FBC divulga gabarito do Exame de Suficiência

Está disponível, em www.fbc.org.br, o gabarito preliminar da segunda edição do Exame de Suficiência de 2015, realizado, em todo o Brasil, 20 de setembro. A relação dos aprovados será publicada no Diário Oficial da União até 60 dias após a data de aplicação da prova. Com a aprovação, o futuro contador tem o prazo de até dois anos, a contar da data da publicação da relação dos DOU, parar requerer o registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade.

“Responsabilidades da área contábil crescem com o Bloco K”

A necessidade de uma mudança comportamental das empresas e a entrada dos profissionais da contabilidade em um universo que não faz parte da área de atuação do contador são aspectos abordados pelo coordenador da Comissão de Estudos de Tecnologia da Informação do CRCRS, Ronaldo Silvestre, em entrevista publicada hoje pelo Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Na reportagem intitulada “Responsabilidades da área contábil crescem com o Bloco K”, na página 07 do caderno Jornal da Contabilidade, ele analisa o que muda no contexto da profissão em função das novas exigências possibilitadas pela tecnologia e fala do processo de implementação da Escrituração Fiscal Digital (EFD) no Rio Grande do Sul, entre outros temas.

Em entrevista ao Jornal da Contabilidade, edição de 30 de setembro, Ronaldo Silvestre analisa o contexto da profissão contábil a partir do Bloco K

Em entrevista ao Jornal do Comércio (pág. 07 do Jornal da Contabilidade, edição de 30 de setembro), Ronaldo Silvestre analisa o contexto da profissão contábil a partir do Bloco K

Observatório Social de Porto Alegre apresenta sua primeira prestação de contas

Dirigentes do Observatório Social de Porto Alegre (OSPOA) prestaram contas do trabalho executado no segundo quadrimestre de 2015, na manhã de 29 de setembro, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Foi a primeira prestação de contas do OSPOA. Nesse período, foram analisados 32 processos licitatórios da administração pública municipal, que previam gastos de R$ 114 milhões. A prefeitura de Porto Alegre com a colaboração do OSPOA conseguiu uma economia de R$ 13 milhões aos cofres públicos municipais.

sescon

sescon 2

A partir da esquerda: Pedro Gabril Kenne da Silva, presidente do Conselho Consultivo do OSPOA e vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS; Diogo Chamun; presidente do OSPOA e presidente do Sescon-RS; Jorge Tonetto, secretário municipal da Fazenda; Edson Garcia, coordenador executivo do OSPOA; Dionísio da Silva, vice-presidente de Assuntos de Controle Social e Metodologia do OSPOA.

Conselho de Contabilidade e o Observatório Social de Porto Alegre

Foi no auditório do Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), que em 16 de dezembro de 2014, foi criado o Observatório Social de Porto Alegre, tendo como presidente o contador Diogo Chamun e como presidente do Conselho Consultivo, o vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS, Pedro Gabril Kenne da Silva.

Os Observatórios Sociais também fazem parte do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC), por meio da Rede Nacional de Cidadania Fiscal, que é um dos quatro subprogramas do PVCCl, desenvolvido pelo Sistema CFC/CRCs. Este programa tem por objetivo estimular os profissionais a liderarem o processo de criação e operacionalização de Observatórios Sociais (OSs) nos seus municípios. Os OSs são organizações instituídas e mantidas pela sociedade civil, tendo por objetivo promover a conscientização da sociedade para a cidadania fiscal e propor aos governos locais a adequada e transparente gestão dos recursos públicos, por meio de ações de participação e controle social. Diferente de outras iniciativas que atuam denunciando erros e fraudes já ocorridas, os OSs agem de forma preventiva, no fluxo dos processos, antes que os recursos sejam gastos.

