Atualização do livro de Normas de Auditoria e Perícia

Está disponível, para leitura e download, em www.crcrs.org.br – menu Comunicação -, a edição atualizada até maio de 2015 do livro “Normas Brasileiras de Contabilidade Auditoria Independente – Auditoria Interna – Perícia Contábil”. No site do Conselho também constam dezenas de publicações de referência para os profissionais da Contabilidade.

livro

Conselho de Contabilidade promove seminário em Erechim

No dia 29 de maio, o município de Erechim recebeu o Seminário de Assuntos Contábeis, evento que o Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS) promove em todas as regiões do Estado. O contador Pedro Grabril Kenne da Silva, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, na oportunidade representando o presidente da entidade Antônio Palácios, em seu pronunciamento, salientou a importância da participação dos profissionais que atuam na área contábil nos seminários para se atualizarem e aprimorarem seus conhecimentos. Lembrou ainda os outros recursos que o CRCRS disponibiliza aos profissionais também com vistas a constante atualização, tais como: palestras on-line todas as quartas-feiras, rádio e TV CRCRS, entre outros.

DSC_1547

Mateus Benincá, delegado regional do CRCRS em Erechim, deu as boas-vindas aos mais de 100 participantes ao Seminário

DSC_1550

O prefeito de Erechim, Paulo Polis, foi representado pelo secretário da Fazenda, o técnico em contabilidade Jandir Santolin.

DSC_1563

Pedro Gabril Kenne da Silva, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, na ocasião representando o presidente do CRCRS Antônio Palácios, fez a abertura do Seminário, expondo as funções precípuas do Conselho.

Em seguida teve início o painel sobre Lei Anticorrupção e Lei Lavagem de Dinheiro, no qual a contadora Mônica Foerster, coordenadora da Comissão de Estudos de Auditoria Independente do CRCRS, e o Juiz de Direito da 2ª Vara Cível de Erechim, Juliano Rossi, abordaram os aspectos legais e a inserção do profissional da contabilidade no contexto.

DSC_1579

Na bancada: Mário Karczeski, vice-presidente de Fiscalização do CRCRS e, na oportunidade, moderador do painel; Juliano Rossi, Juiz de Direito da 2ª Vara Cível de Erechim. Painelista: Mônica Foerster.

Mônica citou os três métodos do esquema típico de lavagem de dinheiro: colocação, ocultação e reintegração. Relembrou a origem da expressão “lavagem de dinheiro”, que surgiu com o gângster norte-americano Al Capone, quando, em 1928, comprou uma rede de lavanderias em Chicago para encobrir o dinehiro ilícito proveniente de negócios ilegais.

A contadora falou também da legislação no Brasil, que prevê, entre outros aspectos, a extinção do rol taxativo de crimes antecedentes, ampliação dos agentes que devem informar transações suspeitas, a obrigatoriedade de pessoas físicas ou jurídicas de prestarem as informações, mesmo que eventualmente exerçam serviços de assessoria, consultoria, contadoria, auditoria. Enfocou a Resolução CFC nº 1.445 de 2013, que regula a Lei da Lavagem de Dinheiro, apontando a atenção especial que deve ser dada as operações de compra e venda de imóveis; de abertura ou gestão de contas bancárias, de poupança, investimento ou de valores mobiliários; de criação, exploração ou gestão de sociedade de qualquer natureza.

Já em relação a Lei nº 12.846 de 2013 -Lei Anticorrupção, o Juiz Juliano citou uma curiosidade: embora a lei seja chamada de anticorrupção, ela não fala em corrupção. Entretanto a grande novidade foi a possibilidade de punição das pessoas jurídicas, tanto na esfera civil como administrativa., de forma objetiva, sem a comprovação da culpa, negligência ou imprudência. Podem ser punidas todas as empresas brasileiras,  inclusive as estrangeiras com sede no Brasil, associações, entidades. São considerados atos lesivos os que incidem sobre o patrimônio público e princípios da constituição.

DSC_1585

Painelista: Juliano Rossi, Juiz de Direito da 2ª Vara Cível de Erechim.

