CFC abre audiências públicas de normas para micros e pequenas empresas

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) disponibilizou para audiências públicas, no período de 28 de setembro a 28 de outubro de 2021, duas minutas de Normas Brasileiras de Contabilidade (NBCs): a NBC TG 1001 – Contabilidade para Pequenas Empresas e a NBC TG 1002 – Contabilidade para Microempresas. Além das minutas, há também um questionário disponível, com o propósito de facilitar o envio das contribuições às normas.

Os documentos estão disponíveis para consulta no site do CFC (https://cfc.org.br/tecnica/audiencia-publica/) e na plataforma Participa + Brasil (https://www.gov.br/participamaisbrasil/conselho-federal-de-contabilidade).

Contexto

As duas minutas foram elaboradas a partir da norma vigente – NBC TG 1000 (R1)-Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas – e representam simplificações dessa NBC, que passará a ser denominada Contabilidade para Médias Empresas e terá utilização obrigatória apenas para esse grupo de entidades.

Além disso, quando ocorrer a publicação das novas normas – NBC TG 1001 e NBC TG 1002 – haverá a revogação da Interpretação Técnica Geral (ITG) 1000 – Modelo Contábil para Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, que foi editada, em 2012, com a finalidade de flexibilizar a adoção da NBC TG 1000 (R1).

As novas NBCs deverão ser aplicadas aos trabalhos referentes aos exercícios sociais iniciados a partir de 1º de janeiro de 2023, sendo permitida a adoção antecipada a partir de 1º de janeiro de 2022.

Grupo de Trabalho (GT)

As minutas em audiências públicas são resultados do trabalho de um grupo instituído pelo CFC e composto por Eliseu Martins (SP), Antônio de Pádua Pelicarpo (MG), Mônica Foerster (RS), Marta Cristina Pelucio Grecco (SP), Fábio Moraes da Costa (ES), Mateus Alexandre Costa dos Santos (PB), Felipe Gonçalves Bastos (DF), Éric Aversari Martins (SP) e José Elias Feres de Almeida (ES).

Após realizar 14 reuniões virtuais, o GT chegou ao conteúdo das duas minutas, que trazem uma simplificação na linguagem e uma redução no número de páginas em relação à NBC TG 1000, que é uma norma considerada extensa – tem 194 páginas. Além disso, há algumas alterações de conteúdo em relação à norma vigente, embora a estrutura das minutas mantenha correspondência com a NBC TG 1000 (R1).

NBC TG 1001 – Contabilidade para Pequenas Empresas

Nesta minuta, são consideradas Pequenas Empresas (PEs) as sociedades com receita bruta anual na faixa de R$ 4,8 milhões a R$ 78 milhões.

O objetivo das demonstrações contábeis de PEs, segundo consta no documento em audiência pública, “é apresentar informações quantitativas sobre a posição patrimonial e financeira (balanço patrimonial), o desempenho (resultado) e os fluxos de caixa da entidade, bem como informações qualitativas em notas explicativas e relatórios adicionais que sejam úteis para a tomada de decisão dos seus usuários”.

Ainda segundo a minuta, “o conjunto das Demonstrações Contábeis tratado nesta Norma, incluindo as notas explicativas, é elaborado para fins gerais pelo Regime de Competência (exceto o fluxo de caixa), com base nos eventos e decisões ocorridos dentro de um período específico ou exercício social e tem por objetivo apresentar informações úteis e de uso geral para diversos usuários”.

Esta minuta possui 47 páginas.

Conheça o conteúdo da NBC TG 1001 e participe da audiência.

NBC TG 1002 – Contabilidade para Microempresas

São consideradas Microempresas (MEs), para fins desta NBC, as sociedades com receita bruta até R$ 4,8 milhões por ano.

O objetivo das demonstrações contábeis de MEs “é apresentar informações quantitativas sobre a posição financeira (balanço patrimonial), o desempenho (resultado) e fluxos de caixa da entidade”.

Com 16 páginas, esta minuta traz a contabilidade simplificada, porém essencial às microempresas.

Acesse o documento em audiência pública: NBC TG 1002.

Opine aqui – Questionário

Além dos documentos convencionais de audiência pública, desta vez os participantes também podem expressar sua opinião por meio de um questionário específico sobre as normas.

Disponível na página “Opine Aqui” da plataforma Participa + Brasil, o questionário está aberto aos interessados, que poderão responder a perguntas direcionadas e suas respostas servirão para auxiliar na elaboração final das duas normas.

O principal objetivo do questionário é recepcionar opiniões sobre conceitos centrais anteriormente apresentados na NBC TG 1000 (R1) – Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas, agora segregados e em maior nível de detalhamento nas minutas da NBC TG 1001 e da NBC TG 1002.

Acesse o questionário.

Fonte: Comunicação CFC

CRCRS inaugura nova sede: uma história contada com pessoas, protagonismo e patrimônio.

Em 28 de setembro, às 18h, teve início a cerimônia de inauguração da nova sede do CRCRS, localizada no bairro Petrópolis. Foi uma solenidade híbrida, singela, com limitação do número de pessoas, cumprindo todas as normas sanitárias e com transmissão pela TV CRCRS – YouTube – um momento marcado por um sentimento geral de orgulho da profissão, de pertencer a uma classe contábil organizada, atuante e de vanguarda.

Na abertura, foi exibido um vídeo, resgatando os locais que sediaram o CRCRS, desde sua criação, há 74 anos. Em seguida, foram apresentadas as instalações da atual sede, dentro de uma proposta contemporânea, de estrutura corporativa moderna, contemplando os aspectos de economicidade, sustentabilidade e acessibilidade.

