Plenário do CRCRS homenageia aluna-destaque e vencedor do Prêmio Transparência Universitário

O plenário do CRCRS, em 24 de março, rendeu homenagens à aluna-destaque Morgana Scariot, que obteve a melhor média do curso de Ciências Contábeis da UFRGS, e ao estudante Dielson Mignoni do curso de Ciências Contábeis da UCS – Campus Nova Prata, vencedor do Prêmio Transparência Universitário, promovido pelo Ibracon, com o trabalho intitulado “Relatório do Auditor Independente: Uma Análise do Conteúdo da Opinião de Auditoria de Companhias Abertas do Brasil”. O professor orientador Fernando Andrade Pereira também foi homenageado.

homenagens

Antônio Palácios, Ana Tércia Rodrigues e Morgana Scariot

DSC_0062

Antônio Palácios, Fernando Pereira e Dielson Mignoni

Guaíba é a 13ª cidade do Estado a instalar um Observatório Social

Na noite de 21 de março, na sede do Rotary Club de Guaíba, foi constituída a assembleia de fundação do Observatório Social do município. Na ocasião, foram eleitos o presidente, contador Márcio Schuch Silveira, vice-presidente Técnico do CRCRS, e demais integrantes da diretoria.

Prestigiaram o a cerimônia, Antônio Palácios, presidente do CRCRS e do Observatório Social de Porto Alegre; Ney Ribas, presidente do Observatório Social do Brasil (OSB); Pedro Gabril Kenne da Silva, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS e vice-presidente do OSB; Marco Diniz, presidente do Observatório Social de Gravataí/Glorinha; Lecilda de Souza, secretária de Administração e Recursos Humanos de Guaíba; além de autoridades  locais, representantes de entidades e comunidade local.

O presidente Palácios salientou a importância da criação de observatórios sociais, especialmente neste período pelo qual passa a nação, de necessidade de transparência, controle social  e ações preventivas de controle, envolvendo recursos públicos.

Para Márcio, com a criação do Observatório Social de Guaíba quem ganha é a comunidade, que poderá contar com um órgão de atuação perante a administração pública, no sentido de acompanhar e orientar, entre outros fatores, as licitações e gastos públicos.

Os Observatórios Sociais são formados por voluntários, apartidários, representantes dos mais diversos segmentos da sociedade. Hoje, no Brasil, existem 107 observatórios em 19 estados brasileiros.

DSC_0098

Márcio Schuch Silveira assumiu a presidência do Observatório Social de Guaíba

DSC_0107

Diretoria do Observatório Social de Guaíba

DSC_0163

Antônio Palácios, presidente do CRCRS e do Observatório Social de Porto Alegre

CRCRS participa do lançamento do novo site da Sefaz-RS

O vice-presidente de Registro do CRCRS, Ricardo Kerkhoff, e o coordenador da Comissão de Estudos de Tecnologia da Informação, Flávio Duarte Ribeiro Jr., participaram da inauguração do novo site da Secretaria da Fazenda (Sefaz-RS),  em 21 de março. Autoridades, servidores estaduais e o vice-presidente do Sescon-RS, José Tadeu Jacoby, estiveram presentes ao evento. O lançamento da nova ferramenta, que tem por objetivo oferecer maior transparência, facilidade e simplicidade na prestação de serviço à sociedade, integra a programação do aniversário de 127 anos da Sefaz-RS.

José Tadeu Jacoby, vice-presidente do Sescon-RS; Flávio Duarte Ribeiro Jr., coordenador da Comissão de Estudos de TI do CRCRS; Lucas Jornada, chefe da DTIF/Sefaz-RS e coordenador do projeto de desenvolvimento do novo site; e Ricardo Kerkhoff, vice-presidente de Registro do CRCRS

José Tadeu Jacoby, vice-presidente do Sescon-RS; Flávio Duarte Ribeiro Jr., coordenador da Comissão de Estudos de TI do CRCRS; Lucas Jornada, chefe da DTIF/Sefaz-RS e coordenador do projeto de desenvolvimento do novo site; e Ricardo Kerkhoff, vice-presidente de Registro do CRCRS

Entre as autoridades presentes, participaram do lançamento, a partir da direita: Luis Antônio Bins, secretário-adjunto da Sefaz; Eduardo Lacher, subsecretário-adjunto do Tesouro do Estado; Mário Luis Wunderlich dos Santos, subsecretário-adjunto da Fazenda; Flávio Pompermayer, diretor Técnico da Junta de Coordenação Financeira; Álvaro Fakredin, subsecretário-adjunto e Contador e Auditor-Geral do Estado; e Milton da Costa, supervisor da Supervisão de Desenvolvimento e Qualidade (Sudesq) da Sefaz-RS

