CRCRS presente nos 40 anos do Sescon-Serra Gaúcha

A vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCRS, Magda Wormann, representou a entidade na comemoração dos 40 anos de fundação do Sescon-Serra, no dia 30 de agosto. A homenagem ocorreu em sessão solene na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul.

magda

Magda Wormann, vice-presidente do CRCRS, e Ronaldo Tomazzoni, presidente do Sescon-Serra Gaúcha

 

Em agosto, 13 municípios receberam o Fórum de Fiscalização Preventiva

Os vice-presidentes de Fiscalização, Mário Karczeski; e de Relações com os Profissionais, Celso Luft, visitaram, no mês de agosto, 13 municípios do Estado, para ministrar o Fórum de Fiscalização Preventiva. Foram contempladas as delegacias de Antônio Prado (16/08), Flores da Cunha (16/08), Vacaria (16/08), Soledade (17/08), Tapejara (18/08), Três Passos (22/08), Santo Augusto (22/08), Capão da Canoa (23/08), Santo Antônio da Patrulha (23/08), Canoas (23/08), Júlio de Castilhos (30/08), Ibirubá (30/08) e Tapera (30/08), nas quais os representantes do Conselho orientam contadores e técnicos em contabilidade sobre questões que envolvem, especialmente, os procedimentos e as sistemáticas adotadas pela Divisão de Fiscalização do CRCRS.

Em Antônio Prado, 15 profissionais da região acompanharam a reunião

Em Antônio Prado, 15 profissionais da região acompanharam a reunião

Profissionais da região de Flores da Cunha também acompanharam a reunião do Fórum de Fiscalização

Profissionais da região de Flores da Cunha também acompanharam a reunião do Fórum de Fiscalização

O vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski, esteve reunido, em Vacaria, com a delegada regional Solange Daros e cerca de 70 profissionais e estudantes de Ciências Contábeis da região

O vice-presidente de Fiscalização, Mário Karczeski, esteve reunido, em Vacaria, com a delegada regional Solange Daros e cerca de 70 profissionais e estudantes de Ciências Contábeis da região

Santo Antônio da Patrulha

Santo Antônio da Patrulha

Profissionais e estudantes da região de Soledade acompanharam o Fórum de Fiscalização Preventiva com o vice-presidente Mário Karczeski, na Associação Comercial e Industrial.

Profissionais e estudantes da região de Soledade acompanharam o Fórum de Fiscalização Preventiva com o vice-presidente Mário Karczeski, na Associação Comercial e Industrial.

Capão da Canoa

Capão da Canoa

Três Passos

Três Passos

Em Canoas, participaram 57 profissionais e 54 estudantes, no auditório da Ulbra

Em Canoas, participaram 57 profissionais e 54 estudantes, no auditório da Ulbra

Pela manhã, o vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, Mário Karczeski, esteve em Júlio de Castilhos

Pela manhã, o vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, Mário Karczeski, esteve em Júlio de Castilhos

À noite, em Tapera, participaram empresários contábeis e profissionais que atuam em grandes empresas.

À noite, em Tapera, participaram empresários contábeis e profissionais que atuam em grandes empresas.

Em Ibirubá, participaram 27 pessoas, entre empresários, profissionais e estudantes

Em Ibirubá, participaram 27 pessoas, entre empresários, profissionais e estudantes

Curso sobre Aspectos Práticos das Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público reuniu centenas de profissionais, em três cidades

Erechim, Santa Maria e Santo Ângelo receberam, no mês de agosto, o curso “Aspectos Práticos das DCASP – Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público”, promovido em parceria entre o CRCRS e o TCE-RS, com a finalidade de apresentar a contadores e técnicos em contabilidade das prefeituras, câmaras de vereadores e empresas públicas, as principais questões envolvendo as  Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público, bem como, explanar no contexto da ótica contábil, as condutas vedadas em último ano de mandato.

Cezar Mauss falou sobre

Erechim

O público, formado por profissionais contábeis da região, em especial, os que atuam no setor público, acompanharam o evento.

Santa Maria

IMG-20160826-WA0011

Santo Ângelo

Júlio de Castilhos, Ibirubá e Tapera recebem o Fórum de Fiscalização Preventiva do CRCRS

Na terça-feira, 30 de agosto, as jurisdições de Júlio de Castilhos, Ibirubá e Tapera receberam o Fórum de Fiscalização Preventiva do CRCRS. O vice-presidente de Fiscalização do Conselho, Mário Karczeski, se reuniu  com empresários contábeis, profissionais e estudantes das regiões dos três municípios para levar informações e esclarecimentos sobre os procedimentos aplicados e as sistemáticas adotadas pela divisão de fiscalização do Conselho e, assim, evitar autuações e multas.

