CRCRS promove primeiro Seminário de Gestão e Desenvolvimento de 2022, em Pelotas

Após dois anos de pandemia, o CRCRS retoma os seminários presenciais, em parceria com a Academia de Ciências Contábeis do RS (ACCRGS). Nesta terça-feira, 28, o primeiro Seminário de Gestão e Desenvolvimento, deste ano, foi realizado, em Pelotas, no Auditório da UCPEL. Além do presidente Márcio Schuch Silveira e vice-presidentes do CRCRS, o evento contou com as presenças de presidentes e representantes de entidades contábeis da região, bem como conselheiros, delegados representantes, delegados honorários e integrantes de Comissões de Estudos do Conselho. Também prestigiaram o seminário, autoridades municipais e a coordenadora do curso de Ciências Contábeis da Universidade, na oportunidade representando o reitor da UCPel.

Na abertura do evento, o presidente Márcio Schuch Silveira falou da satisfação pela retomada dos seminários presenciais. Também enfatizou que a realização do seminário marca a atuação do CRCRS no âmbito do debate de todos os temas que impactam a profissão.

O delegado representante do CRCRS em Pelotas, Carlos Roberto Vaz da Silva Almeida, ressaltou o aprendizado, obtido durante a pandemia, sobre as diferentes formas de comunicação. “Contudo, nenhuma delas é tão eficaz e satisfatória como a comunicação proporcionada pelo contato”, afirmou.

O presidente do Sindicontábil de Pelotas, Mário Gularte, também saudou os participantes e a retomada dos eventos presenciais. Salientou a importância da  oportunidade em proporcionar a atualização aos profissionais da região.

A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, foi representada pelo secretário da Fazenda, Jairo Dutra, que destacou a importância do papel dos contadores para o relacionamento entre a administração municipal e os empresários e para o desenvolvimento econômico.

A palestra sobre “A LGPD Aplicada à Realidade das Pequenas e Médias Organizações Contábeis”, ministrada pelo vice-presidente de Tecnologia e Inovação do CRCRS, Ricardo Kerkhoff, abriu o evento, tendo como mediador Luiz Roberto de Souza Ávila, integrante da Comissão de Estudos do Voluntariado do Conselho.
Kerkhoff apresentou aspectos da Lei 13.709, que dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural. Lembrou o histórico do surgimento e a necessidade de implementação da Lei e deu ênfase ao artigo 7º, que refere-se às hipótese em que poderá ocorrer o tratamento de dados pessoais.
Na na sequência, o contador Eduardo Ribeiro, integrante da Comissão de Estudos de Organizações Contábeis do CRCRS, abordou a “Contabilidade para Gestão”, com mediação da conselheira Marlete de Moura. Ribeiro falou um pouco da sua experiência e como deu a “virada de chave” na sua vida profissional. Considerou a Contabilidade Consultiva como importante para modernizar uma organização contábil e acompanhar as tendências do mercado, definindo-a como aplicação prática das informações que constam no balancete. Detalhou também as vantagens da contabilidade digital, do uso da tecnologia e do marketing para uma gestão eficaz.
Encerrando o Seminário de Gestão e Desenvolvimento, o secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Pelotas, Gilmar Bazanella, e o presidente do CRCRS, Márcio Schuch Silveira, conduziram o debate em torno do tema “Conectados no Desenvolvimento da Sociedade”.
Presidente Márcio falou sobre a profissão contábil, a contribuição para o desenvolvimento e a sustentabilidade dos negócios, das entidades e sociedade. “Nós queremos o progresso e a prosperidade, o avanço do empreendedorismo, a desburocratização e a simplificação de processos”, definiu o presidente.
O secretário Gilmar apontou alguns progressos do município depois da aprovação da Lei da Liberdade Econômica e do andamento das tratativas para implantar o distrito industrial. Também reconheceu a importância dos profissionais da contabilidade na área pública.
Os painelistas, ao final da exposição, responderam às perguntas enviadas por whatsapp pelos participantes do seminário.
As inscrições dos seminários são gratuitos, sendo solicitado um quilo de alimento aos participantes. Os donativos são destinados, posteriormente, a entidades assistenciais da comunidade. Em Pelotas, as doações serão direcionadas ao Instituto São Benedito.
O seminário é sempre um momento de atualização profissional, que proporciona networking, troca de experiência e de aproximação do profissional com o Conselho. Durante o ano, serão realizados 12 seminários. O próximo será em Uruguaiana, em 7 de julho.