Dois ícones da classe contábil gaúcha foram homenageados: Antônio Carlos de Castro Palácios, presidente do CRCRS no período de 2014 a 2017, e Paulo Walter Schnorr, vice-presidente de 2006 a 2013. O auditório, localizado no mezanino da loja, recebeu o nome do ex-presidente, falecido em 2019; e o elevador de acesso ao auditório foi denominado com o nome do ex-vice-presidente (também falecido em 2019), que nunca permitiu que sua restrição física o impedisse de atuar fortemente pela classe contábil, em uma demonstração de que a paixão pela profissão não tinha limites.

Presidente Ana Tércia, sr.ª Emilia Palácios e vice-presidente Celso Luft

Presidente Ana Tércia, sr.ª Eleni Schnorr e o presidente do CFC, Zulmir Breda

Na oportunidade, em um gesto de carinho e reconhecimento, as esposas dos homenageados, Emília Palácios e Eleni Schnorr, receberam flores da presidente Ana Tércia, juntamente com o vice-presidente de Gestão, Celso Luft, e com o presidente do CFC, Zulmir Breda.

Presidente do CRCRS, Ana Tércia L. Rodrigues

Emocionada, a presidente Ana Tércia iniciou sua manifestação com o poema Tempo de Travessia, de Fernando Teixeira de Andrade: “Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.”

Ao saudar os presentes, a presidente salientou a importância para a classe contábil de contar com diversas autoridades prestigiando a solenidade, como o representante do Executivo municipal, na pessoa do vice-prefeito, Ricardo Gomes, e o parlamento municipal, com o comparecimento de tantas vereadoras e vereadores, dentre outras representações políticas. Agradeceu o apoio do presidente do CFC, Zulmir Breda, à gestão e ao projeto de aquisição da nova sede, e lembrou a participação voluntária dos integrantes da família CRCRS – colaboradores, conselheiros, vice-presidentes, delegados representantes, coordenadores e integrantes das Comissões de Estudos, bem como todos aqueles que, com ou sem vínculo empregatício, dedicam parte de seu tempo e sua energia às causas da classe contábil.

“CRCRS, uma história contada com pessoas, protagonismo e patrimônio” foi o lema escolhido para esse evento. “Somos a Contabilidade, a ciência do patrimônio. Portanto, para nós, o patrimônio importa e muito. É a razão pela qual a nossa profissão existe. Mas, o que seria do patrimônio sem as pessoas? O patrimônio existe para e pelas pessoas. Portanto, eu vou falar dessas pessoas e dos seus protagonismos”, disse a presidente Ana Tércia, falando sobre os últimos 30 anos de sua vida que foram também o período no qual vivenciou as gestões de oito presidentes. Rememorou reminiscências das relações de Ivan Carlos Gatti, Valério Geraldo Baum, Olivio Koliver, José João Appel Mattos, Enory Luiz Spinelli, Rogério Rokembach, Zulmir Breda e Antônio Palácios com seus colaboradores, passagens que contribuíram para escrever a história do CRCRS.

Ana Tércia reiterou o desejo de promover desenvolvimento contábil sustentável, preservando recursos para as próximas gerações, ao melhor estilo ESG – sustentabilidade ambiental, social e de governança corporativa, em um futuro no qual cada profissional seja protagonista da sua própria história e ajude as pessoas físicas, empresários, sociedade e governo a atuarem nas suas melhores performances.

Diretor Executivo do CRCRS, Ricardo Vitória

A seguir, o diretor Executivo do CRCRS, Ricardo Vitória, falou sobre as seis sedes do CRCRS, em cujas estruturas físicas dirigentes, lideranças, parceiros e centenas de colaboradores compartilharam emoções e muitas conquistas pessoais e para a classe, ao longo dos 74 anos da história do Conselho. Na sede da Baronesa do Gravataí, inaugurada pelo presidente Olivio Koliver, em 1981, a entidade permaneceu por mais de 35 anos, até o advento do temporal que se abateu sobre Porto Alegre, em 29 de janeiro de 2016. Conta que “não foi fácil ser um dos primeiros a se deparar com o ambiente de destruição e desordem que encontramos naquele sábado. Entretanto, o amor pela entidade foi determinante para que vencêssemos todas as adversidades e tomássemos medidas emergenciais para minorar os danos materiais causados à estrutura e estancar a perda de informações e documentos físicos.”

Ricardo Vitória acompanhou os esforços da gestão do presidente Palácios para avaliar as possibilidades de reconstrução daquela sede, aquisição ou construção de outro imóvel. Mas, foi na gestão da presidente Ana Tércia, a partir da definição de um novo conceito para a sede, que o CRCRS avançou, com a publicação de um edital de chamamento público, o qual, de maneira legal, impessoal e observando o princípio da publicidade, atraiu a atenção de proponentes e conseguiu adquirir a sede hoje inaugurada, com o orgulho de oferecer estrutura corporate e custos compartilhados.

Finalizando a sua manifestação, o diretor Executivo homenageou o colaborador Gomercindo Pereira da Silva, que atua no Conselho desde 13 de agosto de 1976. São 45 anos de dedicação ao CRCRS, desde a sede da rua General Câmara, no Centro Histórico da capital.

