“Profissional Contábil como Agente de Desenvolvimento” é tema de palestra do presidente do CRCRS, na ACI de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha

A importância do conhecimento técnico e da estrutura operacional para a adequada contribuição dos profissionais da contabilidade com o desenvolvimento sustentável da sociedade foram alguns dos tópicos abordados pelo presidente do CRCRS, Márcio Schuch Silveira, na palestra “Profissão Contábil como Agente de Desenvolvimento”, ministrada em 11 de março, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha (ACI – NH | CB | EV). O evento realizado no formato híbrido – presencial para associados e para o público em geral pelo canal da entidade no YouTube -, o evento contou com a moderação do vice-presidente de Serviços da ACI e delegado representante do CRCRS em Novo Hamburgo, Daniel Campos.

Inicialmente, Silveira destacou uma passagem do livro “Warren Buffet e a análise de balanços”, o qual cita que Buffet, um dos maiores investidores globais e um dos homens mais ricos do planeta, reconhece a Contabilidade como o idioma dos negócios.

“De fato, a Contabilidade é a linguagem dos negócios. Quem se dedica a estudar o ambiente de negócios tem uma melhor condição de projetar cenários futuros. Se a gente estuda o histórico de uma empresa – como ela se desenvolveu, a sua capacidade de gerar caixa, os seus resultados -, a nossa capacidade de visualizar cenários possíveis é muito mais apurada”, explica o presidente do CRCRS.

Segundo ele, também é preciso que os profissionais da contabilidade entendam o seu potencial de transformar o perfil dos gestores. Para Silveira, esse é o primeiro passo de uma relação entre o profissional da contabilidade e o empresário, em um processo no qual a profissão contábil é agente de desenvolvimento.

Acompanhe a íntegra da palestra do presidente Márcio Schuch Silveira, no canal da TV CRCRS no YouTube.