Cooperativismo foi tema do CRC ao vivo com Você

A vice-presidente Técnica, Nádia Grasselli, coordenou o “CRC ao vivo com Você”, realizado em 14 de outubro, sobre o cooperativismo, em que participaram as integrantes da Comissão de Estudos do Setor Cooperativo, Andreza Mainardi (coordenadora) e Margit Kochenborger.

Os objetivos, propostas e atividades da comissão foram pontuadas de início. Em seguida, a vice-presidente lembrou da diferenciação existente entre a contabilidade de empresas e a contabilidade aplicada às cooperativas. Sobre esse aspecto, Margit explicou: “A cooperativa deve ter atos cooperados, mas também tem atos não cooperados. Isso tem que ser mostrado de uma forma segregada, ou seja, os atos cooperativos têm uma nomenclatura específica, por exemplo, ingressos e dispêndios; já os atos não cooperados são contabilizados como receitas e despesas. A contabilidade tem que resultar em sobra ou perda, para ato cooperado, e lucro ou prejuízo, para ato não cooperado”.

O cooperativismo abriga sete segmentos: agropecuário, crédito, saúde, trabalho, transporte, infraestrutura e consumo.

Indagada pela vice-presidente sobre o local do Estado onde há maior concentração de cooperativas, Andreza frisou que em estudo informal a região Noroeste e do Vale do Taquari reúnem um maior número de cooperativas.

“Nos perguntamos se é o desenvolvimento social dessas regiões que atrai as cooperativas ou se é o grande número de cooperativas instaladas ali que traz o desenvolvimento social”, analisa a coordenadora da comissão.

Nádia Grasselli ainda levantou outros pontos peculiares ao setor cooperativo, como reforma tributária nacional, PEC 110 e PEC 45.

Para saber tudo que foi abordado e discutido, assista o webinar que está disponível na TVCRCRS no YouTube.