Presidente do CFC, Zulmir Breda

O presidente do CFC, Zulmir Breda, classificou a conquista da nova sede como fruto de um trabalho de muito tempo, que a classe contábil gaúcha vem desenvolvendo. Narra que há 40 anos, em 21 de agosto de 1981, foi inaugurada a sede da Baronesa do Gravataí, um grandioso acontecimento, com a presença de muitas autoridades. Era a primeira vez que os profissionais da contabilidade do Estado passavam a contar com uma sede com estrutura adequada às suas necessidades. Na oportunidade, o Conselho Federal realizou uma reunião plenária na nova sede. O presidente do CFC era o contador Nilo Gazire e o vice-presidente era o gaúcho João Verner Juenemann. “É importante fazer esse resgate para vermos que, ao longo do tempo, muitos líderes da nossa classe se empenharam para que nós tivéssemos condição de estarmos hoje aqui, inaugurando essa nova sede belíssima, com tudo aquilo que precisamos para bem representar a classe contábil gaúcha”, afirmou Zulmir Breda.

Vice-prefeito de Porto Alegre, Ricardo Gomes, e presidente do CRCRS, Ana Tércia L. Rodrigues

O vice-prefeito Ricardo Gomes também se manifestou observando a força da classe contábil, expressa na representação robusta da Câmara Municipal presente à solenidade. Referiu-se aos serviços prestados pelos profissionais da Contabilidade como um sinal de excelência da capital e reconheceu a essencialidade da profissão que não parou durante a pandemia. “O que seria da gestão pública e da gestão privada se não fosse a classe dos contadores e sua capacidade não só de enxergar os números, mas a inteligência para interpretá-los e, a partir deles, apontar caminhos?” perguntou o vice-prefeito, afirmando que a nova sede não só atende aos profissionais, como contribui para acolher as necessidades de toda a sociedade.

Lembrou, ainda, que não raras vezes a prefeitura solicitou a colaboração do CRCRS para qualificar a legislação e as normativas do município.

Presidentes Ana Tércia, do CRCRS, e Zulmir Breda, do CFC, com a vereadora Lourdes Sprenger, representando a presidência da Câmara Municipal de Porto Alegre

Encerrando a cerimônia de inauguração da sede, os presidentes Zulmir Breda e Ana Tércia, acompanhados da vereadora Lourdes Sprenger, representando a presidência da Câmara Municipal de Porto Alegre, descerraram a placa na qual consta o lema: “Uma história contada com pessoas, protagonismo e patrimônio”.

Presidentes do CRCRS, Zulmir Breda (2010-2013); Ana Tércia L. Rodrigues (2018-2021); João Verner Juenemann (1974-1975); e Enory Luiz Spinelli (2002-2005)

Também presentes à solenidade a diretora de Finanças da Defensoria Pública do Estado, Eliane Hampe; os presidentes do Sescon-RS, Célio Levandovski; do Sescon Serra Gaúcha, Joacir Reolon; e do Ibracon – 6ª Região, Paulo Alaniz; o vice-presidente da Fecontábil, Sandoval dos Santos; os ex-presidentes do CRCRS: João Verner Juenemann (1974 e 1975), Enory Luiz Spinelli (2002 a 2005), Rogério Rokembach (2006 a 2009) e Zulmir Breda (2010 a 2013); o presidente do Banco do Alimentos, Paulo Renê Bernhard; os vereadores de Porto Alegre, Airto Ferronato, Bruna Rodrigues, Comandante Nádia e o ex-vereador João Carlos Nedel; a representante do Sistema Sescoop/Ocergs e coordenadora da Comissão de Estudos do Sistema Cooperativo do CRCRS, Andreza Mainardi; os vice-presidentes, conselheiros, ex-conselheiros, integrantes do Conselho Diretor do CRCRS e representantes de entidades de classe. Também participaram de forma presencial o diretor de Negócios da Safeweb Luciano Schewe; o diretor Operacional da Prosoft, Paulo Augusto Kryvoruchka; o ex-diretor do CRCRS, Luiz Mateus Grimm; a profissional da contabilidade com o registro nº 100 mil, Maria Isolina Dorneles; o delegado representante com o registro mais antigo na Região Metropolitana, José Inácio Bresolin; o profissional-destaque no Exame de Suficiência, Rafael Farias dos Santos; e a aluna-destaque do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Monteiro Lobato, Luana Teixeira, além dos colaboradores do CRCRS.

Conselheiros do CRCRS

O evento foi transmitido pela TV CRCRS no YouTube, que registrou uma assistência de mais de 700 pessoas, entre elas, o controlador auditor-geral da CAGE-RS, Rogério Meira; o diretor de Controle e Fiscalização do TCE-RS, Everaldo Ranincheski, representando o presidente do TCE-RS, Estilac Xavier; os prefeitos de Santa Maria, Jorge Pozzobom, e de Estrela, Elmar Schneider; o deputado estadual Carlos Búrigo; o presidente nacional do Ibracon, Valdir Coscodai; o presidente do CREMERS, Carlos Isaia Filho; a coordenadora do IBGC Sul, Michelle Sqeff; a presidente do CRPRS, Ana Luiza de Souza Castro; o presidente do CRBM-5, Renato Minozzo; os presidentes dos Conselhos Regionais do Sistema CFC/CRCs: CRC Pernambuco, Maria Dorgivânia Arraes Barbará; CRC Rio de Janeiro, Samir Nehme; e CRC Goiás, Rangel Francisco Pinto; além de conselheiros e ex-conselheiros do CRCRS; do presidente do Sindicontábil Vale do Sinos, Paulo Roque Luiz; dos detentores da Medalha Ivan Carlos Gatti; dos integrantes e coordenadores das Comissões de Estudo do CRCRS; dos presidentes e demais representantes de entidades da classe contábil; delegados representantes do CRCRS; profissionais da área contábil; e colaboradores do CRCRS.

Ambiente moderno e conceito contemporâneo

O CRCRS, desde 30 de julho de 2020, está instalado em sua nova sede, desenhada dentro de um conceito corporativo moderno, baseado em uma nova cultura de economicidade, alinhada às necessidades atuais e futuras da classe contábil e da entidade.

