Seminário aborda tributação das cooperativas

Contador Dorly Dickel

No início da tarde e hoje (22/10), o Contador, auditor independente e integrante do Grupo de Trabalho sobre Contabilidade do Setor Cooperativo, Dorly Dickel fez uma rápida explanação sobre a tributação aplicadas nas entidades cooperativas. Na oportunidade, ele comentou algumas peculiaridades da área nos diversos ramos de atuação e destacou que os atos cooperativos tem tratamento contábil diverso dos não cooperativos. “É necessário diferenciá-los a fim de evitar prejuízo para as cooperativas ou, até mesmo, problemas com o Fisco”, explicou.


Marco Túlio de Rose

Em seguida, o advogado e empresário, Marco Túlio de Rose, ministrou palestras sobre a estrutura tributária das cooperativas. Em sua fala, comentou o regime e as formas de tributação, além da legislação aplicada a cada segmento cooperado. “As cooperativas não gozam de nenhum privilégio tributário. Elas apenas são protegidas devido às suas especificidades e com o intuito de evitar que sejam prejudicadas com múltiplas tributações, por exemplo”, afirmou o advogado.

Competição que reuniu a classe contábil de todo o Estado aconteceu em Santa Cruz do Sul no último sábado

De 18 a 20 de outubro, ocorreu, em Santa Cruz do Sul, o 29º Encontro de Integração dos Profissionais da Contabilidade do Rio Grande do Sul, que reuniu centenas de profissionais da Contabilidade de todo o Estado. O evento, promovido pela Federacon-RS e organizado pelo Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Rio Pardo (Sincotec-Varp), contou com disputas esportivas nas modalidades de Futsal Masculino (Força Livre, Sênior, Master, Veterano e Acadêmico), Vôlei Masculino e Feminino, Bolão, Tênis, Bocha, Canastra e Rústica. Pela primeira vez, Santa Cruz do Sul recebeu o troféu geral dos jogos.

Atividades
O encontro teve início na noite de sexta-feira (18/10), com o congresso técnico que definiu a tabela de jogos da competição. No dia seguinte, pela manhã, as delegações se apresentaram no Ginásio Poliesportivo do município, para a abertura dos jogos. Participaram atletas representando os sindicatos de Canoas, Caxias do Sul, Ijuí, Lajeado, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, Santa Rosa, São Leopoldo, Uruguaiana, além da cidade sede. Durante a solenidade, fizeram uso da palavra o coordenador do 29º Eicon, Mário Kist; o presidente do Sincotec-Varp, Adilo Rehbein; o 1º vice-presidente de Eventos Esportivos e Sociais da Federacon-RS, Fernando Spiller; o presidente do CRCRS, Zulmir Breda; o presidente da Federacon-RS, Sérgio Luiz Rossetto; e a vice-prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany. Eles ressaltaram a importância do evento para a classe contábil e para o município.
Além dos jogos, a programação de sábado contou com mateada no Parque da Oktoberfest, tour pela cidade e chá das damas para as acompanhantes dos atletas e jantar-baile de integração, realizado no Pavilhão Central. De acordo com o coordenador do 29º Eicon, Mário Kist, o evento reuniu mais de mil pessoas entre atletas e acompanhantes. “Acredito que conseguimos atingir o objetivo do evento neste final de semana de intensa programação, que é o de integrar a classe contábil em competições sadias

Cadastro do Funcriança

A Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) publicou a portaria 1.234/2013. O documento traz em seu texto a relação dos Fundos da Criança e do Adolescente em situação regular para constarem na lista de entidades aptas a receberem recursos por meio do programa gerador do IRPF 2014.

A portaria também identifica os Fundos que precisam corrigir, até 29 de outubro, os dados enviados para que eles possam ser enviados à Secretaria da Receita Federal. Ao todo, 277 Funcrianças do Estado se cadastraram, mas apenas 127 estão com a inscrição regularizada. A secretaria detectou, igualmente, que onze Fundos no Rio Grande do Sul não foram cadastrados.
Para consultar a situação do Funcriança de seu município, clique neste link e confira os anexos da referida portaria.

