Em lançamento do site da campanha Escolha o Destino, do governo estadual, presidente do CRCRS salienta a importância das doações incentivadas

Em cerimônia realizada no Palácio Piratini, em 17 de novembro, para lançamento do site da campanha “Escolha o Destino” (www.escolhaodestino.rs.gov.br), que visa estimular as doações incentivadas e demonstrar como efetuar as deduções a partir do imposto de renda devido, o presidente do CRCRS, contador Antônio Palácios, foi convidado a manifestar-se em nome das entidades parceiras da campanha. Na oportunidade, enfatizou a necessidade de sensibilizar os contribuintes sobre a importância dessas doações, como forma de incentivar o desenvolvimento de projetos sociais do nosso Estado. Segundo o presidente, esta é uma forma efetiva de aplicar parte dos tributos pagos pelos cidadãos a entidades que beneficiam as comunidades locais. É uma ação simples que pode fazer a diferença para muitas crianças, adolescentes e idosos.

destino

O governador José Ivo Sartori referiu-se aos profissionais da contabilidade como indispensáveis para que o objetivo da campanha “Escolha o Destino”, seja alcançado, ou seja, que mais gaúchos doem os recursos deduzidos do imposto de renda devido para os Fundos da Criança e do Adolescente e Fundo do Idoso. Acrescentou ainda que a classe contábil é importante no sentido de orientar e esclarecer os contribuintes a efetivarem essas doações incentivadas, aumentando, dessa forma, o valor arrecadado a cada ano. “Precisamos envolver todos os segmentos sociais para otimizar recursos que podem ficar no Estado. O cidadão vai escolher o destino da sua doação e investir em programas sociais estaduais”, declarou.

No site estão todas as orientações e esclarecimentos aos contribuintes sobre como efetuar as suas doações aos Fundos da Criança e do Adolescente e Fundo do Idoso, mediante a destinação de parte de seu imposto de renda a pagar.

A campanha é uma ação conjunta entre o Gabinete de Políticas Sociais e a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) e conta com a parceria do Tribunal de Justiça, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Ministério Público, Conselho Regional de Contabilidade (CRCRS), ONG Parceiros Voluntários, OAB/RS, Banrisul, Sescon- RS, Lions e Famurs.