O funcionamento, desde então, mantém-se dentro das normas sanitárias de prevenção à covid-19. Agora, com a redução do número de casos da doença e com a consequente flexibilização das regras de combate à pandemia, foi possível realizar a cerimônia de inauguração da nova casa dos profissionais da contabilidade do Estado.

Com três pavimentos e uma loja, com auditório, no andar térreo, as novas instalações têm modernos padrões de acessibilidade e segurança. O acesso ao atendimento ao público se dá pela Av. Senador Tarso Dutra, 170, loja 101; e o setor administrativo, pela Rua Gutemberg, 151 – andares 11º, 13º e 14º – bairro Petrópolis.

Contador Antônio Carlos de Castro Palácios

Antônio Carlos de Castro Palácios nasceu em Porto Alegre, em 26 de junho de 1952.

Formou-se em Ciências Contábeis na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Também era graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Foi sócio-proprietário da Palácios & Cia Auditores Independentes e, posteriormente, da Baker Tilly Brasil RS – Auditores Independentes.

Foi participativo e atuante em entidades da classe contábil do Estado. Presidiu o Ibracon – 6ª Regional, por quatro gestões, no período de 1996 a 2008.

No Conselho Regional de Contabilidade do RS, ingressou em 1998, como conselheiro suplente; em 2006, foi eleito conselheiro titular e, em seguida, foi destacado para assumir a vice-presidência Técnica (2008 a 2011) e a vice-presidência de Gestão (2012 a 2013), até que, em 2014, chegou à presidência da entidade, onde permaneceu até 2017.

Foi reconhecidamente uma referência dentro da Contabilidade. Profissional ético, competente e inovador. Deixou um grande legado por onde passou.

Foi casado com Emília Terezinha do Nascimento Palácios, com quem teve dois filhos, André e Céli.

O contador Antônio Palácios nos deixou em 02 de julho de 2019.

Paulo Walter Schnorr

Nasceu em primeiro de novembro de 1953, em São Leopoldo.

Cursou Ciências Contábeis na Unisinos. Profissional de reconhecida competência, contribuiu de forma relevante e expressiva para o engrandecimento e valorização da classe contábil.

O conselheiro Paulo Schnorr teve atuação destacada no CRCRS e no CFC. No Conselho do RS, foi membro de Câmaras Técnicas e Comissões, ocupou três vice-presidências em quatro gestões: de Controle Interno, de Fiscalização e Técnica.

No Conselho Federal de Contabilidade, participou ativamente de Grupos de Trabalho e da Comissão para o Estudo de Revisão da IFRS para Pequenas e Médias Empresas, para Criação e Regulamentação da Carta de Responsabilidade da Administração, da Elaboração do Livro Escrituração Contábil Simplificada para Micro e Pequena Empresa e da edição do Manual sobre Super Simples, além de integrar a Assessoria Especial da Vice-Presidência Técnica do CFC.

O contador Paulo Schnorr nos deixou em 09 de agosto de 2019.

Confira a cerimônia de inauguração da nova sede do CRCRS, na TV CRCRS – YouTube. 

CRCRS cumprimenta os formandos do mês de setembro

Como forma de acolher os novos profissionais da contabilidade que chegam ao mercado de trabalho, o CRCRS participa das solenidades de formatura em Ciências Contábeis, em todo o Estado, por meio de seus representantes. Para valorizar a caminhada acadêmica, o Conselho confere Diploma de Mérito aos alunos que se destacam, alcançando as maiores médias ao longo do curso. Neste mês de setembro, foram agraciadas com a distinção as alunas-destaque GABRIELA MAGALSKI RUBIN, da URI, campus Frederico Westphalen; e KATIELLE ALVES KENIZ, da Cesuca, de Cachoeirinha, DANIELA GRIESBACH SPRANDEL, da Unisc, de Montenegro.

Conselheiro Osmar Bonzanini entregou o Diploma de Mérito à aluna-destaque Gabriela Magalski Rubin, da URI, campus Frederico Westphalen, na cerimônia de colação de grau realizada em 4 de setembro

Diploma de Mérito foi entregue pelo conselheiro Martin Lavies Spellmeier à aluna-destaque Katielle Alves Keniz, em 4 de setembro, durante colação de grau da Cesuca, de Cachoeirinha

Conselheiro Martin Lavies Spellmeier entregou mensagem do CRCRS aos formandos, na cerimônia da Cesuca, de Cachoeirinha

A aluna-destaque Daniela Griesbach Sprandel, da Unisc de Montenegro, recebe o Diploma de Mérito das mãos do vice-presidente de Controle Interno, Vilson Fachin, na solenidade de formatura, em 27 de setembro

CRCRS comemora Dia do Contador com lançamento do Programa Contador Parceiro e palestras sobre LGPD e segurança na internet

22 de setembro, Dia do Contador, dia de abrir novas perspectivas na profissão!

Para celebrar a data de modo muito especial, o CRCRS brindou os profissionais e estudantes com dois importantes eventos: o lançamento do Programa Contador Parceiro – Construindo o Sucesso, em conjunto com o Sebrae e o Conselho Federal de Contabilidade, e as palestras “Segurança na internet” e “LGPD: impactos e oportunidades para os profissionais da Contabilidade”.

