas, KPMG Auditores Independentes, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Deloitte Global Services Limited e Sebrae Nacional. O objetivo é esclarecer o real papel dos profissionais da Contabilidade perante a sociedade. É importante, que os brasileiros tenham conhecimento e entendimento de que a Contabilidade é a ciência da informação, da transparência e da segurança.

RFB disponibilizará nova versão do programa da DIRPF 2013 até 31 de março

A Receita Federal alerta que implementou no Programa Gerador da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física deste ano uma ficha que permitirá ao contribuinte destinar aos Fundos da Criança e do Adolescente, no momento do preenchimento da declaração, o valor de até 3% do Imposto de Renda devido, conforme previsto na Lei 12.594/2012.

Os Fundos que constam na Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física são aqueles repassados pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) à Secretaria da Receita Federal do Brasil, esclarece a RFB.
Conforme dispõe o artigo 8º-F da Instrução Normativa RFB 1.131/2011, com alterações promovidas pela Instrução Normativa RFB 1.311/2012, “A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) encaminhará à RFB, até 31 de outubro de cada ano, arquivo eletrônico contendo a relação atualizada dos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Nacional, estaduais, Distrital e municipais, com a indicação dos respectivos números de inscrição no CNPJ e das contas bancárias específicas mantidas em instituições financeiras públicas, destinadas exclusivamente a gerir os recursos dos Fundos.