Pela manhã, em Júlio de Castilhos, cerca de 20 profissionais participaram do encontro, na sede da Associação dos Contabilistas do município, a Ascontajuc.

Pela manhã, o vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, Mário Karczeski, esteve em Júlio de Castilhos

Pela manhã, o vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, Mário Karczeski, esteve em Júlio de Castilhos

Na parte da tarde, em Ibirubá, 27 pessoas, entre empresários, profissionais e estudantes, de Ibirubá, Tapera e Cruz Alta, estiveram presentes na reunião.

Em Ibirubá, participaram 27 pessoas, entre empresários, profissionais e estudantes, do município, de Tapera e de Cruz Alta

Em Ibirubá, participaram 27 pessoas, entre empresários, profissionais e estudantes, do município, de Tapera e de Cruz Alta

À noite, na Associação Comercial e Industrial de Tapera, participaram do encontro cerca de 30 pessoas, dos municípios da jurisdição da Delegacia Regional do CRCRS, Tapera, Selbach e Lagoa dos Três Cantos. Também estiveram presentes o delegado honorário de Espumoso, Primo Moisés Zuffo, e a delegada honorária de Tapera, Edi Bauermann Seibel.

À noite, em Tapera, participaram empresários contábeis e profissionais que atuam em grandes empresas.

À noite, em Tapera, participaram empresários contábeis e profissionais que atuam em grandes empresas.

E-social é prorrogado

Foi publicado no Diário Oficial da União de 31 de agosto, a Resolução nº 2 que prorroga o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (e-Social).De acordo com o documento, o início da obrigatoriedade de utilização do e-Social será: I – em 1º de janeiro de 2018, para os empregadores e contribuintes com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78.000.000,00 (setenta e oito milhões de reais); e II – em 1º de julho de 2018, para os demais empregadores e contribuintes.
Veja a íntegra do documento:
COMITÊ DIRETIVO DO E-SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 2, DE 30 DE AGOSTO DE 2016
Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (e-Social).
O COMITÊ DIRETIVO DO e-Social, no uso das atribuições previstas no art. 4º do Decreto nº 8.373, de 11 de dezembro de 2014, e considerando o disposto no art. 41 da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, no art. 1º da Lei nº 4.923, de 23 de dezembro de 1965, no art. 14-A da Lei nº 5.889, de 8 de junho de 1973, no art. 8º da Lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, no art. 11 do Decreto-Lei nº 1.968, de 23 de novembro de 1982, no art. 24 da Lei nº 7.998 de 11 de janeiro de 1990, no art. 23 da Lei nº 8.036 de 11 de maio de 1990, nos incisos I, III e IV do caput e nos §§ 2º, 9º e 10 do art. 32 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, nos arts. 22, 29-A e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, no art. 9º da Lei nº 9.717, de 27 de novembro de 1998, no art. 16 da Lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999, nos arts. 219, 1.179 e 1.180 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002, nos arts. 10 e 11 da Medida Provisória nº 2.200-2, de 24 de agosto de 2001, no § 3º do art. 1º e no art. 3º da Lei nº 10.887, de 18 de junho de 2004, no art. 4º da Lei nº 12.023, de 27 de agosto de 2009, no Decreto nº 97.936, de 10 de julho de 1989, no Decreto nº 3.048, de 6 de maio de 1999, e no Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, resolve:Art. 1º Conforme disposto no Decreto nº 8.373, de 11 de dezembro de 2014, a implantação do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) se dará de acordo com o cronograma definido nesta Resolução.Art. 2º O início da obrigatoriedade de utilização do eSocial dar-se-á:
I – em 1º de janeiro de 2018, para os empregadores e contribuintes com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78.000.000,00 (setenta e oito milhões de reais); e
II – em 1º de julho de 2018, para os demais empregadores e contribuintes.Parágrafo único. Fica dispensada a prestação das informa- ções dos eventos relativos a saúde e segurança do trabalhador (SST) nos 6 (seis) primeiros meses depois das datas de início da obrigatoriedade de que trata o caput Art. 3º Até 1º de julho de 2017, será disponibilizado aos empregadores e contribuintes ambiente de produção restrito com vistas ao aperfeiçoamento do sistema.Art. 4º O tratamento diferenciado, simplificado e favorecido a ser dispensado às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, ao Microempreendedor Individual (MEI) com empregado, ao Segurado Especial e ao pequeno produtor rural pessoa física será definido em atos específicos em conformidade com os prazos previstos nesta Resolução.Art. 5º Os empregadores e contribuintes obrigados a utilizar o eSocial que deixarem de prestar as informações no prazo fixado ou que as apresentar com incorreções ou omissões ficarão sujeitos às penalidades previstas na legislação específica.