O lançamento do programa Contador Parceiro contou com as presenças da presidente do CRCRS, Ana Tércia L. Rodrigues; do vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC, Aécio Prado Dantas Júnior; da coordenadora do Comitê Gestor Nacional do Programa e presidente do CRCPE, Maria Dorgivânia Arraes Barbará; da vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCRS, Tatiani Margutti Brocca  Pedrotti; e do diretor superintendente do Sebrae-RS, André Vanoni; além da coordenadora nacional do Programa Contador Parceiro do Sebrae Nacional, Graziele Vilela, e das analistas de Desenvolvimento e Curadoria de Produtos e de Credenciamento, respectivamente, Gabriela Paiva Vilarinho e Andréia Keenan, ambas do Sebrae-RS.

Ao saudar os participantes do evento, a presidente Ana Tércia falou sobre a importância da parceria com o Sebrae para implementar bons projetos, que criam oportunidades para melhorar a performance dos profissionais no seu cotidiano de trabalho. Segundo ela, estar à frente do CRCRS em um momento tão desafiador, que coloca a classe contábil no epicentro desse turbilhão de mudanças, é motivo de alegria e orgulho. “A contabilidade é uma ciência no centro do ambiente de negócios, voltada a contribuir com a saúde das empresas”, considerou.

O Programa Contador Parceiro – Construindo o Sucesso vem para abrir novas perspectivas para profissionais da contabilidade e empreendedores, em especial, de micro e pequeno porte, por meio da capacitação de profissionais de todo o País, para atuarem na rede de atendimento Sebrae. A iniciativa tem como meta, até abril de 2023, qualificar cem mil profissionais da área em temas como gestão, empreendedorismo e inovação.

André Vanoni de Godoy, diretor Superintendente do Sebrae-RS, destacou a importância da data avaliando que os contadores são fundamentais para a sobrevivência dos pequenos negócios. “Essa parceria é de suma relevância por criar uma trilha de capacitação on-line e gratuita para esses profissionais, que passam a integrar uma rede estendida de consultoria, tornado-se referência para os empreendedores”, explica.

Aécio Prado Dantas Júnior, vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC e Maria Dorgivânia Arraes Barbará, coordenadora do Comitê Gestor Nacional do Programa e presidente do CRCPE, idealizadores do programa, comemoraram o lançamento, fruto da parceria entre as entidades, com a chegada a um novo patamar de capacitação profissional.

O entendimento da essencialidade da profissão contábil foi reforçada por Aécio Dantas Júnior, que lembrou a campanha que vem sendo veiculada pelo Sistema CFC/CRCs, em veículos de comunicação de todo o País, com o objetivo de evidenciar perante a sociedade a importância do profissional da Contabilidade. “Somos essenciais para empresas de todos os portes; para os produtores rurais; para o trabalho do Judiciário, por meio dos inúmeros peritos contábeis; para a gestão pública, no bom direcionamento dos recursos públicos e contribuindo para a transparência das contas públicas, entre outras inúmeras atividades das administrações pública e privada, o que exige que estejamos capacitados a atuar como consultores”, frisou. Essa ampla capacitação de múltiplas habilidades é o que objetiva a trilha de conhecimentos desenvolvida no Programa Contador Parceiro, ao alcance de todos os profissionais, de forma totalmente on-line e gratuita.

Entusiasmada com as possibilidades abertas pelo Programa, a coordenadora do Comitê Gestor Nacional, Maria Dorgivânia Arraes Barbará, ressaltou as condições oportunizadas pelo Contador Parceiro para o desenvolvimento de novas habilidades e competências, que nem sempre são trabalhadas durante a formação acadêmica ou no cotidiano da profissão. “O programa está totalmente voltado para a gestão por meio de novas ferramentas tecnológicas, se convertendo em uma oportunidade para mudar o rumo da vida dos profissionais”, pondera.

Durante o evento, foram apresentados os Editais de Credenciamento do Sebrae, onde os consultores se inscrevem para prestar consultoria aos empreendedores, e a Plataforma Unio, portal de serviços onde os consultores podem se cadastrar e interagir diretamente com seus clientes. De acordo com André Vanoni de Godoy, trata-se de uma plataforma muito robusta, com expectativa de assumir grande importância no estabelecimento da conexão entre consultores e o exército de empreendedores ávidos por orientação adequada para o desenvolvimento de seus negócios.

Segurança na internet

Na sequência, Henrique Mezzomo Schneider e Vagner Christ, respectivamente CEO e sócio da Netfive, empresa especializada em segurança da informação, ministraram a palestra “Segurança na internet”. Além de dados sobre o registro de ocorrências, os especialistas apresentaram dicas valiosas sobre os comportamentos a serem adotados no cotidiano de trabalho a fim de evitar invasões, tanto em contas pessoais como nos sistemas de empresas.

 

LGPD: Impactos e Oportunidades para os Profissionais da Contabilidade

No final da tarde, foi a vez de abordar um dos temas que mais tem exigido atenção, na atualidade: a Lei Geral de Proteção de Dados. A palestra “LGPD: Impactos e Oportunidades para os Profissionais da Contabilidade” foi ministrada pelo presidente do Conselho de Administração da Safeweb e membro titular do Comitê Gestor do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, Luiz Carlos Zancanella, com moderação da vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCRS, Tatiani Margutti Brocca Pedrotti.

 

Em sua explanação, Zancanella esclareceu tópicos como o que são dados pessoais e dados sensíveis; o que é tratamento de dados; os objetivos da LGPD e os direitos dos titulares dos dados, entre outros aspectos, como segurança da informação e observação da conformidade com a Lei. Acesse a TV CRCRS, YouTube e confira também as orientações específicas para procedimentos em escritórios contábeis.

Os eventos foram transmitidos pela TV CRCRS e pela Plataforma Teams, sendo que as palestras foram pontuadas e certificadas para o Programa de Educação Profissional Continuada (PEPC).