Entre as autoridades presentes, participaram do lançamento, a partir da direita: Luis Antônio Bins, secretário-adjunto da Sefaz; Eduardo Lacher, subsecretário-adjunto do Tesouro do Estado; Mário Luis Wunderlich dos Santos, subsecretário-adjunto da Fazenda; Flávio Pompermayer, diretor Técnico da Junta de Coordenação Financeira; Álvaro Fakredin, subsecretário-adjunto e Contador e Auditor-Geral do Estado; e Milton da Costa, supervisor da Supervisão de Desenvolvimento e Qualidade (Sudesq) da Sefaz-RS

Em seu pronunciamento, o secretário-adjunto da Sefaz, Luis Antônio Bins, lembrou que o novo site ainda não está totalmente concluído, e que a contribuição dos profissionais da contabilidade será bem-vinda para que se façam ajustes que permitam aprimorar ainda mais a prestação do serviço.

Secretário-adjunto da Fazenda, Luis Antônio Bins

Secretário-adjunto da Fazenda, Luis Antônio Bins, lembrou a importância da contribuição dos profissionais da contabilidade para aprimoramento do novo site

De acordo com o vice-presidente de Registro do CRCRS, a Secretaria da Fazenda do RS está sendo vanguarda para o Brasil, em termos de tecnologia a serviço da sociedade. “Antes os Estados tinham apenas órgãos de controle, e agora prestam o serviço diretamente para o contribuinte”, destacou Kerkhoff.

O subsecretário adjunto e Contador e Auditor-Geral do Estado, Álvaro Fakredin, apresentou as novas funcionalidades disponíveis na página da Cage

O subsecretário adjunto e Contador e Auditor-Geral do Estado, Álvaro Fakredin, apresentou as novas funcionalidades disponíveis na página da Cage

Para o coordenador da Comissão de Estudos de TI, Flávio Ribeiro Jr., os destaques foram a criação do Núcleo de Atendimento Virtual (NAV), para esclarecimento de dúvidas dos contribuintes; e o Pila$, aplicativo de celular, idealizado pela Cage (Contadoria e Auditoria-Geral do Estado) e desenvolvido em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Sul (Procergs), que permite acompanhar, em tempo real, as despesas e receitas do governo do Estado. O serviço está disponível para sistema Android (4.242 instalações até agora) e iOS (1.447 instalações).

O endereço do novo site da Sefaz-RS é fazenda.rs.gov.br

Parabéns aos formandos em Ciências Contábeis!

O CRCRS parabeniza os estudantes que se destacaram ao longo do curso de Ciências Contábeis e prestigia as solenidades de formatura, por meio de seus representantes, como forma de valorizar a caminhada acadêmica.  Nas formaturas realizadas no mês de março, alguns dos alunos-destaque são: Morgana Scariot (UFRGS – Porto Alegre); Lais Ilha Pinho (Estácio – Porto Alegre); Fernando Cesar Nunes Prates (Ulbra – Cachoeira do Sul); Vanessa Ines Schallenberg (UPF – Carazinho); Franciele Mezzalira (UCS – Farroupilha); Karen Ferreira Zinn (UPF – Lagoa Vermelha); Jéssica Pascoaletto Bernardes (IPA – Porto Alegre); Diogo Krawyk da Cruz (Unifin – Porto Alegre); Tiéle da Silva Wottrich (Unijuí- Ijuí); Charlano Eduardo Dimmer e Alexandro Marion (Unisc – Sobradinho); Caroline da Silva Ramos (Fapa – Porto Alegre); Diana Carine Kereer (Ulbra – Canoas); Henrique Brunh (CNEC – Gravataí); Luana Gasparini (UPF – Soledade); Jocasta Viegas da Silva (Unisc – Montenegro); Andréia Damiani (Anhanguera – Caxias do Sul); Thiago Mattei (UPF – Sarandi); Simion Flor Reinaldo )Unicnec – Osório); Aline Strieder (Iesa – Santo Ângelo); Eduardo Thomaz da Silva Boffil – Pitágoras Unopar – Uruguaiana); Sirlei de Fátima Castelo (Pitágoras Unopar – Caxias do Sul).

