Gestão de Riscos é tema de webinar

A gestão de riscos no contexto da retomada das atividades econômicas, considerando-se a situação anterior ao início da pandemia e a expectativa em relação ao que virá, foi tema do webinar, realizado em 27 de outubro, pelo CRCRS, com as participações do vice-presidente do Conselho de Administração da Marcopolo S/A, Paulo Cezar Nunes, e da gerente de Contabilidade da Taurus S/A, Cláudia Teresinha da Costa Caletti. A mediação foi do contador Denis Carraro, integrante da Comissão de Estudos de Governança e Compliance do CRCRS.

Cláudia Caletti contou um pouco da caminhada da Taurus para a adaptação ao período de pandemia, com o desenvolvimento de uma política de gestão de riscos. Ao grande impacto da paralisação dos fornecedores da companhia, somaram-se a preocupação com a saúde dos funcionários e o compromisso em manter a produção para seguir atendendo o mercado mundial de segurança – uma área estratégica na qual a demanda por armas cresceu, especialmente nos Estados Unidos. Nesse contexto, como conciliar a continuidade da produção com a redução do número de colaboradores na fábrica? Como garantir o embarque dos produtos quando a disponibilidade de vôos estava reduzida? Para agilizar as respostas para essas e muitas outras questões, foi criado um comitê de covid-19, que se reúne diariamente, desde março. Para Cláudia, o grande aprendizado foi sobre a importância da agilidade nas respostas às demandas que se apresentam subitamente e, também, quanto à necessidade de as empresas se estruturarem, com a criação de um plano para a gestão dos riscos.

Para Paulo Cezar Nunes, na maioria das empresas de porte, a estrutura do planejamento e da gestão de risco está conectada ao planejamento estratégico e sempre inserida em um processo de boas práticas: “se identifica o risco, se avalia a gravidade deste e as possibilidades de gestão”, explica. Segundo ele, uma dinâmica importante é que os conselhos das empresas, principalmente as de capital aberto, acompanhem com cuidado a gestão de riscos, bem como as avaliações dessas ameaças. “Esses processos são muito relevantes para as atividades das empresas e, inclusive, para o gerenciamento e comunicação do que é importante para o mercado”, salientou Nunes.

O contador Denis Carraro observou que, após a instauração do ambiente de crise, grande parte dos problemas foram comuns a praticamente todas as empresas: home office, dificuldades de fornecimento, alterações no mercado consumidor, entre outros, apenas com variações de amplitude e complexidade. Ele lembrou, ainda, que alguns ramos de negócios foram mais impactados, como turismo e eventos, mas, “quanto aos problemas, cada empresa teve que encontrar a sua solução, de forma imediata”, avaliou.

O webinar “Gestão de Riscos (antes e depois)” está disponível na TV CRCRS, no YouTube. Confira!