 

 

Receita Estadual publica material sobre o funcionamento do atendimento

Usuários podem solicitar serviços e esclarecer dúvidas de maneira totalmente virtual, sem necessidade de deslocamento até uma unidade da Receita

Visando facilitar o entendimento dos usuários e contribuir para o uso ideal das ferramentas de atendimento, sobretudo em decorrência das mudanças impostas pela pandemia, a Receita Estadual publicou em seu site um material que detalha o atual funcionamento do atendimento aos públicos (clique aqui e confira). Desde o início da crise sanitária da Covid-19, uma série de medidas foram adotadas e a Instituição passou a esclarecer dúvidas e prestar todos os serviços de maneira virtual, acelerando o processo de digitalização que já estava previsto, por exemplo, na agenda Receita 2030 (30 medidas para modernização da administração tributária gaúcha). Dessa forma, a recomendação é utilizar os canais disponíveis no site www.receita.fazenda.rs.gov.br.

Para solicitar a prestação de serviços, o usuário deve utilizar o Portal Pessoa Física, se for Pessoa Física, ou o Portal e-CAC, se for Pessoa Jurídica. As duas ferramentas permitem a criação de protocolos eletrônicos que podem ter o respectivo status acompanhado em tempo real pelo solicitante, sem sair de casa. Residualmente, para eventuais serviços não abrangidos nos Portais, há também a possibilidade de uso de e-mails de contingência, conforme a região do usuário. Serviços que tenham a necessidade de entrega física de documentos deverão ser previamente agendados, conforme orientações no serviço Agendamento para atendimento presencial. As orientações para todos os serviços estão disponíveis na Carta de Serviços e no menu “Serviços e informações”, no site da Receita Estadual.

Já nas situações em que o usuário precisa esclarecer dúvidas, o canal a ser utilizado é o Plantão Fiscal Virtual (Fale Conosco), que também é acessado no site da Instituição. Além disso, o fisco gaúcho disponibiliza um canal para consulta de Dúvidas Frequentes, evitando a abertura de demandas que já estão detalhadas previamente no local.

Receita 2030: Nova Política de Relacionamento com o Cidadão

Os avanços estão inseridos no contexto da agenda Receita 2030, que estabelece 30 iniciativas para modernização da administração tributária gaúcha. Os principais focos são promover a transformação digital do fisco, a simplificação extrema das obrigações dos contribuintes, a melhoria do ambiente de negócios, o desenvolvimento econômico e a otimização das receitas estaduais.

Uma das medidas estabelecidas é a chamada “Nova Política de Relacionamento com o Cidadão”. O objetivo é estabelecer um relacionamento com foco na ampliação dos serviços digitais, na melhoria da comunicação com o cidadão e na facilitação do acesso à informação e do cumprimento de obrigações. São esperados como resultados mais padronização, qualidade e agilidade na prestação de serviços, estabelecendo uma nova forma de se relacionar com o contribuinte e com toda a sociedade.

Diversas ações já foram desenvolvidas, como por exemplo a migração de serviços exclusivamente presenciais para a internet, a redução de prazos de atendimento e a simplificação e a desburocratização de procedimentos. No mesmo sentido, várias outras medidas ainda estão em fase de planejamento ou execução, como melhorias no atendimento virtual e em aplicativos móveis, uso de inteligência artificial no atendimento e qualificação dos canais de relacionamento e serviços.

Clique aqui e confira o folder informativo sobre o funcionamento atual do atendimento da Receita Estadual.

Clique aqui e confira uma planilha interativa com orientações para solicitar um serviço conforme o assunto demandado. Acesse também a Carta de Serviços disponível no site.

Clique aqui e saiba mais sobre o funcionamento do atendimento da Receita Estadual.

Fonte: Receita Estadual do RS

CFC celebra Dia do Contador ressaltando a essencialidade desses profissionais para o país

Para marcar as comemorações do Dia do Contador, celebrado em 22 de setembro, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) preparou um vídeo que ressalta a essencialidade desse profissional para o desenvolvimento socioeconômico do país. Nele, o presidente do CFC, Zulmir Breda, se dirige aos mais de 364 mil contadores de todo o território nacional para destacar a importância da atuação dessa categoria para a manutenção da sustentabilidade das empresas, de todo tipo e porte, e na melhoria do ambiente de negócios do Brasil.

Além da essencialidade do contador, o presidente também fala dos atributos pessoais necessários ao exercício dessa profissão altamente técnica e amplamente regulada. “Temos como dever exercer nossa profissão com eficiência, ética, integridade, dedicação e amor. E são essas as virtudes que nos tornam essenciais”, afirma.

Zulmir Breda finaliza a mensagem agradecendo e parabenizando a esses profissionais que atuam com diligência e contribuem de modo incansável para o crescimento sustentável desta nação.

A íntegra da mensagem de celebração do Dia do Contador pode ser vista logo abaixo.

Fonte: Comunicação CFC

22 de setembro – Dia do Contador: profissional essencial para o desenvolvimento da sociedade

Dia 22 de setembro marca o Dia do Contador, profissão que reúne quase 520 mil profissionais em todo o País, sendo cerca de 38 mil somente no Rio Grande do Sul. Presentes na vida de todas as empresas, desde os microempreendimentos individuais, até os grandes conglomerados transnacionais, os contadores ocupam, cada vez mais, posições estratégicas nas empresas, fornecendo informações relevantes para a tomada de decisão dos gestores.
Em todos os segmentos em que atua, esse profissional se caracteriza pela busca incessante pela evolução, cujo perfil alia habilidades para o uso da tecnologia de ponta com o relacionamento com pessoas, como requer a Contabilidade, que é uma ciência social.

