Gil Giardelli ministra palestra magna na XVII Convenção de Contabilidade

Nesta noite de 14 de agosto, os cerca de dois mil participantes da 17ª edição da Convenção de Contabilidade do RS, ao entrarem na Fundaparque, se deparam com a ambientação de um escritório contábil dos anos 50 e, conforme avançam, o cenário vai se transformando até chegar aos dias atuais e, enfim, ao mundo futurístico da disrupção, com a recepção da Hazonette, robô holográfico, ao som do Female Angel  Duo, com a DJ Nyella e violinista Karen Machado, que colocaram a plateia para dançar.

O comando do palco ficou por conta de Luciano Potter, que, entre uma conversa e outra com os convidados que vão chegando, informa as atrações programadas e exibe o vídeo de abertura do evento, até que chegou a hora de anunciar a palestra magna, com Gil Giardelli.

Falando sobre a AI Economy, Globotics e a Gestão em tempos pós-digitais, o professor Gil Giardelli impactou o público, que assistiu atentamente o Web ativista discorrer sobre “A quarta revolução industrial e a transformação digital”. Considerado um dos grandes difusores da inovação, falou da nova era de tempos pós-normais, nos quais a inteligência artificial norteará cada vez mais não apenas a economia, como o modo de viver da humanidade. Mas, ressaltou que a tecnologia não substitui a espiritualidade. 

“Sou um tecno-otimista. Acredito que o futuro será muito melhor do que o presente e o compartilhamento da tecnologia terá participação nisso. É a sociedade 5.0, que tem a inteligência no centro de tudo, o propósito antes do lucro”, destacou Giardelli.