CRCRS leva Seminário de Assuntos Contábeis a Alegrete

Temas com enfoque na responsabilidade do profissional da contabilidade diante do cruzamento de informações fiscais, econômicas e financeiras; em ações que fazem a diferença no sucesso da profissão e no Cadastro Ambiental Rural atraiu um público de 122 pessoas, entre contadores, técnicos em contabilidade e estudantes, em 30 de outubro, para participarem do Seminário de Assuntos Contábeis de Alegrete que ocorreu no auditório da URCAMP.

público

Na cerimônia de abertura, para saudar os presentes e dar boas-vindas, fizeram uso da palavra a delegada regional do CRCRS em Alegrete, Márcia Basso; a secretária municipal do Planejamento, contadora Lúcia Loebler, representando o prefeito Erasmo Silva; o pró-reitor da Urcamp, Júlio Otaran; e o presidente do CRCRS, Antônio Palácios.

Palácios, em sua manifestação, frisou a importância da profissão contábil para os diversos segmentos da sociedade, mas, para isso, contadores e técnicos em contabilidade têm que estarem preparados e qualificados. Hoje o profissional da contabilidade tem que desenvolver ações pró-ativas, precisa participar de ações da sociedade, se engajar em movimentos sociais, ser participativo e atuante, utilizando seu conhecimento para contribuir para a sua comunidade.

Palácios

Antônio Palácios, presidente do CRCRS

Após a abertura, as autoridades presentes foram convidadas a participarem de reunião com o presidente do CRCRS, Antônio Palácios, e o vice-presidente de Relações Institucionais, Pedro Gabril Kenne da Silva, cujo tema principal girou em torno das ações de responsabilidade social desenvolvidas pelo Conselho, especialmente no que se refere aos Observatórios Sociais e os Fundos da Criança e do Adolescente e o Fundo do Idoso.

Pedro Gabril

Pedro Gabril explicou no que consiste o Programa de Voluntariado da Classe Contábil, criado em 2008 pelo CFC, seus objetivos, subprogramas e como participar.

Enquanto isso, Celso Luft, vice-presidente de Relações com os Profissionais do CRCRS, Magda Wormann, vice-presidente de Controle Interno do CRCRS, e Dr. Fábio Boeira, assessor jurídico da Câmara de Vereadores de Alegrete, especialista em Processo Civil, iniciavam a primeira atividade da manhã, ou seja, o painel sobre “Cruzamento de informações fiscais, econômicas e financeiras: responsabilidade do profissional da contabilidade”.

celso

Celso Luft expôs situações em que as informações, com frequencia, são cruzadas na Receita Federal e, muitas vezes, por descuido, podem acarretar sérios problemas aos contribuintes. Exemplificou também ocasiões em que o profissional da contabilidade tende a ser responsabilizado por ações de seu cliente. O contador falou da mais recente novidade da Receita Federal, o e-financeira, que é a nova obrigação acessória, cujas as informações fornecidas são confrontadas com as prestadas na declaração anual do imposto de renda. Com a e-financeira, a Dimof não precisará mais ser enviada à Receita Federal para os fatos geradores a partir de 1º de janeiro de 2016.

Dr. Fábio

Dr. Fábio Boeira falou de crimes envolvendo os profissionais da contabilidade, como sonegação fiscal, além de abordar a representação fiscal para fins penais.

A partir das 13h30, Márcio Mancio, agitou a plateia com a palestra “Ações que fazem a diferença no sucesso da profissão”, ocasião em que aponta, de uma maneira divertida, iniciativas simples, mas capazes de fidelizar o cliente.

DSC_0440

O engenheiro Florestal Gabriel Berger encerrou o evento expondo detalhes do Cadastro Ambiental Rural.

CAR

Gabriel Berger explicou que CAR é um cadastro que tem fins ambientais, não tem fins fundiciários. O cadastro é obrigatório e declaratório – a responsabilidade das informações é do proprietário. O prazo para o preenchimento vai até maio de 2016. Quem não aderir ao cadastro ficará impossibilitado de conseguir crédito em bancos e terá dificuldade na aquisição de licenças ambientais.