Confira, no vídeo abaixo, a mensagem da presidente Ana Tércia L. Rodrigues aos contadores pela passagem do seu dia.

Vêm aí a XXXIV Conferência Interamericana de Contabilidade e a XVIII Convenção de Contabilidade do RS: dois eventos tradicionais realizados em conjunto.

Simplesmente Imperdível!

De 19 a 21 de outubro, a capital dos gaúchos vai sediar o maior evento da Contabilidade da América Latina de 2021: a XXXIV Conferência Interamericana de Contabilidade (CIC) e a XVIII Convenção de Contabilidade do RS (CCRS) – ambos eventos tradicionais e já consagrados pela alta qualidade de conteúdo sempre apresentado e pelos renomados palestrantes que são convidados a participarem. Serão realizados em conjunto, em formato híbrido, sob o lema “Contabilidade e Tecnologia – Aliança para o Desenvolvimento das Nações”, e estruturados em cinco ecossistemas inter-relacionados: Futurismo Contábil, Liderança e Desenvolvimento Humano, Protagonismo Político e Institucional, Sustentabilidade ESG e Tecnologia e Criatividade.
O evento dispõe de 800 vagas presenciais e um número ilimitado on-line.
A XVIII CCCRS e a XXXIV CIC acontecerá no Salão de Atos da PUCRS, em Porto Alegre.

Programação
Confira, em cic-ccrs.com, o elenco de palestrantes de renome nacional e internacional. As palestras magistrais estão a cargo dos inigualáveis Carol Paiffer, Nilton Bonder, Tony Ventura e Martha Gabriel.
O evento contará também com o stand up show inédito do “Contador Revoltado”, ou seja, o digital influencer Lucas Presa – sucesso de público, com suas reflexões mal-humoradas (sempre com muito bom humor), sobre a rotina dos profissionais da contabilidade.
Trabalhos Técnicos
Um evento desse porte e nível, que pretende fazer com que os participantes mergulhem em conhecimento durante três dias, não poderia deixar de apresentar os trabalhos técnicos, com propostas em onze áreas temáticas. Aos melhores trabalhos interamericano e nacional, serão conferidos, respectivamente, os prêmios Roberto Casas Alatriste, em homenagem a um grande líder contábil mexicano, e Olívio Koliver – AIC, destacado líder da Contabilidade brasileira.
Feira de Negócios
Repleta de novidades, a Feira de Negócios, instalada em ambiente virtual, permitirá visitas aos estandes até 31 de outubro. Para tanto, basta acessar cic-ccrs.com/feira-de-negocios. Importante, para a visita on-line, não há necessidade de inscrição.
A Feira de Negócios também poderá ser visita de forma presencial, durante os dias do evento, no saguão do Salão de Atos da PUCRS.

Movimento Gaúchos Unidos pela Vacina arrecada mais de R$ 1 milhão em doações para 270 municípios gaúchos

Iniciativa, que teve como objetivo acelerar o processo de vacinação no Rio Grande do Sul, apresentou resultados nesta quarta-feira (15), em evento institucional

Mais de R$ 1,1 milhão entregues para 270 municípios a partir da aquisição e da distribuição de 1.898 caixas térmicas equipadas com termômetro à prova d’água e capacidade de 15 litros, 428 caixas de bobinas contendo 16 unidades de gelo rígido cada, 46 freezers horizontais de 534 litros e 40 câmaras de conservação de vacina de 120 litros. Esses são alguns dos resultados da união entre empresas, entidades e veículos do Rio Grande do Sul a partir da articulação estadual do movimento Unidos pela Vacina. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15), durante evento institucional para apresentar resultados, agradecer parcerias e marcar o encerramento da atividade local.

Para chegar a esses números, a iniciativa contou com doações de Yara Brasil, Instituto Gerdau e Instituto Helda Gerdau Johannpeter, divididas em duas grandes entregas. A última delas foi anunciada durante o evento: serão R$ 606 mil distribuídos para 29 regiões do Estado, contemplando 262 municípios. Com os recursos, o Instituto Cultural Floresta (ICF), que é o responsável no Estado por conectar empresas doadoras e regiões amadrinhadas, adquiriu itens fundamentais para a conservação e o transporte das vacinas contra o coronavírus. A Brigada Militar e a empresa Corelog Logística contribuíram com o armazenamento e as entregas dos materiais.

– A vacinação é importante para trazer um pouco mais de normalidade, permitir que nós voltássemos a ter um dia a dia com a economia funcionando, com as pessoas circulando e com empregos sendo gerados. Esse era nosso objetivo: trabalhar para que a vacina chegasse o mais rápido possível para todos – afirmou o presidente do Conselho Consultivo do ICF, Claudio Goldsztein, durante o encontro.

O Unidos pela Vacina foi idealizado pelo Grupo Mulheres do Brasil, presidido pela empresária Luiza Trajano, e reúne empresários e entidades de todo o país. O foco principal é identificar obstáculos em cada um dos municípios do Brasil que possam atrasar a vacinação, como problemas de logística, transporte e armazenamento da vacina, contribuindo com o Programa Nacional de Imunização, liderado pelo governo federal, e com estados e municípios. Para isso, um levantamento foi realizado no Rio Grande do Sul para mapear os gargalos à vacinação. A pesquisa foi enviada para os 497 municípios gaúchos e, desses, 277 responderam fazendo solicitações de auxílio – 39​ foram beneficiados na primeira entrega e 262 receberão as doações a partir desta quarta-feira (15), sendo que 31 cidades foram contempladas nas duas ações.

