Revista Técnica 157 está disponível para consulta e download

Rev Tec 157

Já está disponível, aqui no site do CRCRS, na aba Comunicação, a edição 157, mês de setembro, da Revista Técnica, que traz os artigos:

– Evidenciação Contábil: uma análise da aderência à NBC TG 27 (RI) – Ativo Imobilizado nas empresas de capital aberto, dos segmentos de bens industriais, siderúrgico e de utilidade pública e energia elétrica, do Rio Grande do Sul, no período de 2010 a 2013, de Fernando Andrade Pereira, Renato Breitenbach e Daise Terezinha Boeira Mesquita;

– Análise Bibliométrica Sobre os Fatores Motivadores da Mudança em Sistemas de Contabilidade Gerencial, de Vanessa Elisa Küntzer e Rodrigo Angonese; e

– Análise dos Reflexos da Integração da Contabilidade Ambiental e Societária em Indústria Coureira, de Ângela Regina Hammes, Alexandre André Feil e Adriano José Azeredo.

Acesse o link e confira!

Outubro Rosa, em Debate

O programa Contabilidade em Debate sobre o Outubro Rosa discute, até o dia 31 de outubro, a prevenção e o tratamento do câncer de mama, na Rádio e na TV CRCRS Web, com as convidadas Silvia Regina Lucas de Lima, conselheira e coordenadora da Comissão de Estudos Mulher que Atua na

Palestra sobre Tributação da Atividade Rural em Ijuí

A Tributação na Atividade Rural (2)

O curso de Ciências Contábeis da Unijuí, com apoio do Sindicato Rural, Sindicato dos Contabilistas e Delegacia do CRCRS em ijuí, promoveu, no dia 13 de outubro, durante a ExpoIjuí/Fenadi, a palestra “A Tributação na Atividade Rural”. O evento foi ministrado pelo auditor da Receita Federal, José Carlos Zimmermann, e teve como debatedor o Delegado Regional do CRCRS de Ijuí, André Hoffmann. A palestra foi realizada no auditório da Casa do Produtor Rural no Parque de Exposições e reuniu professores, estudantes e egressos do curso, além de produtores rurais da região.

O palestrante abordou a temática que envolve a tributação na atividade rural. Dentre os vários aspectos que foram mencionados por Zimmermann, pode-se destacar a questão dos conceitos relacionados à atividade rural, declaração do imposto de renda, tipos de contratos agrários, constituição de receitas, despesas e Investimentos, apuração do resultado e, por fim, aspectos relacionados à escrituração do livro-caixa.

CRCRS apoia 3º Egescon

O CRCRS é um dos apoiadores institucionais do 3º Encontro Gaúcho das Empresas de Serviços Contábeis (EGESCON), que ocorrerá nos dias 22 e 23 de outubro, na sede da Sogipa, em Porto Alegre. O evento reunirá cerca de 300 empresários da contabilidade de diferentes regiões gaúchas para atualizar conceitos, trocar ideias e discutir o futuro. A programação inclui palestras técnicas, comportamentais e de gestão.

Entre os palestrantes já confirmados, encontram-se Bel Pesce, empreendedora e fundadora da FazInova, escola de empreendedorismo e habilidades, que ministrará a palestra “Criando oportunidades”; Arthur Bender, empresário e especialista em estratégia de marcas, que falará sobre “Foco é vida ou morte para a sua marca”; Flávio Canto, medalhista olímpico e ex-judoca brasileiro, com o painel “Gestão Pública Eficaz – Instituto Reação: Um Ippon na Exclusão Social”; Joni Galvão, fundador e atual líder da The Plot Company e autor do livro Super Apresentações, fará a palestra “Como o cinema pode inspirar o seu negócio?”; Paulo Henrique Vaz, mestre em Ciências Contábeis e Atuariais da PUC/SP, que abordará “Riscos Tributários e Contábeis na Elaboração dos Honorários Contábeis” e Murilo Gun, um dos pioneiros da internet brasileira, aos 14 anos, hoje empreendedor de tecnologia, que proferirá a palestra “Criatividade para Solução de Problemas”.

As informações completas e as inscrições estão no site do evento.

egescon

3º Encontro de Peritos Contábeis atrai grande público

Presença maciça de profissionais da contabilidade marcou a abertura do 3º Encontro de Peritos Contábeis, promovido pela Comissão de Estudos de Perícia Contábeis, que se realizou, em 16 de outubro, no auditório do Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS). Mais de cem profissionais da contabilidade participaram durante todo o dia do evento, assistindo às palestras que trataram da importância da perícia contábil nos escritórios de advocacia, das mudanças do Código de Processo Civil, do perito contábil como um profissional em constante aprendizado e evolução e do trabalho de perito no processo judicial eletrônico.