Caixa Econômica Federal disponibiliza novo serviço para Cadastro do NIS

A Caixa Econômica Federal publicou, em 28 de setembro, Comunicado sobre Conectividade Social ICP do novo serviço “Cadastro NIS”. O texto informa que, com esse serviço, é possível realizar o cadastramento on-line de novos trabalhadores, com a geração e conhecimento imediato do número do NIS.

O acesso à nova funcionalidade está disponível na cesta de serviços de Pessoa Jurídica, contudo, para que a rotina seja executada por terceiros deverá ser realizada a procuração digital, por meio do Módulo de Procuração, disponível no próprio CNS ICP.Com esta inovação a Caixa atende à demanda de empregadores e escritórios de contabilidade, viabilizando o cadastramento de NIS via WEB, não havendo mais a necessidade de comparecimento às agências.

O texto informa, ainda, que o acesso on-line ao Cadastro NIS pela internet, disponibilizado desde março de 2013, será totalmente integrado ao Conectividade Social ICP, e seu prazo final de funcionamento comunicado oportunamente.

Pedimos dar conhecimento aos entes abrangidos por esta Federação.

Agradecemos mais uma vez a parceria e colocamo-nos à disposição para outras informações.

Fonte: Caixa Econômica Federal

Vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS ministra palestra de sensibilização do Observatório Social em Bento Gonçalves

Na noite de 28 de setembro, o contador Pedro Gabril Kenne da Silva, vice-presidente de Relações Institucionais do CRCRS e presidente do Conselho Consultivo do Observatório Social de Porto Alegre, ministrou palestra de sensibilização para criação do Observatório Social em Bento Gonçalves, na sede do Centro da Indústria, Comércio e Serviços, para cerca de 30 convidados.

bento

Foto: Janquiel

O que é Observatório Social

É um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

Cada Observatório Social é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude: em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São empresários, profissionais, professores, estudantes, funcionários públicos e outros cidadãos que, voluntariamente, entregam-se à causa da justiça social.

 

Conselho de Contabilidade participa do lançamento do Projeto Simplificar

Em 28 de setembro, o Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), participou da cerimônia de assinatura do convênio “Projeto Simplificar”, tendo sido representado, na ocasião, pela contadora Ana Tércia Lopes Rodrigues, vice-presidente de Gestão do CRCRS, no exercício da presidência. O convênio, que visa agilizar e desburocratizar o processo de abertura de empresas na Capital, foi firmado, no Palácio Piratini, entre o governo do Estado do RS, prefeitura de Porto Alegre, Instituto Endeavor-Brasil, Sebrae-RS, PGQP e Movimento Brasil Competitivo.  

Os governantes, na ocasião, mostraram-se otimistas e concordaram que, a redução do tempo de abertura de uma empresa, provocará o despertar e o incentivo ao empreendedorismo no Estado.

O Projeto Simplificar, desenvolvido pela empresa Endeavor, organização de apoio a empreendedorismo, cumprirá algumas etapas: diagnóstico e preparação, desenvolvimento de solução, validação externa e interna, planejamento de implementação, execução da implantação, governança do projeto.

Em avaliação efetuada pela Endeavor em 14 capitais, Porto Alegre foi considerada a pior cidade para se abrir empresas, e o Rio Grande do Sul, o estado com menor motivação empresarial.

Palácio Piratini

montagem

 

Destinação do imposto de renda devido aos Fundos do Idoso e da Criança e do Adolescente

O papel dos profissionais da contabilidade na orientação dos clientes pessoa física e pessoa jurídica sobre como escolher o destino de parte do imposto de renda devido é o tema do Contabilidade em Debate desta semana. Sobre o assunto, Neca Micheletto entrevista o contador José Carlos Garcia de Mello, integrante da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS.

Neca Micheletto entrevista o contador João Carlos Mello sobre a destinação do imposto de renda devido aos Fundos do Idoso e da Criança e do Adolescente

Neca Micheletto entrevista o contador José Carlos Garcia de Mello sobre a destinação do imposto de renda devido aos Fundos do Idoso e da Criança e do Adolescente.

