Simples Nacional: CRCRS participa de debate promovido pelo CORE-RS

O presidente do CRCRS, contador Antônio Palácios, foi um dos debatedores do encontro realizado pelo Conselho Regional dos Representantes Comerciais no Estado do Rio Grande do Sul (CORE-RS), na noite de 28 de janeiro, na cidade de Novo Hamburgo. “O Simples Nacional e suas alterações para 2015” reuniu representantes comerciais de diversos municípios gaúchos, com o objetivo de discutir possibilidades de redução da carga tributária para a categoria, que foi inserida no Anexo VI da Lei Complementar 147/2014, com alíquotas que variam entre 16,93% e 22,45%. Com o enquadramento na Tabela VI, a recomendação é que, antes de efetuar a opção pelo enquadramento no Simples Nacional, os representantes comerciais procurem a assessoria de um profissional da Contabilidade, a fim de evitar prejuízos ao longo de todo o ano de 2015, por terem aberto mão da tributação pelo regime de lucro presumido.

O presidente do CRCRS, contador Antônio Carlos Palácios, abordou diversos temas de interesse dos representantes comerciais, sobre o Simples Nacional

O presidente do CRCRS, contador Antônio Carlos Palácios, abordou diversos temas de interesse dos representantes comerciais, sobre o Simples Nacional.

O encontro foi coordenado pelo presidente do CORE-RS, Uriel Canarim, e contou também com a participação do deputado federal José Stédile, vice-presidente da Comissão de Finanças do Congresso Nacional; do contador Dirceu da Silva, da empresa Revisora Fiscal; e do representante comercial e ex-secretário executivo do Fórum das Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul, Antônio Carlos Paim.

Durante o encontro, o deputado Stédile comprometeu-se a auxiliar os representantes comerciais a, através da mobilização de todos os profissionais, sensibilizar os deputados federais para aprovação de medidas que coloquem a categoria em melhor situação tributária. O ex-secretário executivo do Fórum das Micro e Pequenas Empresas, Antônio Paim, com experiência de anos como assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do RS e no Congresso Nacional, apresentou uma proposta de roteiro estratégico a ser seguido a fim de obter sucesso na aprovação de um novo suporte legal.

Da esq. para a dir., deputado federal José Stédile; representante comercial Antônio Paim; presidente do CORE-RS Uriel Canarim; contador Dirceu da Silva; e presidente do CRCRS Antônio Palácios.

Da esq. para a dir., deputado federal José Stédile; representante comercial Antônio Paim; presidente do CORE-RS Uriel Canarim; contador Dirceu da Silva; e presidente do CRCRS Antônio Palácios.

Ao final do encontro, Palácios destacou a importância da jornada a ser empreendida em 2015, engajando novos parceiros em favor desta causa, para que não se perca mais um ano. Também foi lida a Carta de Novo Hamburgo, a ser encaminhada ao ministro Guilherme Afif Domingos, da Secretaria da Micro e Pequena Empresa. O documento solicita a transferência dos representantes comerciais na Tabela III do Simples Nacional e o mesmo tratamento tributário dispensado a empresas de atividade semelhante, como, por exemplo, corretores de seguros.

Ao final do encontro,  foi lida a Carta de Novo Hamburgo, documento a ser encaminhado ao governo federal

Ao final do encontro, foi lida a Carta de Novo Hamburgo, documento a ser encaminhado ao governo federal.

Estão previstos, ainda, pelo mais nove encontros em diferentes cidades do Rio Grande do Sul, com vistas a mobilizar a categoria dos representantes comerciais.