3º encontro de peritos

Na abertura do evento, a vice-presidente de Gestão do CRCRS, Ana Tércia Lopes Rodrigues, parabenizou a iniciativa que já tem repercussão nacional.

grace

A coordenadora da Comissão de Perícia Contábil do CRCRS, Grace Gehling, agradeceu a presença de todos e solicitou que os componentes da comissão ficassem em pé para apresentação: Silvia Maria Moraes Chamun, Rosana Lavies Spellmeier, Edi Cristiano Siqueira,Sandra Rasquin Rabenschlag, Inelva Fátima Lodi, Valdete Maria Finotti, Eduardo Sinigaglia, Ubirajara Lino Cardoso, Mozart Dagoberto Giovanini Pereira e Regina Souza Pedra. Grace frisou que o objetivo deste terceiro encontro é buscar a valorização do perito no âmbito do judiciário, mostrando a relevância do trabalho desenvolvido por esses profissionais para o Poder Judiciário.

eduardo

Eduardo Sinigaglia, na ocasião, representou o Sescon-RS, parceiro na realização do evento

A palestra de abertura do evento foi sobre a importância da perícia contábil como ferramenta gerencial para os escritórios de advocacia, ministrada pelo perito contábil Lucimar de Carvalho Alves, que explicou que até a década de 90 não havia a figura do perito para auxiliar nos escritórios de advocacia. Foi a partir de 1992, que o perito assistente aparece no cenário. Apontou três caraterísticas como fundamentais, nessa área: índole, caráter e ética. Em relação a esse último quesito, lembrou que pode ser aplicado para a proposição de que o perito assistente não deve atuar como perito do juízo. Declarou ainda: “Acredito que nos cursos de Ciências Contábeis deveriam haver laboratórios, pois os escritórios de perícia passaram a desempenhar a função de laboratórios”.

lucimar

Lucimar Alves e Grace Gehling

As mudanças no novo Código de Processo Civil que afetam a prova pericial foi o tema apresentado pela contadora Rosana Spellmeier, integrante da Comissão de Estudos de Perícia Contábil do CRCRS, e Leandro Pinto de Azevedo, especialista em Direito Civil e Processual. Na oportunidade, os painelistas compararam alguns artigos do antigo código com o novo, dentre eles o parágrafo 1º do art. 145 (antigo) e do art. 156 (novo), que trata do cadastro, que com o novo Código ficou assim: “os peritos serão nomeados entre os profissionais legalmente habilitados e os órgãos técnicos ou científicos devidamente inscritos no cadastro mantido pelo tribunal ao qual o juiz está vinculado”. Esse cadastro de peritos será elaborado pelas entidades representativas e tribunais.

Art. 156 – parágrafo 2 (novo código): “para formação do cadastro, os tribunais devem realizar consulta pública, por meio de divulgação na rede mundial de computadores ou em jornais de grande circulação, além de consulta direta a universidades, a conselhos de classe, ao Ministério Público, à Defensoria Pública e à OAB, para a indicação de profissionais ou de órgãos técnicos interessados”.

rosana

Rosana Spellmeier e Leandro Pinto de Azevedo

Na parte da tarde, o tema colocado em debate foi o constante aprendizado e evolução do perito contador, abordado pela vice-presidente de Gestão do CRCRS, Ana Tércia Lopes Rodrigues, que apontou as competências que englobam os atributos como sendo o conhecimento, a atitude e a habilidade. Enfatizou as diferença entre conhecimento e informação. Conhecimento é consistente e gera memória; já a informação é rápida e muda constantemente. Citou ainda os avanços tecnológicos, a complexidade dos negócios, a crise de valores, os novos paradigmas da profissão e a educação continuada com as características do mercado.

tércia

Ana tércia Lopes Rodrigues citou a convergência da contabilidade aos padrões internacionais, a Lei de Acesso à Informação, Lei Anti-Corrupção, Novo Código de Processo Civil, Educação Continuada e Comitê de Normas Internacionais de Educação Continuada como exemplos de novos paradigmas. Finalizou a palestra com a declaração: “Ética é atitude”.

O Juiz Titular da 6ª Vara do Trabalho de Caxias do Sul, Dr. Marcelo Silva Porto, encerrou o evento falando do trabalho do perito no processo judicial eletrônico (PJE). Explanou sobre algumas vantagens do PJE, tais como: desnecessidade de retirar autos, diminuição de custos, redução da tramitação dos processos, prazos concedidos às partes deixam de ser sucessivos, facilidade na expedição e recebimento dos alvarás. Para dr. Marcelo, o problema é que as demandas estão aumentando na Justiça do Trabalho. “Vivemos no Brasil uma litigiosidade exacerbada. O Caminho do futuro é a medição e arbitragem”, declarou o juiz.

juiz

Dr. Marcelo Silva Porto e o Ubirajara Lino Cardoso, integrante da Comissão de Estudos de Perícia Contábil do CRCRS, coordenador da plaestra.