Vanessa Schallenberg - UPF Carazinho

Vanessa Schallenberg – UPF Carazinho

Karen Ferreira Zinn - UPF Lagoa Vermelha

Karen Ferreira Zinn – UPF Lagoa Vermelha

Jéssica Pascoaletto Bernardes - IPA - Porto Alegre

Jéssica Pascoaletto Bernardes – IPA – Porto Alegre

Diogo Krawcyk da Cruz - Unifin - Porto Alegre

Diogo Krawcyk da Cruz – Unifin – Porto Alegre

Sirlei de Fátima Castelo - Un

Sirlei de Fátima Castelo – Universidade Pitágoras – Unopar Caxias do Sul

Panambi recebe o primeiro Seminário de Assuntos Contábeis de 2017

Sucesso é a palavra que define o primeiro Seminário de Assuntos Contábeis realizado pelo CRCRS, este ano, na cidade de Panambi. Diante de um público de cerca de 200 pessoas, entre profissionais e estudantes da área contábil, além de autoridades locais e regionais, teve início a cerimônia de abertura, que ocorreu na Associação do Comércio e Industrial, em 17 de março.

público

Cerca de 200 pessoas lotaram o auditório da ACI, onde foi realizado o Seminário de Assuntos Contábeis de Panambi

Manifestaram-se, salientando, especialmente, a necessidade de oportunizar eventos que agreguem conhecimento e promovam a constante capacitação, o delegado regional de Panambi, Getson Dhein; a presidente da Associação dos Contabilistas de Panambi, Márcia Ramos Martins; presidente do CRCRS, Antônio Palácios; e o prefeito de Panambi, Daniel Hinnah.

Getson

Getson Dhien

Márcia

Márcia Martins

Palácios

Antônio Palácios

prefeito

Daniel Hinnah

O Seminário se desenvolveu a partir do painel “Cruzamento de Informações Fiscais, Econômicas e Financeiras: Responsabilidade do Profissional da Contabilidade”, com Rafael Visentini, chefe da equipe de Seleção, Programação e Preparo de Contribuintes da DRF Santo Ângelo, e Mário Karczeski, vice-presidente de Fiscalização do CRCRS, que abordaram as mudanças, evolução dos processos da Receita Federal, operações nacionais que se desencadearam depois de informações cruzadas, contratos profissionais, situações que envolvem os profissionais da contabilidade, delimitações de limites entre profissional da contabilidade e cliente.

Mário

Mário Karczeski

Rafael

Rafael Visentini

A palestra seguinte abordou o “Imposto de Renda sobre o ganho de capitais nas atividades urbana e rural”, com Márcio Silveira, vice-presidente Técnico do CRCRS. Na oportunidade, o contador detalhou instruções normativas que tratam de rendimento bruto, tributáveis, isentos e não tributáveis, rendimentos decorrentes de indenizações e assemelhados, entre outros tópicos, que instigaram a plateia a direcionar perguntas.

Márcio

Márcio Silveira

“Ética como fator de sucesso nos negócios” foi outro tema abordado no Seminário. Ana Tércia Rodrigues, vice-presidente de Gestão, abordou o assunto, enfatizando que ética exige reflexão. Traçou comparações de anos passados com os atuais de situações envolvendo a profissão e o profissional contábil. Lembrou que as situações com maior risco, são aquelas que inspiram menor confiança, são características inversas. Apontou também as influências das mudanças tecnológicas no comportamento das pessoas e nas organizações, além de afirmar que a maneira de se beneficiar da ética é por meio da aplicação do conhecimento,  que, dessa forma, ajudará a tomar melhores decisões. Citou a concorrência, da decore, o aviltamento de honorários e subserviência ao cliente como alguns dos principais problemas éticos da profissão.

Ana Tèrcia

Ana Tércia Rodrigues

Finalizando o Seminário, o vice-presidente de Registro, Ricardo Kerkhoff, palestrou sobre “O profissional da contabilidade na Era Pós-Sped”. Apontou com uns dos objetivos do SPED, promover integração dos fiscos e tornar célere a identificação de ilícitos tributários. Falou ainda do bloco K e das projeções de cenários para os próximos anos.

Ricardo

Ricardo Kerkhoff

Doações

Os alimentos arrecadados em Panambi, por ocasião do Seminário de Assuntos Contábeis, foram doados para a Sociedade Hospital de Panambi.

Ricardo

Responsabilidade social é tema de reunião entre CRCRS e autoridades e representantes de entidades de Panambi e região

Em 17 de março, antecedendo a  cerimônia de abertura do Seminário de Assuntos Contábeis de Panambi, o presidente do CRCRS reuniu-se com autoridades e representantes de entidades locais e da região para expôr as ações de responsabilidades sociais desenvolvidas pelo Conselho, especialmente, no que se refere  a observatórios sociais e destinação do imposto de renda devido ao Funcriança – subprogramas do Programa de Voluntariado da Classe Contábil. Na ocasião, estavam presentes também os vice-presidentes Ana Tércia Rodrigues, Mário Karczeski e Ricardo Kerkhoff.