O programa vai ao ar de 28 de setembro a 04 de outubro, em três edições diárias, às 11h30, 13h30 e 18h30, pela Rádio CRCRS Web. Acompanhe este e outros programas, também em dispositivo móvel. O aplicativo está disponível, gratuitamente, nas lojas Apple Store e Play Store.

Comissões de Estudos de Responsabilidade Social e de Perícia Contábil do CRCRS relatam suas atividades

Na reunião plenária do Conselho, no dia 25 de setembro, as Comissões de Estudos de Responsabilidade Social e de Perícia Contábil do CRCRS relataram as atividades realizadas.

Silvia Grewe, coordenadora da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS.

Silvia Grewe, coordenadora da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social do CRCRS.

A coordenadora da Comissão de Estudos de Responsabilidade Social, contadora Silvia Grewe, relatou ao plenário o trabalho desenvolvido pelos integrantes para:

– Estimular os profissionais a liderarem o processo de criação e operacionalização de Observatórios Sociais nos seus municípios;

– Orientar a sociedade nas questões relacionadas ao controle, planejamento e organização das finanças pessoais e familiar;

– Sensibilizar e capacitar os profissionais para atuarem junto a seus clientes, pessoas físicas e jurídicas, a fim de obter adesão aos programas de incentivos fiscais que regulam as doações aos fundos municipais de proteção à criança e adolescente e aos fundos municipais de proteção aos idosos;

– Também visa auxiliar as entidades a elaborarem projetos adequados para se habilitarem a receber recursos dos potenciais doadores, valendo-se dos benefícios fiscais;

– Recepcionar ações de voluntariado com o  objetivo organizar, acompanhar e mensurar as ações de voluntariado realizadas pelos profissionais da Contabilidade, incluindo o projetos da Campanha Mês da Solidariedade Contábil.

Silvia Grewe destacou, ainda, a importância do trabalho voluntário e convidou os colegas de plenário a se cadastrarem na página do PVCC para o exercício do voluntariado.

Grace Gehling, coordenadora da Comissão de Perícia Contábil do CRCRS

Grace Gehling, coordenadora da Comissão de Perícia Contábil do CRCRS

A coordenadora da Comissão de Perícia Contábil, Grace Gehling, agradeceu o apoio recebido para a realização de:

– Encontro Anual de Peritos;

– Elaboração da cartilha/livreto sobre Perícia Contábil;

– Palestras com transmissão online;

– Publicação de artigos na Revista Técnica do CRCRS e no Jornal do Comércio, e de entrevistas concedidas para rádio;

– Parcerias de projetos de educação continuada com Sescon-RS e outras entidades;

– Participações em Convenções e Congressos;

– Conquista do reajuste da tabela de honorários do TJRS.

– Contribuição para alteração de lei do Novo Código de Processo Civil, no art. 156, parágrafos 1º e 2º, a partir da qual, o CRCRS passará a atuar na elaboração do cadastro de peritos.

Grace Gehling convidou, ainda, os presentes a participarem do 3º Encontro Estadual de Peritos Contábeis, que será realizado no dia 16 de outubro.

Secretário-geral da Jucergs participa de plenária do CRCRS e expõe preocupação com PL

O contador José Tadeu Jacoby, delegado regional do CRCRS em São Leopoldo e secretário-geral da Junta Comercial do Rio Grande do Sul (Jucergs) esteve em reunião plenária, realizada em 25 de setembro, expondo a sua preocupação com o Projeto de Lei nº 252, que tramita no Senado, e que, no artigo 41, deixa claro a intenção de extinguir com o poder de decisão dos  vogais das Juntas Comerciais.

Jacoby aproveitou a ocasião para também comunicar que a Jucergs vai implantar o sistema utilizado pela Junta Comercial de Minas Gerais, que é mais moderno, facilitando, dessa forma, o trabalho e agilizando os processos.

jacoby