Profissionais contábeis do Vale do Taquari se unem para construção de presídio e albergue penitenciário em Lajeado

Delegação de representantes do CRCRS visitaram as obras do presídio e do albergue, construído graças ao esforço da classe contábil do Vale do Taquari

Delegação de representantes do CRCRS visitaram as obras do presídio e do albergue, construído graças ao esforço da classe contábil do Vale do Taquari

O delegado regional do CRCRS em Lajeado, Dani José Petry, juntamente com um grupo de profissionais da contabilidade do município e com setores da iniciativa privada, que compõem a Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), estão construindo um presídio feminino, com vagas para 100 detentas, e 126 vagas no albergue masculino, que deverá atender as comarcas de Lajeado, Teutônia e Estrela. Com a colaboração da comunidade, o investimento, inicialmente estimado pelo Estado entre R$ 4 e 5 milhões, ficou em R$ 850 mil.

Na construção, por exemplo, foram utilizadas as mãos de obra de 14 apenados; R$ 120 mil foram doados pela Prefeitura de Lajeado, que também cedeu máquinas; além de recursos oriundos das varas de execuções criminais, por meio das penas alternativas. Nesse processo, o Ministério Público e o Judiciário tiveram importante participação.

O promotor de Justiça, Éderson Luciano Vieira, declarou, que “o Brasil conta 607.731 presos, mesmo assim, o Estado pouco tem feito para amenizar a situação. Porém, a comunidade lajeadense não se limitou à observação da deplorável situação do presídio local, no que vem sendo amparada pelo Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari, atuando, graciosamente, por meio dos seus integrantes, na administração da Associação Lajeadense Pró-segurança Pública e junto ao Conselho da Comunidade de Assistência aos Apenados, o que se reflete, dentre outra ações, na edificação das instalações do Novo Albergue e do Presídio Feminino. O profissionalismo técnico-contábil assegura o compromisso administrativo e o correto direcionamento dos valores encaminhados pelo Ministério Público e Poder Judiciário às referidas Instituições. O engajamento da classe contábil vai além do patamar do elogiável, concorre para o firmamento da nossa democracia e do espírito comunitário, por isso merece o amplo reconhecimento do Ministério Público e as mais extensas e públicas homenagens