PVCC

Destinação do IR devido é tema de encontro em Porto Alegre

Ocorreu, durante todo o dia  17 de março, na sede da Famurs, em Porto Alegre, o 3º Encontro de Orientação para Captação de Recursos de Doação de Imposto de Renda de Pessoa Física, promovido pelo CRCRS, por meio da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social, com participação da Comissão de Estudos do Terceiro Setor. O encontro focou na orientação e na capacitação de entidades assistenciais, servidores públicos municipais e voluntários sobre a captação e aplicação de recursos provenientes do imposto de renda devido de pessoas físicas e jurídicas em projetos sociais nos municípios. O evento teve a parceria da Famurs, do Governo do Estado do RS e da Prefeitura de Porto Alegre, por intermédio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Na abertura do evento, o diretor da Escola de Gestão da Famurs, Everaldo Delazeri, lembrou que “a destinação é o caminho para reduzir a criminalidade e melhorar a qualidade de vida”, e destacou a importância da capacitação de os agentes envolvidos na captação e gestão adequadas dos recursos.

Everaldo Delarazeri, diretor da Escola de Gestão da Famurs, ao centro, entre Silwia Greve e José Carlos Mello, integrantes da Comissão de Estudos de Resposabilidade Social do CRCRS

Everaldo Delarazeri, diretor da Escola de Gestão da Famurs, ao centro, entre Silvia Grewe e José Carlos Mello, integrantes da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS, fez a abertura do evento

A seguir, no painel Evolução Histórica do Potencial de IR para Destinar, Importância e Formas de Conscientizar, Mobilizar e Arrecadar – Embasamento Legal e Potencialidade de Arrecadação, os integrantes da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS, Silvia Grewe e José Carlos Mello, lembraram que, apesar de a lei que permite a destinação de parte do imposto de renda devido ao Funcriança já existir há 25 anos e o Fundo do Idoso desde 2011, dados da Receita Federal do Brasil apontam que, no ano de 2015, apenas 4,97% do potencial de recursos disponíveis foram efetivamente captados. Isso representou uma perda de cerca de R$ 318 milhões que poderiam ter sido destinados diretamente aos projetos sociais dos municípios. “É importante ressaltar que a destinação não implica em gastos, pois o valor doado já está incluído no imposto de renda a pagar, explica Silvia Grewe.

Silvia Grewe, coordenadora da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS, abriu o painel da manhã sobre Evolução Histórica do Potencial de IR para Destinar, Importância e Formas de Conscientizar, Mobilizar e Arrecadar - Embasamento Legal e Potencialidade de Arrecadação

Silvia Grewe, coordenadora da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS, abriu o painel da manhã sobre Evolução Histórica do Potencial de IR para Destinar, Importância e Formas de Conscientizar, Mobilizar e Arrecadar – Embasamento Legal e Potencialidade de Arrecadação

Na parte da tarde, a secretária do Trabalho, Desenvolvimento Social, Justiça e dos Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, falou sobre a Campanha Escolha o Destino, desenvolvida pelo governo do Estado do RS. O objetivo da campanha é informar sobre a possibilidade de contribuir com entidades que trabalham para o bem-estar de crianças, adolescentes e idosos, por meio de doações que podem ser deduzidas do imposto de renda devido. “É importante que as prefeituras se conscientizem desse trabalho e acreditem que ele dá resultado”, disse a secretária. Maria Helena Sartori salientou, ainda, a importância da transparência nos dados, para que a população veja que sua contribuição está dando resultado, e afirmou que “é papel do poder público incentivar a população a tornar-se um agente da mudança”.

A secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, falou sobre a Campanha Escolha o Destino, do governo do Estado do RS

A secretária do Trabalho, Desenvolvimento Social, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, falou sobre a Campanha Escolha o Destino, do governo do Estado do RS

Na sequência do evento, foi apresentado o painel Fluxos de Proteção do Funcriança, com apresentação do técnico da secretaria da Fazenda de Porto Alegre, Rogério Portanova Leal, acompanhado de conselheiros do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente. Logo depois, foi a vez da apresentação de Projetos e Resultados de Entidades do Funcriança e Fundo do Idoso, e abertura aos questionamentos da plateia.

O histórico demonstra que, apesar do crescimento das destinações, a captação de recursos ainda está muito aquém do potencial, indicando uma perda de cerca de R$ 30

O histórico demonstra que, apesar do crescimento das destinações, a captação de recursos ainda está muito aquém do potencial, indicando uma perda de cerca de R$ 318 milhões, em 2015