Art. 6º A prestação das informações por meio do eSocial substituirá, na forma regulamentada pelos órgãos e entidades integrantes do Comitê Gestor do eSocial, a apresentação das mesmas informações por outros meios.

Art. 7º Os órgãos e entidades integrantes do Comitê Gestor do eSocial regulamentarão, no âmbito de suas competências, o disposto nesta Resolução.

Art. 8º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 9º Fica revogada a Resolução do Comitê Diretivo do eSocial nº 1, de 24 de junho de 2015

EDUARDO REFINETTI GUARDIA p/ Ministério da Fazenda
ANTÔNIO JOSÉ BARRETO DE ARAÚJO JÚNIOR p/ Ministério do Trabalho
Fonte: Fenacon

Profissionais da contabilidade podem ter certificado digital gratuito por um ano

Os profissionais da contabilidade registrados no CRCRS e em situação regular poderão receber certificado digital gratuitamente por um ano, graças a uma parceria firmada entre o Instituto Fenacon e o Conselho Federal de Contabilidade. A solicitação deve ser feita na sede do Sescon-RS, em Porto Alegre, ou no Sescon-Serra Gaúcha, em Caxias do Sul.

Pedro Gabril fala sobre importância dos Observatórios Sociais em reunião-almoço do Rotary Clube Guaíba

gabril os guaiba

Em torno de 80 representantes da sociedade civil de Guaíba participaram, hoje (30/08), da reunião-almoço, promovida pelo Rotary Clube Guaíba, com apoio do Rotary Clube Farrapos e da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Guaíba, com o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre a necessidade de os cidadãos atuarem no controle social da gestão pública. O evento contou com a palestra “Cidadania e Participação – Observatórios Sociais

CRCRS participa da entrega do Prêmio O Futuro da Terra, na Expointer

Charutti

O delegado do CRCRS, Cleiton Charutti, juntamente com o diretor comercial do Jornal do Comércio, Luiz Borges. Foto: Lívia Stumpf/Especial/JC

O delegado regional do CRCRS em Esteio, Cleiton Charutti, representou a entidade, na noite de ontem (29/08), durante a entrega do Prêmio O Futuro da Terra, oferecido pelo Jornal do Comércio em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs). A solenidade, que ocorreu no auditório da Farsul, no parque Assis Brasil, na Expointer, reconheceu as iniciativas e pesquisas que contribuem para valorizar práticas sustentáveis no agronegócio gaúcho. Lideranças políticas e empresariais, dirigentes de entidades do setor científico e da área econômica prestigiaram a cerimônia, entre elas o governador do Estado, José Ivo Sartori, o presidente interino da Fapergs, Marco Baldo, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado, Fábio Branco, o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Adilson Troca e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati.

Conselho de Contabilidade e Polícia Civil no combate ao crime ambiental

O presidente Antônio Palácios, acompanhado do diretor-adjunto João Victor Oliveira, esteve na Polícia Civil, em 30 de agosto, a convite da delegada Elisângela Reghelin, para tratar de assuntos que envolvem crimes ambientais. O convite se estendeu a representantes dos conselhos de Química, Biologia, Engenharia e Agronomia, Administração e Medicina Veterinária, que, também na presença do subchefe da Polícia Civil, Leonel Carivalli, e da titular da delegacia de Proteção ao Meio Ambiente Marina Goltz, discutiram possíveis ações em comum relacionadas a questões ambientais. Concordaram que, como primeiro passo, haveria a necessidade de elaboração de um termo de cooperação, no qual definisse a prestação do serviço técnico por parte dos conselhos e o efetivo policial de outro lado.

Para o presidente Palácios a iniciativa da Polícia Civil foi elogiável. Salientou a importância da interação entre agentes da polícia e a imensurável colaboração que os conselhos, com seus respectivos aspectos técnicos, são capazes de oferecer, também na prevenção e inibição dos crimes ambientais. Esse trabalho vai beneficiar sobremaneira a sociedade.

Elisângela disse que o principal objetivo que moveu a polícia a solicitar a colaboração dos conselhos de profissões regulamentadas foi o fato da polícia querer instrumentalizar a rede ambiental com técnicos agindo como suporte ao trabalho investigativo da polícia.

polícia civil