Representantes de entidades da classe contábil falam sobre os desafios das empresas contábeis diante da pandemia

A vice-presidente do CRCRS Nádia Grasselli e os presidentes do Sescon-Serra Gaúcha, Joacir Reolon, e do Sincontec, Giovana Carrer, participaram, na noite de 28 de maio, de webinar sobre “As empresas de serviços contábeis e seus desafios frente à pandemia causada pela Covid-19”, realizado pelas professoras do curso de Ciências Contábeis da UCS – Caxias do Sul, Marlei Mecca (coordenadora), Sinara Jaroseski e Luciani Muniz. A partir de perguntas e reflexões geradas pelos alunos, os convidados desenvolveram o debate.

Nádia Grasselli expôs os prós e contras do trabalho home office a que seus funcionários foram obrigados a executar, quando do isolamento imposto pelo governo. Acredita que esse modelo será a predominância no futuro, porém, salienta que há clientes que não abrem mão do contato presencial, o que deve ser levado em conta. É  preciso identificar o perfil de cada cliente. Além disso, há que considerar, prossegue a vice-presidente, a disponibilidade e utilização por parte dos colaboradores em suas casas de uma internet compatível e adequada às atividades propostas.

Lembrou ainda que situações de crise podem se transformar em oportunidades e que a normalidade vivida até agora tomará outra roupagem, mas afirmou que a confiabilidade e credibilidade no relacionamento empresa contábil e cliente deve ser uma constante em qualquer situação.

A presidente do Sincontec contextualizou as medidas tomadas nos primeiros dias de coronavírus. Pontuou o trabalho desenvolvido pelos contadores, nesse período, no sentido de estudar e interpretar a legislação , que se sucedia quase que diariamente, para repassar orientações aos clientes. Para enfrentar esse momento, mencionou alguns fatores que considera fundamentais: ouvir o cliente e não tratá-lo com superficialidade, usar da criatividade para pensar soluções diferentes, responder rapidamente as dúvidas dos empresários e estar disponível a ajudá-lo na tomada de decisão, fornecendo as informações precisas.

Para Reolon, as demandas aumentaram com a crise, o que considera bem positivo, uma vez que isso denota o reconhecimento do trabalho do contador, orientando e disponibilizando informações, que proporcionem condições para o enfrentar esse período que impacta na saúde e na economia.

Assista em https://www.youtube.com/watch?v=5y79SxNzfHA&feature=youtu.be o webinar na íntegra.