Entidades administradoras dos Fundos cujos cadastros estejam regulares devem consultar os dados publicados pela Secretaria e encaminhar eventuais correções ao e-mail cadastrofmdca@sdh.gov.br. Instituições que não informaram conta bancária ou o CNPJ do respectivo Funcriança, devem encaminhar essas informações para o mesmo e-mail.

Fundos com CNPJ de natureza errada (que não caracterize fundo público) devem seguir as recomendações da portaria e solicitarem nova inscrição em http://www1.direitoshumanos.gov.br/cadastrodefundos. Os onze fundos em situação regular, mas que não foram cadastrados junto à SDH/PR podem ser inscritos por meio do link acima citado.

O prazo para todas essas providências é de 29 de outubro. No dia 31, a Secretaria dos Direitos Humanos encaminhará os dados coletados à Secretaria da Receita Federal.

Cooperativismo é tratado em seminário no CRCRS

Participaram da abertura do Seminário sobre Contabilidade do Setor Cooperativo o coordenador do Grupo de Trabalho sobre Contabilidade do Setor Cooperativo do CRCRS, Ciro Weber; o auditor independente e detentor da Medalha João Lyra, Antônio Carlos Nasi; o presidente do CRCRS, Zulmir Breda; e o presidente do Sistema Ocergs/Sescoop/RS, Vergílio Frederico Périus.

O CRCRS, por meio do Grupo de Trabalho sobre Contabilidade do Setor Cooperativo, promove hoje (22/10), durante todo o dia, seminário para discutir as normas contábeis, tributação, regime, formas e legislação aplicada ao setor.
Nesse primeiro momento, o Contador Antônio Carlos Nasi está discorrendo sobre as normas contábeis para entidades cooperativas, enfocando a segregação do ato cooperativo e não cooperativo.

Nasi: “É preciso ter claro o processo de registro entre associados e não associados. A Lei que rege as cooperativas não alterou. Permanece a obrigatoriedade de contabilizar em separado as operações com terceiros – não associados – , porém é necessário que sejam feitas adaptações”.

A partir das 13h30, Dorly Dickel, integrante do Grupo de Trabalho sobre Contabilidade do Setor Cooperativo do CRCRS, aborda a tributação nas entidades cooperativas e, logo após, Marco Túlio de Rose, empresário, fala sobre o regime, formas e legislação tributária aplicadas aos segmentos do cooperativismo.

 

Contadores federais reivindicam valorização da carreira em audiência

Representantes do sistema de contabilidade da União reivindicaram, nesta quarta-feira (16), na Câmara, a criação de um novo órgão central para o setor e a adoção de medidas para valorização dos profissionais da carreira. De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Contabilistas do Poder Executivo Federal (Ananconta), Francisco da Chaga Lima, sem isso “há riscos de descontinuidade operacional da contabilidade federal

Contabilidade em Debate discorre sobre a carga tributária na nota fiscal

Em junho deste ano, entrou em vigor a Lei 12.741/2012, que determina a divulgação, por parte dos estabelecimentos comerciais, dos tributos incidentes no preço final dos produtos. De modo a aprofundar o assunto, o Contabilidade em Debate recebe, essa semana, a conselheira do CRCRS, Marice Guidugli, e o empresário contábil Olemar Teixeira, para falarem como essa divulgação deve ser feita, e que impostos devem ser detalhados nas notas fiscais. Apresentação de Luciano Biehl.

Ouça o Contabilidade em Debate diariamente às 11h30min, 13h30min e 18h30min na Rádio CRCRS Web. Acesse www.crcrs.org.br, clique no banner da rádio e confira!

CRCRS recebe Jucergs em plenária

jucergs

O presidente da Junta Comercial do Rio Grande do Sul, João Alberto Vieira, foi recebido pelos conselheiros do CRCRS em plenária ocorrida nesta manhã (18/10). O motivo da visita foi para esclarecer as mudanças que a Jucergs está implantando no seu sistema de abertura de empresas, que visa dar mais agilidade e rapidez a esse processo.