Paralelamente ao painel, o vice-presidente de Relações Institucionais, Pedro Gabril, reuniu-se com as autoridades presentes no evento para falar das ações de responsabilidade social promovidas pelo Sistema CFC/CRCs, como o Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC). Na ocasião, foi dado um enfoque especial para  a necessidade de estimular a destinação de parte do imposto de renda, pessoa física, aos Fundos da Criança e do Adolescente e ao Fundo do Idoso.

DSC_1575

Márcio Mâncio, empresário na área de consultoria, foi o encarregado de retomar as atividades na parte da tarde, falando sobre as ações que fazem a diferença no sucesso da profissão.

DSC_1613

Márcio Mâncio

“Recuperação judicial das empresas”, foi o tema que André Koller Di Francesco Longo, especialista em Ciências Penais, apresentou aos participantes. Iniciou mostrando a importância do profissional da contabilidade nos dias atuais. Afirmou que nos Estados Unidos é a segunda profissão mais rentável.

André retrocedeu no tempo para explicar o surgimento da recuperação judicial, que teve início, no Brasil, em 2005, com base na Teoria das Restrições, e acrescentou que o plano de recuperação é um equilíbrio econométrico. Alguns pontos da recuperação judicial: analisar e conhecer os problemas, organizar e alocar os recursos, negociar, tomar decisões, entre outras. O palestrante mostrou que a estruturação da recuperação passa pelos recursos materiais, financeiros, humanos, administrativos e mercadológicos. Falou ainda da recuperação extrajudicial, que restringe hipoteca, dívidas trabalhistas e tributárias.

DSC_1624

André Koller Di Francesco Longo

 Clique aqui e veja mais fotos do evento

Pesquisa de Satisfação do 1º semestre de 2015

Pesquisa de Safistação - 1º semestre 2015

O CRCRS disponibilizou, neste link, a pesquisa de satisfação profissional referente ao primeiro semestre de 2015. A finalidade é avaliar como os contadores e técnicos em contabilidade se sentem em relação ao CRCRS, especialmente no que diz respeito às condições físicas e ambientais, atendimento, desempenho dos setores, comunicação e programas e projetos. Os resultados obtidos servirão como norteadores ao CRCRS para implementar ações que busquem contribuir para a melhoria dos serviços prestados e elevar o nível de satisfação. O questionário pode ser respondido até o dia 30 de junho de 2015.

Conselho inicia projeto para esclarecer profissionais sobre atividades da Fiscalização

Com o objetivo de orientar os profissionais da Contabilidade sobre os procedimentos adotados pela Fiscalização da entidade, o Conselho iniciou, em maio, os Fóruns de Esclarecimentos das Atividades da Fiscalização. A iniciativa, que deverá contemplar as 104 delegacias regionais do CRCRS, foi realizada em Guaporé (19/05) e Espumoso (25/5). Os encontros tiveram a participação do vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski, do diretor executivo adjunto, João Victor de Oliveira e da gerente de Fiscalização, Iolanda Mumbach, além de delegados regionais e delegados honorários da entidade.

Fórum

Vice-presidente Mário Karczeski conversou com profissionais de Guaporé

IMG_0104

Cerca de 40 contadores e técnicos em contabilidade de Espumoso também receberam orientações

IMG_0077

Programa de Educação Continuada para Auditores

Os auditores inscritos no Cadastro Nacional de Auditores Independentes (CNAI), que não cumpriram a pontuação mínima exigida pelo Programa de Educação Continuada, durante 2014, devem apresentar as justificativas para o não cumprimento ao Conselho Federal de Contabilidade, até 30 de junho. As alegações poem ser enviadas para a sede do CFC, no endereço SAS, Quadra 5, Bloco J, Brasília – DF, CEP 70070-920, aos cuidados da Coordenadoria de Desenvolvimento Profissional, ou para o e-mail epc@cfc.org.br.