   

CRCRS participa da posse da nova diretoria do Sindispge

O vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, Pedro Gabril Kenne da Silva, prestigiou, na tarde de 15 de outubro, a solenidade de posse da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo Fiscal, para o período 2015/2018, do Sindicato dos Servidores da Procuradoria-Geral do Estado do RS (Sindispge). A solenidade, que conduziu ao cargo de diretor-presidente da entidade o servidor Cícero Ulkowski Corrêa Filho, ocorreu no auditório Ricardo Seibel de Freitas Lima da PGE/RS e contou com a presença de autoridades estaduais.

A partir da esquerda: Pedro Gabril Kenne da Silva, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS; Cícero Ulkowski Corrêa Filho, diretor-presidente do Sindispge; e Leandro Augusto Nicola de Sampaio, Procurador-Geral Adjunto - Assuntos Jurídicos

A partir da esquerda: Pedro Gabril Kenne da Silva, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS; Cícero Ulkowski Corrêa Filho, diretor-presidente do Sindispge; e Leandro Augusto Nicola de Sampaio, Procurador-Geral Adjunto – Assuntos Jurídicos

Veja abaixo, a nominata da nova composição do Sindispge:

Diretoria Executiva:

Diretor-Presidente: Cícero Ulkowski Corrêa Filho

Diretora-Presidente Adjunta: Giana Dornelles Guerin

Diretor Secretário-Geral: Marcelo Radke da Silva

Diretora Secretário-Geral Adjunta: Lenara Giron da Silva

Diretor de Gestão Financeira e Patrimonial: Gerson Luis dos Santos

Diretora de Gestão Financeira e Patrimonial Adjunto: Valquíria da Silva Maciel

Diretor para qualificação Técnica e Profissional: André Luiz Mesquita Maia

Diretora para Assuntos de Aposentados: Márcia Soledade Nascimento

Diretor de Comunicação: Gabriel Seffrin

Diretora Sociocultural: Bianca Cervo Pagnon

Diretora de Esportes: Regina Nunes Santos

Conselho Deliberativo Fiscal

Titulares

Daniele do Couto Gripa

Cristina Krug Filomena

Sandra Ferreira Martins

Suplentes

Eonice Lucas Costa

Adelar Antônio da Silva Cardoso

Lademir dos Reis

Workshop aborda desafios da gestão nas organizações contábeis

Na tarde de 14 de outubro, o CRCRS promoveu o workshop Gestão nas Organizações Contábeis, com o intuito de orientar os profissionais da contabilidade sobre as práticas de gestão, além de promover a compartilhamento de experiências entre os profissionais. Nesse sentido, foram apresentados dois cases com o tema “Práticas atuais de gestão, como chegamos até aqui!” e o painel “Paradigma na gestão das organizações contábeis: empresário ou profissional contábil?”. O evento foi organizado pelas Comissões de Estudo de Organizações Contábeis e de Contabilidade Gerencial do CRCRS.

workshop

Márcio Schuch Silveira

workshop

Paulo Ricardo Alaniz

A abertura do evento foi realizada pelo coordenador da Comissão de Estudos de Organizações Contábeis, Márcio Schuch Silveira, que destacou a necessidade de os profissionais estarem atentos às questões relacionadas à gestão dos escritórios contábeis. Já o vice-presidente Técnico, Paulo Alaniz, lembrou da importância da transparência nas organizações.

Fabiane Allem Ribeiro

Fabiane Allem Ribeiro

Luis Elemar Lunkes Mielke

Luis Elemar Lunkes Mielke

Logo após, foram apresentados dois cases, com o tema “Práticas atuais de gestão, como chegamos até aqui!”, apresentados pelos contadores Luis Elemar Lunkes Mielke e Fabiane Allem Ribeiro. Nas suas falas, eles destacaram as ações realizadas em seus escritórios contábeis a fim de aprimorar as questões relacionadas à gestão.

Painel tratou do "Paradigma na gestão das organizações contábeis: empresário ou profissional contábil?"

Painel tratou do “Paradigma na gestão das organizações contábeis: empresário ou profissional contábil?”

Por fim, foi apresentado o painel “Paradigma na gestão das organizações contábeis: empresário ou profissional contábil?”, com participação dos contadores Evanir Aguiar dos Santos, Geovani Quevedo Maciel e Wendy Beatriz Haddad. Na oportunidade, foi debatido como o papel do contador está mudando no contexto empresarial, uma vez que, cada vez mais, há a necessidade do profissional contábil conciliar as atividades técnicas com a preocupação da gestão nas organizações contábeis.