CRCRS participa da entrega de alvarás da Redesim, em Camaquã

O CRCRS participou da entrega dos primeiros alvarás confeccionados pela Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços da Prefeitura Municipal de Camaquã, por meio da REDESIM – Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios, no dia 27 de outubro. A delegada regional Silvana Scherer, parabenizou o prefeito e a equipe envolvida pelo avanço que a Redesim trouxe ao município. “É motivo de orgulho para Camaquã, que mais uma vez sai na frente em melhorias

Vice-presidente do CRCRS palestra em Semana Acadêmica Integrada da URCAMP – Alegrete

Na noite de 29 de outubro, abrindo as atividades da 5ª Semana Acadêmica Integrada da URCAMP- Campus Alegrete, o vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, Pedro Gabril Kenne da Silva, ministrou palestra sobre “Ética e qualidade na gestão pública, o que eu tenho a ver com isso?” para estudantes de Ciências Contábeis e de Administração de Empresas.

Pedro salientou a importância do cidadão participar da política em um regime democrático. Lembrou que cada cidadão representa um papel na sociedade Nesse viés, apontou os observatórios sociais como um espaço que exerce, de forma eficaz, o controle social, e tem como objetivo monitorar preventivamente o fluxo dos processos de compra dos municípios. No Rio Grande do Sul, existem seis observatórios sociais em funcionamento: Cruz Alta, Erechim, Lajeado, Santa Maria, Pelotas e Porto Alegre.

Por fim, apontou as causas da desordem social como sendo a miséria, ociosidade, ignorância e indiferença.

gabril

Seminário debate Contabilidade no Setor Cooperativo

DSC01783

Na quinta-feira, 29 de outubro, Nova Petrópolis foi sede da terceira edição do Seminário de Contabilidade do Setor Cooperativo, promovido pelo CRCRS, por meio da Comissão de Estudos de Contabilidade do Setor Cooperativo. O evento ocorreu no plenarinho da Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis e contou com a presença de mais de 80 profissionais e estudantes da área contábil, além de representantes de cooperativas da região.

Na abertura do evento, o coordenador da Comissão de Estudos de Contabilidade do Setor Cooperativo do CRCRS, José Máximo Daronco lembrou a relevância das cooperativas para a economia. "O setor cooperativo mantém sua estabilidade, apesar da crise econômica", frisou.

Na abertura do evento, o coordenador da Comissão de Estudos de Contabilidade do Setor Cooperativo do CRCRS, José Máximo Daronco lembrou a relevância das cooperativas para a economia. “O setor cooperativo mantém sua estabilidade, apesar da crise econômica”, frisou.

Já o vice-presidente da Sicredi Pioneira RS, Mário Konzen destacou a importância da realização de eventos que tenham as cooperativas como foco.

Já o vice-presidente da Sicredi Pioneira RS, Mário Konzen destacou a importância da realização de eventos que tenham as cooperativas como foco.

O presidente do CRCRS, Antônio Palácios, ao fazer uso da palavra, recordou o trabalho contínuo realizado pela entidade para valorizar os profissionais que atuam junto às cooperativas. "As cooperativas são essenciais para o desenvolvimento do país e, nessa esfera, o profissional contábil possui capacitação para gerar informações confiáveis para o incentivar o crescimento dessas entidades", comentou.

O presidente do CRCRS, Antônio Palácios, ao fazer uso da palavra, recordou o trabalho contínuo realizado pela entidade para valorizar os profissionais que atuam junto às cooperativas. “As cooperativas são essenciais para o desenvolvimento do país e, nessa esfera, o profissional contábil possui capacitação para gerar informações confiáveis para o incentivar o crescimento dessas entidades”, comentou.

A primeira palestra do evento foi realizada pelo contador e coordenador da Seção de Apoio Técnico do CRCRS, José Clarel Calleari. Na ocasião, ele abordou o tema "Ética e Responsabilidade Profissional.

A primeira palestra do evento foi realizada pelo contador e coordenador da Seção de Apoio Técnico do CRCRS, José Clarel Calleari. Na ocasião, ele abordou o tema “Ética e Responsabilidade Profissional.

DSC01808

Em seguida, Dorly Dickel, contador, auditor independente e membro da Comissão de Estudos de Contabilidade do Setor Cooperativo do CRCRS, abordou “Distribuição de Resultados, Tributação”.

À tarde, foi realizado o painel "Segregação dos Atos Cooperativos - Casos Práticos", no qual foram apresentados cases de diversas áreas do segmento cooperativo, pela contadora Elizabeth Chiminazzo (agronegócio), pelo contador Aristeu dos Santos (saúde), pelo advogado Rafael Toffanello (crédito) e pelo contador Antonio Carlos Nasi (Infraestrutura). Eles esclareceram aos presentes as peculiaridades de cada um dos ramos, no que se refere à segregação dos atos cooperativos.