Espumoso recebe Fórum de Esclarecimentos das Atividades da Fiscalização

IMG_0104

Na segunda-feira, 25 de maio, em torno de 40 profissionais da Contabilidade participaram, em Espumoso, de mais uma edição do Fórum de Esclarecimentos das Atividades da Fiscalização. O evento contou com a presença do vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, Mário Karczeski, do diretor executivo adjunto do Conselho, João Victor de Oliveira, e da gerente de Fiscalização da entidade, Iolanda Mumbach. A iniciativa visa orientar os profissionais da Contabilidade sobre os procedimentos adotados pela Fiscalização do Conselho.

Também prestigiaram o evento os delegados regionais de Espumoso, Marcelo Zuffo, de Tapera, Vilson Hubner e de Não-Me-Toque, Aristeu Kochem, além do delegado honorário do CRCRS em Espumoso, Primo Moisés Zuffo.

Inaugurado o Espaço Contábil em Santa Maria

A união de quatro entidades da classe contábil gaúcha resultou no Espaço Contábil – região centro – de Santa Maria. Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), Sescon-RS, Associação dos Profissionais da Contabilidade de Santa Maria e Sindicato de Contadores e Técnicos em Contabilidade de Santa Maria (Sincotecsm) reuniram-se e estabeleceram em um único local todos os serviços prestados por essas entidades.

A importante iniciativa ganhou espaço na mídia local. O presidente do CRCRS, Antônio Palácios, foi convidado a visitar os jornais de Santa Maria: A Razão e o Diário de Notícias para falar sobre a ação conjunta.

santa maria

santa maria

A inauguração do Espaço Contábil foi em 26 de maio, com a presença de autoridades locais, presidentes e representantes das entidades da classe contábil gaúcha e profissionais que atuam na área contábil da região.

“Com a criação do Espaço Contábil, o profissional da região vai se dirigir a um local, onde poderá resolver todas as suas dúvidas e problemas em relação a área contábil. Essa iniciativa só vem a contribuir com os profissionais da contabilidade, facilitando e agilizando as suas demandas”, declarou Antônio Palácios, presidente do CRCRS .

O Espaço Contábil se localiza na Alameda Santiago do Chile, 115.

placa

Descerramento da placa pelos presidentes das quatro entidades: CRCRS, Sescon-RS, Sincotecsm e Associação dos Profissionais da Contabilidade de Santa Maria.

padre

A abertura da solenidade de inauguração do Espaço Contábil teve início com a bênção do pároco.

presidentes

Diogo Chamun, presidente do Sescon-RS; Wanderlei Ghilardi, presidente da Associação dos Profissionais da Contabilidade de Santa Maria; Alexandre Prates da Silva, presidente do Sincotecsm; Antônio Palácios, presidente do CRCRS.
palácios

Palácios comemorou a concretização do projeto Espaço Contábil – região centro, lembrando dos ex-presidentes do CRCRS, Zulmir Breda, e do Sescon-RS, Jaime Gründler Sobrinho, que acreditaram na ideia e levaram à frente o projeto.

posse delegada

Na oportunidade, o vice-presidente de Relações com os Profissionais do CRCRS, Celso Luft, deu posse a nova delegada regional do CRCRS em Santa Maria, contadora Simone Terezinha Zanon. Na foto: Antônio Palácios, Simone Zanon e Celso Luft

galeria

Finalizando a solenidade, foi inaugurada a Galeria de Presidentes do Sincotecsm.

comazzetto

O contador Paulo Comazzetto foi homenageado com a foto na Galeria de Presidentes do Sincontecsm

Veja mais fotos sobre o evento aqui

Concurso de Trabalhos Técnicos – Resgate da Memória Contábil dos Estados

O Conselho Federal de Contabilidade, em parceria com os Conselhos Regionais, lança o Concurso Trabalhos Técnicos, Resgate da Memória Contábil nos Estados. O objetivo deste concurso é estimular o resgate da memória da Contabilidade, das instituições profissionais e do ensino no Brasil.

As inscrições estarão abertas de 1º de junho até 31 de dezembro, somente no CRC. Mais informações no portal do CFC.