Ospoa propicia economia superior a R$ 66 milhões na Prefeitura de Porto ALegre, em 2018

Uma redução de gastos superior a R$ 66 milhões foi o resultado da atuação do Observatório Social de Porto Alegre (Ospoa), ao longo do ano de 2018, sobre os editais da Prefeitura de Porto Alegre. O resultado foi anunciado na manhã desta terça-feira, 16 de abril, em reunião da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e Mercosul (Cefor), da Câmara Municipal, durante a presentação do relatório do 3º quadrimestre, que apontou uma redução de R$ 14.980.451,56, em 39 contratos.

Os dados foram apresentados pelo presidente do Ospoa, contador Antônio Palácios, e o vice-presidente de Controle Social da entidade, Bruno Morassutti, em reunião que contou com a presença do vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, Celso Luft, e de representantes do Tribunal de Contas da União, Tribunal de Contas do Estados e Controladoria-Geral da União e demais entidades parceiras do Observatório. A apresentação foi conduzida pelos vereadores Airto Ferronato, Idenir Cecchin, João Carlos Nedel, Felipe Camozzatto e Mauro Pinheiro.