À tarde, foi realizado o painel “Segregação dos Atos Cooperativos – Casos Práticos”, no qual foram apresentados cases de diversas áreas do segmento cooperativo, pela contadora Elizabeth Chiminazzo (agronegócio), pelo contador Aristeu dos Santos (saúde), pelo advogado Rafael Toffanello (crédito) e pelo contador Antonio Carlos Nasi (Infraestrutura). Eles esclareceram aos presentes as peculiaridades de cada um dos ramos, no que se refere à segregação dos atos cooperativos.

 

 

 

 

 

Fórum de Fiscalização Preventiva percorre municípios da Região Noroeste do RS

O Fórum de Fiscalização Preventiva visitou municípios da Região Noroeste do Estado do RS, nos dias 27 e 28 de outubro, com reuniões lideradas pelo vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski, acompanhado de representantes da Divisão de Fiscalização do Conselho. A iniciativa visa orientar os profissionais da contabilidade em relação aos procedimentos adotados pela fiscalização do CRCRS.

Confira a seguir algumas das cidades onde ocorreu o Fórum:

Na tarde do dia 27 de outubro, o Fórum esteve em Cruz Alta.

Na tarde do dia 27 de outubro, o Fórum esteve em Cruz Alta, com o vice-presidente Mário Karczeski e representantes da Divisão de Fiscalização.

No dia 27 de outubro, à noite, o Fórum esteve em Marau, com o vice-presidente Mário Karczeski e representantes da Divisão de Fiscalização.

No dia 27 de outubro, à noite, o Fórum esteve em Marau.

20151028_100631[1]

Na manhã do dia 28 de outubro, foi a vez dos profissionais de Santo Ângelo, que se reuniram no campus da URI.

Dia 28 de outubro, à tarde, o Fórum reuniu os profissionais da contabilidade em Três de Maio.

Dia 28 de outubro, à tarde, o Fórum reuniu os profissionais da contabilidade em Três de Maio.

 

Na noite do dia 28 de outubro, foi a vez dos profissionais da contabilidade da jurisdição da Delegacia Regional de Santa Rosa.

Na noite do dia 28 de outubro, foi a vez dos profissionais da contabilidade da jurisdição da Delegacia Regional de Santa Rosa.

Vice-presidente de Gestão do CRCRS participa de painel do X Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis

Nos dias 26 e 27 de outubro, ocorreu, em Belo Horizonte, o  X Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis – ENCPCCC, cujo objetivo centrava-se na discussão da qualidade do ensino e das tendências da profissão, além de debater os principais desafios dos cursos em Ciências Contábeis. Nesse sentido, no primeiro dia, foi apresentado o painel “Diretrizes curriculares e novas proposições”, com a participação da Profª Me. Ana Tércia Lopes Rodrigues, vice-presidente de Gestão do CRCRS, Prof. Dr. José Antônio de França, Universidade de Brasília, e da Profª Me. Marisa Luciana Marais, conselheira do CFC.

EDU_7030

Ainda no dia 26 de outubro, Ana Tércia participou do Painel “A Pós-graduação e a Formação Docente

Presidente do CRCRS é homenageado em Convenção de Contabilidade de Santa Catarina

O presidente do CRCRS, Antônio Palácios, recebeu, no dia 15 de outubro, o troféu de participação na XXIX Convenção de Contabilidade de Santa Catarina (Contesc) entregue pelo presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de Santa Catarina, Tadeu Oneda. O evento ocorreu de 14 a 16 de outubro, em Florianópolis.

O presidente do CRCRS, contador Antônio Palácios, recebeu homenagem pela participação na Contesc, das mãos do presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de Santa Catarina.

O presidente do CRCRS, contador Antônio Palácios, recebeu troféu pela participação na Contesc, das mãos do presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de Santa Catarina.

Além da programação técnica, com palestras e painéis conduzidos por profissionais de renome, a Convenção contou com momentos de confraternização e cultura. Em paralelo, foi realizada a Feira de Negócios, Produtos e Serviços Contábeis. Cerca de 900 profissionais da Contabilidade participaram da Contesc, que abordou temas de grande importância no contexto atual da profissão contábil, como Contabilidade Aplicada ao Setor Públlico (CASP), e-Social, Mercado de Trabalho e Cases de Sucesso na Gestão, entre outros.