Seminário propõe debate em torno do mindset, novas tecnologias e contabilidade digital

O Seminário de Organizações Contábeis e Contabilidade Gerencial, realizado na tarde de 25 de novembro, no auditório do Sescon-RS, abordou o novo mindset na Era da Consciência, as novas tecnologias que vão transformar o mercado e a contabilidade digital.

Na cerimônia de abertura, manifestaram-se o vice-presidente Celso Luft, os coordenadores das comissões de Estudos de Organizações Contábeis, Rodrigo Kich, e de Contabilidade Gerencial, Denis Carraro, e a diretora do Sescon-RS, Patrícia Arruda.

Vice-presidente Celso Luft, na oportunidade representando a presidente Ana Tércia L. Rodrigues

A primeira palestra tratou do novo mindset na Era da Consciência, com a especialista em Psicologia Positiva e Formação de Lideranças, Karina Hofstatter. Ela explicou o processo de mudança da mente em relação à dinâmica do mercado, que hoje é volátil e incerto. Trouxe reflexões sobre as tendências do mercado, da nova linha de raciocínio de ver o mundo.

Karina Hofstatter

“As empresas, cada vez mais, vão exigir que se façam “entregas” diferentes para que se possa ter resultados diferentes, acrescenta Karina.

Edson Garcia Júnior, coordenador técnico do Comitê Permanente para a Revisão e Simplificação da Legislação Tributária, deu continuidade ao evento, apontando como as novas tecnologias, que vão transformar o mercado, andam paralelamente com a legislação.

Edson Garcia Júnior

“Estamos passando por uma reforma tributária que vai trazer um futuro contábil tributário diferente. É possível acreditar que, em determinado momento, toda a parte tributária  fiscal seja feita por meio de um app”, prevê Edson.

Flávio Ribeiro Júnior, Ricardo Bitencourt, Ricardo Kerkhoff e Rodrigo Kich.

Contabilidade digital também mereceu espaço para debate no Seminário. Flávio Ribeiro Júnior, delegado regional do CRCRS em Viamão e integrante da Comissão de Estudos de Tecnologia da Informação, apresentou as ferramentas que podem contribuir para o desempenho das organizações, além de demonstrar que pode-se conviver, com focos distintos, com a concorrência das chamadas “contabilidade on line”. Para exemplificar, Flávio trouxe dois convidados que expuseram suas experiências com os sistemas utilizados, Ricardo Bitencourt, também integrante da Comissão de Estudos de TI e o vice-presidente Ricardo Kerkhoff.

O Seminário, uma realização do CRCRS por meio das comissões de Organizações Contábeis e Contabilidade Gerencial, contou com transmissão ao vivo e pontuou para o Programa de Educação Continuada do CFC.

Comissão de Estudos de Contabilidade Gerencial

Comissão de Estudos de Organizações Contábeis