Receita Estadual capacita fiscais do CRCRS sobre funcionamento de Domicílio Tributário Eletrônico

Entrará em funcionamento em maio o Domicílio Tributário Eletrônico (DTE), que é o local no sistema de processamento de dados da Receita Estadual do Rio Grande do Sul (RE) onde serão postadas e armazenadas as comunicações eletrônicas entre a RE e o contribuinte. A informação foi divulgada pelo subsecretário adjunto da Receita Estadual, Guilherme Comiran, em palestra à equipe da Divisão de Fiscalização do CRCRS, na terça-feira, 08 de abril. Nesta primeira etapa de um processo que visa a completa migração das operações em papel para o eletrônico, a entrega da Guia de Informação e Apuração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (GIA-ICMS) mensal tem data limite em 16 de maio.

De acordo com o auditor-fiscal, o objetivo do encontro é explicar o trabalho realizado pela RE, e identificar maneiras de auxiliar seus maiores clientes, os contadores.

"É nos contadores que está o foco dos nossos serviços", afirmou o subsecretário adjunto da Receita Estadual, Guilherme Comiran.

“É nos contadores que está o foco dos nossos serviços”, afirmou o subsecretário adjunto da Receita Estadual, Guilherme Comiran.

O subsecretário adjunto destaca a troca de informações entre RE e CRCRS via Web service e esclarece que o Conselho é quem pode liberar ou bloquear o acesso dos profissionais da contabilidade ao sistema da Receita.

DSC_1022

O palestrante foi apresentado aos fiscais pelo diretor executivo adjunto João Victor de Oliveira

 

As auditoras-fiscais Rachel Einsfeld (esq.), chefe substituta da seção de Coordenação de Atendimento da RE,  e Gina Pavão, chefe adjunta da Divisão de Fiscalização e Cobrança da Receita Estadual do RS acompanharam o palestrante

As auditoras-fiscais Rachel Einsfeld (esq.), chefe substituta da seção de Coordenação de Atendimento da RE, e Gina Pavão, chefe adjunta da Divisão de Fiscalização e Cobrança da Receita Estadual do RS acompanharam o palestrante