Delegado regional do CRCRS de Panambi fala sobre destinação do IR aos fundos da criança e do adolescente e fundo do idoso

O delegado regional do CRCRS de Panambi, Getson Dhein, concedeu entrevista, em 11 de novembro, à Rádio Sorriso FM, no município. Em pauta, orientações sobre como pessoas físicas e jurídicas devem proceder para destinar parte do imposto de renda (IR) devido aos fundos da criança e do adolescente e fundo do idoso, sem gastar mais.

Delegado Regional Getson Dhein (e), em entrevista sobre destinação de IR, à Rádio Sorriso, de Panambi

Até o dia 21 de dezembro, o contribuinte pessoa física que faz sua declaração anual no modelo completo pode destinar até 6% do IR devido, enquanto a pessoa jurídica que apura o valor do tributo pelo lucro real pode destinar até 1% do IR devido aos fundos da criança e do adolescente e mais 1% ao fundo do idoso. A destinação pode ser feita mesmo por quem já recolheu o imposto devido e tem restituição em haver. Fazendo a destinação, o contribuinte escolhe o projeto social que vai utilizar essa parte do imposto pago, o que facilita a fiscalização da aplicação do dinheiro, que fica no próprio município em vez de cair no caixa único do governo federal.

Durante a entrevista, Getson Dhein lembrou que os profissionais da contabilidade estão à disposição para esclarecer todas as dúvidas dos contribuintes, a fim de que possam decidir o destino dos tributos que recolhem, contribuindo, assim, com a melhor qualidade de vida em seus municípios.