CFC destaca a importância dos profissionais da contabilidade nas eleições em abertura de seminário

Na manhã desta quarta-feira (8), o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) realizou a abertura do Seminário Nacional de Contabilidade Eleitoral e Partidária 2022 – Financiamento de Campanha e Prestação de Contas Eleitorais. O momento também marcou a abertura de mais uma edição do Quintas do Saber, evento realizado pela Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) que teve como tema “Os desafios da Justiça Eleitoral nas Eleições de 2022”. O seminário acontece, nos dias 8 e 9, de forma híbrida, sendo a parte presencial, na sede do CFC, em Brasília (DF). Os interessados em participar de forma remota podem acompanhar o evento pelo canal do CFC no YouTube.

O seminário acontece em parceria com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O presidente do CFC, Aécio Dantas, explicou que o encontro também conta com a participação de representantes dos 27 Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs). Segundo Dantas, esses profissionais terão a missão de levar o conhecimento adquirido no encontro aos seus estados, de modo a capacitar mais contadores em todo o país. A autarquia pretende alcançar com o evento mais de 10 mil pessoas de todo o Brasil, entre profissionais da contabilidade, advogados, representantes de partidos e aqueles que atuam diretamente com partidos políticos e eleições.

O presidente do CFC também parabenizou a Comissão Nacional de Contabilidade Eleitoral do CFC pelo trabalho que vem desempenhando ao longo dos anos. O grupo é responsável por estudos, análises e atividades voltados para a transformação e o desenvolvimento da contabilidade eleitoral brasileira. “Recebam o reconhecimento da classe contábil brasileira pelo brilhante trabalho que vocês vêm desempenhando ao longo de várias eleições e que já tem gerado inúmeros frutos para a inserção do profissional da contabilidade nesse contexto do processo eleitoral”, afirmou Dantas.

Durante as suas palavras, o contador destacou a publicação da Resolução TSE n° 23.406, de 5 de dezembro de 2014, como um importante marco histórico para a contabilidade eleitoral brasileira. “Aquela resolução que realmente começou a trazer a importância do profissional da contabilidade, para que possamos realmente ser esses agentes de fortalecimento da democracia, na medida em que as prestações de contas são mais transparentes, na medida em que os profissionais da contabilidade contribuem para a lisura de todo esse processo. Essa é a nossa missão”, ressaltou.

Na abertura, Aécio Dantas ainda celebrou a parceria entre o CFC e o TSE que fornece a ampliação da eficácia, da qualidade e da rapidez aos setores da Justiça Eleitoral na análise das prestações de contas. Ao mesmo tempo, por meio de cooperação técnica, as entidades unem-se para capacitar os profissionais que estarão envolvidos com as campanhas eleitorais de todo o Brasil. O contador ainda salientou a responsabilidade dos profissionais da contabilidade no processo eleitoral. “Nós precisamos mostrar à sociedade brasileira e à Justiça Eleitoral que a participação do profissional da contabilidade no processo eleitoral dá muito mais transparência e qualidade às prestações de contas eleitorais e, notadamente, à contabilidade partidária”, concluiu.

A presidente da Abracicon e ex-presidente do CFC, Maria Clara Cavalcante Bugarim, esteve no evento e agradeceu ao CFC pela oportunidade de realizar o Quintas do Saber dentro do seminário de prestação de contas eleitorais e partidárias. A contadora destacou que a contabilidade eleitoral e partidária é discutida no CFC há mais de uma década e defendeu o trabalho da classe em favor das eleições brasileiras. “Nós precisamos, sim, ter prestações de contas claras, transparentes. Nós precisamos, sim, possibilitar, por meio dessas prestações de contas um efetivo controle social, que só acontece, de fato, quando nós conseguimos demonstrar para a sociedade toda a origem e toda a aplicação dos recursos que são colocados nas grandes causas, principalmente. A eleição é esse momento”, pontuou Bugarim.

O evento ainda contou com a participação da presidente do Conselho Curador da Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), Silvia Leite Cavalcante, o membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (ABRADEP), Bruno Rangel, e o presidente da Comissão de Direitos Político e Eleitoral da OAB Espírito Santo, Fernando Dilen.

O seminário acontece até amanhã (9) e pode ser acompanhado pelo canal do CFC no YouTube. Participe e saiba mais como realizar a prestação de contas eleitorais e partidárias.

Fonte: Comunicação CFC