Empresas de capital aberto terão novo prazo para adaptar balanços

A Comissão de Valores Mobiliários prorrogou até maio o prazo para que as companhias de capital aberto que optaram por não entregar os resultados trimestrais de 2010 nos padrões IFRS reapresentem os balanços. Para tanto, as empresas deverão incluir, em nota explicativa, a evidenciação dos efeitos no resultado e patrimônio líquido decorrentes da plena adoção das novas normas em cada trimestre.
A prorrogação se deu devido às dificuldades apresentadas pelas empresas, não em relação à capacidade de compreensão das regras, mas a um volume muito elevado de trabalho a ser feito.
A data para apresentação das demonstrações financeiras referentes ao exercício completo de 2010 em IFRS permanece 30 de março.