A primeira entrega da mobilização foi realizada em 28 de junho, com uma doação de meio milhão de reais da Yara Brasil. Com a ação, municípios das regiões de Porto Alegre, Pelotas e Cruz Alta tiveram atendidas suas demandas de itens relacionados com armazenamento e logística dos pontos de vacinação com o envio de 725 unidades de caixas térmicas equipadas com termômetro a prova d’água e capacidade de 15 litros.

– Nós, junto com o Ministério da Saúde e com as Secretárias Estadual e Municipal de Saúde, estamos fazendo a nossa parte para que as pessoas possam ter acesso à vacina. Isso é resultado do esforço do poder público, mas vai muito além. É um esforço resultado da sociedade que se envolveu, da comunicação feita pelos órgãos de imprensa e, acima de tudo, pessoas que fazem muito mais que a sua responsabilidade social – disse o prefeito em exercício de Porto Alegre, Ricardo Gomes.

A articulação no Rio Grande do Sul foi anunciada em 5 de março, a partir da mobilização da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert), do ICF e do Grupo RBS, e contou com o apoio de dezenas de entidades como a Federação das Entidades Empresariais (Federasul), do Sistema Fecomércio-RS, do CDL-POA, do Sindilojas POA, do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon-RS) e do Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), além de empresas e pessoas, diretamente.

Na data, o Estado registrava 5,4% da população vacinada com pelo menos uma dose, segundo monitoramento da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Recentemente, em setembro, o banco de dados registrou 70% da população vacinada com pelo menos a dose inicial contra o coronavírus.

– Sempre que chamada para colaborar com o bem-estar dos municípios, como neste caso do Gaúchos Unidos Pela Vacina, a Famurs se fará presente. A Famurs sempre será parceira desses projetos para o bem dos municípios, pois quem cuida dos municípios cuida das pessoas – ressaltou o superintendente de Assuntos Municipais da Famurs, Marcos Rogério dos Santos.

Além de contribuir para dar ritmo à imunização a partir do levantamento e das doações de itens que ocasionavam gargalos locais, o movimento Gaúchos Unidos pela Vacina trabalhou pela conscientização da população em prol da vacina por meio de uma campanha 360º, desdobrada em conteúdos publicitários e editoriais em rádio, TV, jornal e digital, para distribuir informações certificadas, ampliando o conhecimento e o engajamento sobre o tema, além de conectar rede de apoiadores no Estado para acelerar o processo de vacinação. Para a mensagem chegar a todos os cantos do Estado, veículos do RS se engajaram na causa, a partir de mobilização da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert), e formaram uma grande corrente estadual em prol de uma solução possível. O Grupo RBS coordenou essa frente juntamente com a Agert.

– Além dos equipamentos, que serviram não só para o covid-19, mas para outras ações de saúde do nosso Estado, fica um legado da sociedade civil organizada na busca da convergência de um problema e, principalmente, de uma solução comum – destacou o presidente do Grupo RBS, Claudio Toigo Filho.

Conforme dados do consórcio de veículos de imprensa formado pelos veículos Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1, o Rio Grande do Sul é o terceiro Estado com maior avanço na imunização contra a covid-19. Entre os fatores que levam à esse resultado, deve ser considerado a experiência de governos, prefeituras e profissionais da saúde gaúchos que, todos os anos, imunizam milhões de pessoas durante a campanha de vacinação contra a gripe – como o inverno é rigoroso e, segundo consta na Projeção de População do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a maior concentração de pessoas com mais de 60 anos é verificada no Estado, é costume organizar uma imunização em massa e reforçar à população a importância da vacina.

– Nós chegamos em um momento da pandemia, em meados de março e abril, que tivemos mais de 9 mil pessoas internadas. Hoje, felizmente, estamos abaixo de mil. Isso é resultado da soma de esforços, da união de todos. Quando se dizia que, na pandemia, nós precisaríamos ter serviços bem estruturados para fazer esse enfrentamento, nós sempre acreditamos, apostamos e vimos concretamente que a participação da sociedade civil seria o diferencial para podermos vencer a pandemia – finalizou a Secretária de Saúde do Estado, Arita Bergmann.

Ainda que a articulação no Rio Grande do Sul tenha concluído suas atividades, o movimento nacional Unidos pela Vacina segue recebendo doações para acelerar a imunização contra a covid-19 no país. Para mais informações, clique aqui.

Fonte: Mariana Lisboa Brun – Comunicação Institucional do Grupo RBS

Presidente Ana Tércia encaminha à Famurs demandas de contadores que atuam na área pública

A presidente Ana Tércia encaminhou demandas, elaboradas em conjunto com  a Comissão de Estudos de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (CASP), ao presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, apontando alguns itens considerados importantes para os contadores que atuam na área pública, tais como:

  • orientação aos municípios, para que a atividade de Controle Interno seja desenvolvida por um contador, visando a cumprir a prerrogativa contábil. Caso contrário, estará infringindo diretamente a Resolução CFC nº 560-1983, que dispõe sobre as prerrogativas profissionais de que trata o artigo 25 do Decreto-Lei nº 9.295, de 27 de maio de 1946, a qual destaca claramente que atividades de contabilidade e auditoria são prerrogativas de profissional contábil.
  • o CRCRS entende ser fundamental incentivar a cultura da educação continuada para qualificar e manter elevado o nível dos profissionais contábeis e dos gestores públicos. Dessa forma, a CASP colocou-se à disposição para colaborar como agente deste processo de qualificação dos profissionais e gestores da área pública.
  • Nesse mesmo sentido, foi salientada a importância de intensificar o treinamento também dos líderes do Executivo Municipal (prefeitos, vices e secretários), para que também recebam as informações contábeis importantes e das respectivas obrigações mensais. Para tanto, a Famurs poderá contar com o incondicional apoio técnico do CRCRS.