Mobilização em defesa da profissão contábil

A UFSM optou por não alterar e, consequentemente, não atender a solicitação feita pelo presidente do CRCRS, Rogério Rokembach, que em ofício enviado a referida universidade, manifestou, em nome da classe contábil, repúdio ao edital 001/09, correspondente à abertura de concurso público para provimento de cargos, entre os quais o de auditor, cujo requisito é a diplomação em curso de graduação em Economia, Direito ou Ciências Contábeis. Portanto, diante desse desrepeito às prerrogativas profissionais, o CRCRS convoca os colegas a manifestarem sua insatisfação, remetendo e-mail para a reitoria da Universidade: gabinete@adm.ufsm.br. O ofício enviado está disponível em http://www.crcrs.org.br/.