Vieira salientou que as novidades fazem parte do chamado Projeto Integrar, e envolvem a utilização das informações constantes na Ficha de Cadastro Nacional (FCN) para elaboração automática de documentos necessários para o início do processo de constituição da empresa. Essas mudanças devem entrar em vigor já na semana que vem, sendo num primeiro momento facultativo ao usuário da Junta optar ou não por esse tipo de cadastro. Foi ressaltado, entretanto, que esse modelo será obrigatório a partir de 4 de novembro.

Junto com Vieira, esteve presente o diretor do  Departamento de Registro Empresarial e Integração (DREI), Vinicius Mazza. Ele explicou aos conselheiros sobre os projetos que o Departamento está desenvolvendo, e que eles visam dar maior importância às Juntas no desenvolvimento econômico de seus Estados. Para Mazza, as Juntas Comerciais também possuem o papel de auxiliar os governos estaduais no levantamento e repasse de dados sobre as empresas cadastradas ou que fecharam, o que pode contribuir na demonstração da situação econômica nos Estados. Esclareceu, igualmente, que a Jucergs será a primeira Junta no País a implantar o Projeto Integrar, que faz parte da Redesim e que trará facilidades ao empreendedor. A meta do DREI, com seus projetos, é de diminuir o tempo de processo de constituição de empresas nas Juntas para 3 ou 4 dias.

Além de Vieira e Mazza, também participaram do encontro o secretário-geral da Jucergs, José Tadeu Jacoby, e o coordenador geral do DREI, Ciro Daniel da Silva.

Organização contábil que recebeu premiação no Programa de Qualidade do RS e alunos do IPA participam de plenária

A convite do CRCRS, o Contador Evanir Aguiar dos Santos, sócio da Fortus Consultoria Contábil se fez presente na Plenária realizada hoje (18/10) no CRCRS. O motivo foi a premiação recebida pela empresa. A Fortus foi ganhadora do Troféu Prata no Programa de Qualidade do Rio Grande do Sul do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade de 2013. Fundada em 2004, pelos sócios Evanir Aguiar dos Santos e João Batista Custódio Duarte, detém também a certificação ISO 9001 e foi uma das quatro finalistas, na categoria serviços, do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas – MPE Brasil.

 Antônio Carlos Palácios, vice-presidente de Gestão do CRCRS, Zulmir Breda, presidente, e Evanir Aguiar dos Santos, sócio da Fortus Consultoria Contábil.

Na ocasião, Evanir relatou o crescimento da organização contábil, a motivação e os benefícios resultantes da implantação do programa.

A reunião plenária desta sexta-feira recebeu também a visita de alunos do curso de Ciências Contábeis do IPA, acompanhados da professora Laurise Marta Pugues.

Acadêmicos da Faccat no CRCRS

No final da tarde de hoje (17/10), um grupo de cerca de 30 estudantes do curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) estiveram na sede do Conselho para conhecer o funcionamento da entidade. Eles conheceram um pouco do funcionamento das principais áreas do Conselho e participaram de um bate-papo com a gerente da Divisão de Projetos Especiais, Nádia Chamun e o fiscal contador Marcelo Cristiano de Mello. Na oportunidade, os acadêmicos tiveram dúvidas relacionadas à profissão contábil esclarecidas, em especial sobre o Exame de Suficiência e registro profissional, e expuseram seus anseios e perspectivas referentes ao mercado de trabalho.

Germano Rigotto abriu o 2º Seminário AIAMU de Administração Tributária Municipal

O presidente do CRCRS, Zulmir Breda, participou na manhã de hoje (17/10) da cerimônia de abertura do 2º Seminário AIAMU de Administração Tributária Municipal. O evento, que tem como foco a orientação e integração dos diversos segmentos que operam na área fiscal municipal, prossegue amanhã (18/10) até às 12h.

O ex-governador Germano Rigotto proferiu palestra de abertura, cujo tópico central foi a reforma tributária. Citou como os três grandes problemas do Brasil, o fisiologismo, clientelismo e a corrupção; e como as três grandes necessidades atuais, a revisão do pacto federativo, a reforma tributária e a reforma política. Destacou que o Brasil tem grandes vantagens competitivas em relação a outros países, mas a falta de reforma estrutural é o maior impedimento.